Palmas contabiliza mais três mortes pelo novo coronavírus e chega a 124 óbitos

Vítimas da doença tinham entre 69 e 87 anos, mas apenas a mais velha doenças preexistentes conhecidas

A taxa de ocupação hospitalar em Palmas apresentada no Boletim Epidemiológico de Palmas desta terça-feira, 15, é de 55,4% enquanto que a de segunda-feira, 14, era de 56,8%. O boletim informa ainda a ocorrência de três óbitos por Covid-19, todas as vítimas pessoas idosas. Com isso, a Capital contabiliza 124 óbitos pela doença. Em relação aos novos casos, foram registrados 117 positivados, sendo 66 mulheres e 51 homens. Dos novos casos, 116 pacientes estão em isolamento domiciliar. (continua abaixo)

Das pacientes que vieram a óbito, uma delas tinha 85 anos de idade, já a outra, 69 anos de idade, ambas sem comorbidades, o último tinha 87 anos de idade e era hipertenso.

A Vigilância Epidemiológica de Palmas informa que, após 184 dias de resposta, até as 12 horas do dia 15 de setembro de 2020, totalizam 58.741 notificações para síndrome gripal (SG), onde estão incluídos também os casos suspeitos para Covid-19, sendo: 16.828 descartados e 14.562 casos confirmados (números acumulados) para a doença.

Internações

A taxa de ocupação hospitalar em Palmas é de 55,4%. Já a taxa de ocupação de leitos clínicos públicos e privados da cidade é de 49,7% e a ocupação de leitos das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) pública e privada em Palmas alcança os 62,2%.

Dos pacientes internados na Capital, 84 (53,2%) são residentes em Palmas e os outros 74 (46,8%) moradores de outros municípios.

Já a taxa de ocupação dos leitos das Unidades de Pronto Atendimento de Palmas (UPA) Sul é de 14,3% e na UPA Norte chega aos 23,5%.

Exames

Os laboratórios em Palmas realizaram 492 exames, destes, 117 foram confirmados para a Covid-19 e 246 descartados.

Confira o Boletim Epidemiológico.

A evolução sobre a pandemia também pode ser acompanhada no site Plantão Coronavírus de Palmas.  

FAÇA SEU COMENTÁRIO