Qualidade em saúde pública

Com a implantação do Selo os Centros de Saúde da Comunidade terão melhoria nos serviços, além da extensão no horário de atendimento nos CSC’s até às, 21h

A saúde pública tem como base o Sistema Único de Saúde (SUS) instituído em 1988 por meio do vigor da sétima (7) e atual constituição da república. O fio condutor deste sistema está atrelado a prestação integral, universal e gratuita dos serviços de saúde em esfera nacional.

O SUS está entre um dos maiores e melhores sistemas em âmbito mundial no quesito de acesso da população e qualidade nos serviços prestados. Responsável pela democratização da saúde o sistema enfrenta inúmeros desafios para continuar a conduzir os trabalhos devido ao subfinanciamento da sua estrutura, mesmo contando com gestão do Governo Federal e sociedade civil.

O SUS abrange amplamente a população no país, desde a realização de consultas, cirurgias, exames, internações, tratamentos e transplantes. Além disso, também custeia ações de controle da Vigilância Sanitária (VISA), campanhas de imunização (vacinação), registro e dispensação de medicamentos, fiscalização de alimentos, entre outros.

Pensando em fortalecer a credibilidade do Sistema Único de Saúde, a Prefeitura de Palmas e a Secretaria Municipal da Saúde (Semus) lançou, na última sexta-feira, 7, o Selo Clínica da Família. A solenidade de lançamento contou com cerca de 500 pessoas, entre elas, técnicos, gestores e profissionais de diversas áreas da saúde. A cerimônia aconteceu no auditório da Escola de Tempo Integral Almirante Tamandaré (Arse 132).

Selo Clínica da Família

O Selo Clínica da Família equivale a certificação da qualidade e excelência nos serviços prestados nos 34 Centros de Saúde da Comunidade na capital do Tocantins. Todo protocolo segue as diretrizes preconizadas da Atenção Primária à Saúde (APS) e em harmonia com os critérios estabelecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O Selo carrega a proposta de estabelecer e implantar um padrão de modernização que busca dar mais eficiência aos atendimentos prestados na atenção primária, os quais são oferecidos nos Centros de Saúde da Comunidade pelos profissionais que compõem as equipes de Saúde da Família.

Com a implantação do Selo os Centros de Saúde da Comunidade terão melhoria nos serviços, além da extensão no horário de atendimento nos CSC’s até às, 21h, e readequação estrutural para contemplar a demanda do município. As unidades de Saúde serão monitoradas e avaliadas quadrimestralmente considerando os indicadores e metas. A partir disso, os profissionais que atingirem as metas terão um incentivo devido ao desempenho das atividades exercidas pela equipe.

Marttha Franco Ramos, Secretária Executiva de Saúde de Palmas e Conselheira Federal de Farmácia

FAÇA SEU COMENTÁRIO