PF realiza operação na cidade de Pequizeiro e tem advogado como alvo

Operação está ocorrendo em diversos endereços ligados a um advogado da cidade suspeito de crimes federais

A Polícia Federal acordou cedo vários moradores da pequena cidade de Pequizeiro, de 5.000 habitantes, a 250km de Palmas, com viaturas e agentes cumprindo mandados de prisão temporária e busca e apreensão contra uma quadrilha suspeita de extraviar encomendas dos correios para depois conseguir indenizações da empresa, que ultrapassam os R$ 50 mil.

Existe ao menos um funcionário dos Correios entre os alvos, que é suspeito de ser o facilitador do esquema criminoso. Os investigados são suspeitos de crimes como estelionato, peculato e associação criminosa. Com penas que somadas podem ultrapassar os 20 anos de prisão e multa.

Ao todo 35 policiais federais estão nas ruas de outras três cidades, como Guaraí, Colmeia e Couto Magalhães na operação chamada "Missiva" que faz alusão à "falsa postagem".

Procuramos o presidente da OAB, Gedeon Pitaluga para saber das questões relativas às prerrogativas do advogado que está entre os presos, mas ele informou que até então não tinha tomado conhecimento.

FAÇA SEU COMENTÁRIO