Arlene Martins é favorita para vencer as eleições em Pugmil

Arlene é favorita, mas está empatada dentro da margem de erro

O Instituto Folha Capital foi até a cidade de Pugmil, a 100km a leste de Palmas, para saber qual é a preferência dos eleitores nesta que é uma das duas cidades do Tocantins aonde apenas mulheres estão concorrendo ao cargo de prefeita municipal.


Liderando a pesquisa estimulada, que é quando o entrevistador mostra os nomes das candidatas, está a atual prefeita Arlene Martins (PMDB) da Coligação Unidos Para Vencer, com 53% das intenções de voto entre os eleitores locais. Considerando a margem de erro de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos Arlene Martins tem entre 56,5% e 49,5% das intenções de voto.


A candidata da oposição, a pedagoga Maria de Jesus (PPS) da Coligação Juntos Somos Mais Fortes, tem 46% da preferência do eleitorado da cidade. Considerando a margem de erro Maria de Jesus tem entre 49,5% e 42,5% das intenções de voto. O que a deixa no limite do empate técnico com a prefeita Arlene.

Análise
Em uma cidade com 1.937 eleitores, cada voto conta muito, principalmente em uma eleição com apenas duas concorrentes aonde cada voto perdido pode significar um voto ganho pela adversária, o que significa dizer que nesses casos é como se cada voto valesse por dois. Na reta final as duas candidatas terão que gastar muita sola de sapato e muita lábia para tentar manter os seus eleitores e ainda tentar arrebatar votos da adversária. A sorte está lançada.

Indecisos
Quanto aos eleitores indecisos apenas 1% disse que ainda não sabe em quem vai votar.

Rejeição
No quesito rejeição, que é quando o entrevistador pergunta em quem o eleitor não votaria de jeito nenhum, Maria de Jesus lidera com 46% deles apontando o seu nome. Já a prefeita Arlene Martins tem 41% de rejeição. Considerando a margem de erro de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, as duas também estão empatadas neste quesito. 3% dos entrevistados disseram que não rejeitam ninguém e 10% dos entrevistados não quiseram responder a pergunta.

Metodologia
Foram entrevistados 240 eleitores aptos, maiores de 16 anos, respeitando os índices de sexo, idade, escolaridade e renda do total do eleitorado. A pesquisa foi realizada no dia 20 de setembro e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins sob o Nº TO-05704/2016.

FAÇA SEU COMENTÁRIO