Servidor do Ministério Público do Tocantins morre de Covid aos 42 anos

Servidor estava internado em uma UTI na cidade de Barreiras, onde buscou tratamento devido à escassez de leitos no Tocantins

Morreu nesta quarta-feira, 10, em decorrência da Covid-19 Héber Ricardo da Cruz Almeida, servidor de carreira do Ministério Público do Tocantins, aos 42 anos, deixando esposa e dois filhos. (continua abaixo)

Ele estava internado na cidade de Barreiras, no oeste baiano, onde buscou tratamento contra a doença devido à falta de leitos no Tocantins. 

Ele era servidor do MPTO desde 2007 e também diretor da Associação dos Servidores Administrativos do MP (Asamp). Em nota a entidade lamentou a perda.

Nota de pesar 

A Asamp vem a público externar seu pesar pelo falecimento do servidor Héber Ricardo da Cruz Almeida, ocorrido nesta quarta-feira, 10. Héber tinha 42 anos e foi vítima da Covid-19.

Profissional reconhecido e exemplo de servidor público, Ricardo fazia parte da família Ministério Público do Tocantins desde o ano de 2007. Também ocupava o cargo de Diretor Administrativo da Asamp.

Aos familiares e amigos o nossa solidariedade neste momento de profunda dor.

Héber Ricardo deixa esposa e dois filhos.

FAÇA SEU COMENTÁRIO