Polícia Civil prende matador de aluguel suspeito executar prefeito de Miracema

Moisés foi encontrado morto dentro de seu carro em uma estrada vicinal próxima a Miracema, cidade da qual era prefeito

A Polícia Civil do Estado do Tocantins, por intermédio da 1ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (1ª DHPP de Palmas), efetuou nesta quarta-feira, 3, em São José do Xingu, no Mato Grosso, a prisão de um indivíduo de 51 anos. Ele é suspeito de envolvimento no homicídio que vitimou o prefeito de Miracema do Tocantins, Moisés  Costa da Silva, em 30 de agosto de 2018, cujo corpo foi encontrado dentro de sua camionete em uma estrada vicinal, às margens da BR 153, entre os municípios de Miranorte e Rio dos Bois. A prisão ocorreu mediante cumprimento de dois mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça em desfavor do suspeito. (continua abaixo)

O homem preso é suspeito de praticar homicídios por encomenda no Tocantins e no estado do Maranhão. Ele foi localizado pela equipe da 1ª DHPP em São José do Xingu, após investigações da Unidade Especializada. Segundo a autoridade policial da 1ª DHPP, o suspeito é condenado por crime de homicídio no Maranhão e as investigações apontaram o envolvimento dele na morte do prefeito Moisés Costa.

Preso no Mato Grosso, o indivíduo deverá ser recambiado ao Estado do Tocantins para que seja ouvido nos inquéritos instaurados pela 1ª DHPP. A Polícia Civil informa que entrevistas sobre o caso serão concedidas somente ao final do inquérito policial. 

FAÇA SEU COMENTÁRIO