Murilo Machado toma posse como Defensor Público-Geral do Tocantins

A solenidade contou com a presença do Governador Marcelo Miranda.

Eleito para o biênio 2017/2019, o novo defensor público-geral, Murilo da Costa Machado, foi empossado solenemente na manhã desta quinta-feira, 2. A solenidade aconteceu no auditório da sede da DPE-TO - Defensoria Pública do Estado do Tocantins, em Palmas, e contou com a presença de amigos e familiares do novo DPG - Defensor Público-Geral, Defensores Públicos, Servidores da DPE-TO e representantes do Poder Judiciário, Executivo e Legislativo.



A cerimônia teve início com apresentação de vídeo institucional, execução do Hino Nacional, interpretado pelo Coral Canto Nobre, e discursos do Defensor Público- Geral do biênio anterior, Marlon Costa Luz Amorim; do presidente da Associação dos Defensores Públicos do Estado do Tocantins, Neuton Jardim; do arcebispo de Palmas, Dom Pedro Brito; do governador Marcelo Miranda e do Defensor Público-Geral empossado, Murilo da Costa Machado.



Posse
Em um discurso repleto de emoção, Murilo Machado homenageou os familiares e relembrou de momentos difíceis da vida, que hoje são encarados como motivos de força para a superação e conquistas. “Meu pai teve uma dificuldade imensa para estudar, fez a 5ª série com 17 anos de idade, ia para a escola a cavalo, mas não abaixou a cabeça e se formou em Medicina e em Letras. A minha mãe, filha de retirantes, sempre priorizou a educação dos filhos com muita dignidade”, homenageou. Ele lembrou também da batalha pela vida de sua filha de dois anos, Esther, que já passou por cinco cirurgias. “Saiba que te amo muito e eu nunca disse não a você. Mesmo quando me disseram que você não era compatível com a vida, eu jamais abaixei a cabeça. E hoje, graças a Deus, você está viva”, disse, acrescentando a importância do companheirismo de sua esposa, Karinne.



Murilo Machado contou que se sente lisonjeado pela escolha de seu nome para candidato único à Defensor Público-Geral, mas reforçou a responsabilidade ante aos problemas no País e, consequentemente, no Estado. “Me torno um Defensor Público- Geral em momentos difíceis, de arrochos orçamentários frente à crise econômica de
nosso País, e não diversamente de nosso querido estado do Tocantins. Com a mesma força, esperança e coragem que encarei e encaro os problemas de saúde de minha
filha, também assumirei a responsabilidade a mim conferida pelos meus pares que me escolheram Defensor Público-Geral.



Ele destacou ainda sobre a importância de um olhar atento para crise do sistema penitenciário atualmente no País. “Pessoas estão sendo brutalmente mortas e o que estamos testemunhando é fruto de remetidas negligências do Estado brasileiro. O sistema penitenciário é apenas a ponta final de uma cadeia complexa, é preciso deixar de lado as velhas políticas de apenas ‘enxugar gelo’ ou prestar satisfações. Uma Defensoria Pública bem estruturada e organizada pode contribuir muito com políticas públicas de educação em direitos e prevenção de problemas”, disse. Para encerrar, o DPG citou o jurista Aires Brito - “Não se pode tratar a Defensoria como uma espécie de ‘Patinho Feio’, ela tem a mesma dignidade das outras instituições e está mais próxima do chamado humanismo constitucional, portanto é imperioso prestigiá-la.”



Mandato
Defensor-Público Geral por quatro anos, Marlon Costa Amorim proferiu um discurso leve, de agradecimento pelo período de gestão, homenageando aos pares, equipe de Servidores e familiares. “Resumo o meu sentimento na palavra gratidão. Pessoalmente saio muito maior que entrei nesta jornada. Entre erros e acertos, despeço-me com a consciência tranquila do dever cumprido. Temos a honra de estar na melhor Defensoria Pública do Estado do Tocantins, não apenas porque temos as melhoras instalações físicas e um parque tecnológico que é referência, mas sim porque temos Defensores Públicos e Servidores apaixonados pela causa, que exercem com plenitude a sua missão de ajudar a quem precisa.”



Governo
Neste mês de fevereiro, a Defensoria Pública do Tocantins comemora 10 anos de posse dos Defensores Públicos. O governador Marcelo Miranda falou sobre a importância da Instituição para a assistência da população mais vulnerável. “A Defensoria é essencial para se exercer o pleno exercício da cidadania. Parabenizo o Marlon pela condução da Defensoria nesses quatro anos e ao Murilo desejo sucesso à frente da Instituição nos próximos anos. Aos demais colegiados, continuem a ajudar os tocantinenses a garantir os seus direitos e deveres, em uma sociedade justa e saudável”, declarou o governador. Ao final da cerimônia, o Coral Canto Nobre interpretou as canções “Um Mundo Bem Melhor” (versão brasileira do clássico “We Are The World”) e “Brincar de Viver”, de Guilherme Arantes.



Mesa de Honra
A Mesa de Honra foi composta pelo defensor público, Marlon Costa Luz Amorim; pelo governador Marcelo Miranda, pela vice-governadora, Cláudia Lélis; pelo deputado Olyntho Neto (representando a Assembleia Legislativa do Tocantins), presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, desembargador Eurípedes Lamonier; procurador- geral de Justiça, Clenan Renaut de Melo Pereira; vice-prefeita, Cinthia Ribeiro; arcebispo de Palmas, Dom Pedro Brito; presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Ângela Prudente; presidente do Tribunal de Contas do Tocantins, Manoel Pires dos Santos; presidente da Associação dos Defensores Públicos, Neuton Jardim; vice- presidente da OAB Seccional Tocantins, Lucélia Sabino; procurador-chefe da Procuradoria da República no Tocantins, Álvaro Lotufo Manzano; defensor público- chefe da Procuradoria da República no Tocantins, Wilton Resplande de Carvalho; e pelo Defensor Público-Geral do Tocantins, Murilo da Costa Machado.



Agenda
Ainda na tarde desta quinta-feira, 2, o novo Defensor Público-Geral cumpre agenda de posse aos novos diretores regionais da Defensoria Pública do Estado do Tocantins, a partir das 14 horas, no auditório da Instituição. Em seguida ele se reúne com os diretores e apresenta a equipe administrativa da DPE-TO. Na sexta- feira, 3, reúne-se com defensores públicos pela manhã, e à tarde tem reuniões com diretores regionais.

FAÇA SEU COMENTÁRIO