Amastha e Raul Filho lideram, Cláudia Lélis vem em terceiro

Pesquisa realizada pelo Instituto Folha Capital entre os dias 14 e 17 revela que os dois principais pré-candidatos à prefeitura de Palmas, Carlos Amastha (PSB) e Raul Filho (PR), estão empatados com 20% das intenções de voto. Já a vice-governadora e précandidata Claudia Lélis (PV) aparece isolada na terceira posição, com 12% da preferência do eleitorado. A pesquisa foi realizada uma semana depois do ex-prefeito e pré-candidato, Raul Filho, ter sofrido revês eleitoral, com a possível execução de sua pena por crime ambiental, o que na prática inviabiliza a sua candidatura, ou, na melhor das hipóteses ser candidato sob judice, o que pode ter afetado o seu desempenho. As próximas pesquisas dirão como a pré-candidatura será afetada. Apesar de dizer que será candidato, alguns dos seus correligionários já estudam a possível substituição do seu nome pelo de sua esposa, Solange Duailibe ou pelo vereador Lúcio Campelo. Se esse projeto não vingar o caminho pode ser apoiar outro candidato já estabelecido. Os números devem ligar o sinal de alerta máximo na candidatura de Carlos Amastha, pois faltando cerca de 160 dias para as eleições ele não conseguiu se descolar do seu principal adversário, e enfrenta uma forte oposição na Câmara de vereadores, apesar de ainda ter maioria. Desgastes com carga tributária e o estacionamento rotativo são apontados como os principais fatores para os números de Amastha estarem abaixo do desejável para o prefeito e pré-candidato à reeleição. Cláudia Lélis, por outro lado, com 12% das intenções de voto, está tentando se viabilizar como uma alternativa aos nomes de Raul e Amastha. Seus correligionários afirmam que ela ainda tem a possibilidade de crescimento, pois muitos eleitores ainda não conhecem a vice-governadora.

A possível saída de Raul Filho da disputa também é vista como benéfica para a candidatura de Cláudia, que pode vir a receber o apoio do ex-prefeito. Outros Entre os demais candidatos a pesquisa mostra Luana Ribeiro (PDT) com 4% das intenções de voto, seguida por Aragão (PEN), Gaguim (PTN) e Fabiano do Vale (PRB) todos com 3% das intenções de voto, cada um. O apresentador e pré-candidato Tio Marcão (DEM) tem 2% da preferência do eleitorado, mesmo número de Eli Borges (PROS), Wanderlei Barbosa (SD) e Valdemar Jr (PMDB). Os números revelam que nenhum dos oito pré-candidatos ainda decolou, e nos próximos levantamentos o que devemos ver é uma redução na quantidade daqueles que pretendem disputar o paço municipal. Indecisos Mesmo na pesquisa estimulada 20% dos eleitores se disseram indecisos, outros 5% disseram que pretendem votar em branco ou anular o voto e 2% não quiseram responder. Metodologia Pesquisa eleitoral quantitativa, objetivando levantar a intenção de votos, realizada em feiras e locais públicos em geral, no Município de Palmas, Estado do Tocantins, com os respectivos percentuais de 90% dos questionários para feiras e 10% para locais públicos em geral. Levantamento realizado através de entrevista direta com base em questionário estruturado. Foi utilizado o desenho amostral, tendo por base a Metodologia de AAS (Amostragem Aleatória Simples), onde há o princípio de equiprobalidade no sorteio dos elementos que pertencem ao universo objeto da Pesquisa, que compõem o Painel Amostral. Foram realizadas 600 Entrevistas/Questionários, tendo por parâmetro, o quantitativo de eleitores aptos a votar no Município de Palmas, informados pelo TRE/TO, no Mês de Fevereiro de 2016. A amostra selecionada, terá representatividade para abranger e representar de forma fidedigna o total do eleitorado do Município supracitado. Com margem de erro de quatro pontos percentuais para mais ou para menos e 95% de confiabilidade estatística. A pesquisa foi registrada no TSE sob o número 08940/2016. Estatístico responsável: João Soares de Araújo Neto. Conre 6892.

FAÇA SEU COMENTÁRIO