Supermercado causa aglomeração durante a pandemia e leva duas multas da prefeitura

Fiscais foram chamados ao local após diversas pessoas denunciarem a aglomeração de pessoas na porta do estabelecimento
A aglomeração de centenas de pessoas causada durante a inauguração de um supermercado atacadista no centro de Palmas nesta terça-feira, 08, e ainda o descumprimento ao Decreto Municipal 1.993/2020 e Artigo 183 do Código de Posturas Municipal levaram a Prefeitura de Palmas a aplicar duas multas ao estabelecimento, pelos fiscais de Posturas da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Serviços Regionais (Sedusr) e Vigilância Sanitária (Visa). (continua abaixo)
 
A responsável pela empresa foi intimada a tomar as providências no controle a Covid-19 com demarcação dos espaços nas entradas e controle de clientes, distanciamento de 2 metros nas filas e uso obrigatório de máscara dos clientes e funcionários. Os fiscais de Posturas ainda orientaram ao supermercado bloquear a acesso nesta terça-feira, 08, e ter o controle de entrada nos dias seguintes. Destacamos que os estabelecimentos são obrigados a cumprir os protocolos sanitários geral e específico disposto pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Emprego e podem ser acessados neste link: https://retomaeconomia.palmas.to.gov.br/.
 
A prefeita Cinthia Ribeiro se manifestou através das suas redes sociais sobre o caso: "O poder público fez a sua parte na fiscalização e autuação do CNPJ na sua esfera de poder. É lamentável ter que ser assim. Não temos exatamente nada contra o empreendedorismo, mas poderiam ter se organizado melhor, levando em conta as regras existentes e o momento que vivemos".

FAÇA SEU COMENTÁRIO