Palmas está entre as melhores cidades do Brasil diz Revista Exame

Estudo realizado pela consultoria Macroplan divulgado neste sábado, 11, pela Revista Exame.

Secom Palmas

Entre os 100 maiores municípios brasileiros, Palmas conquistou a 28ª posição no ranking de melhores cidades do País, e ocupa a 1ª colocação na região Norte. É o que aponta estudo realizado pela consultoria Macroplan divulgado neste sábado, 11, pela Revista Exame.

A avaliação analisou os municípios com mais de 260 mil habitantes, por meio de indicadores divididos em quatro áreas: saúde, educação e cultura, segurança e saneamento, além de sustentabilidade.  O ranking é elaborado por um índice que vai de zero a um, considerando que quanto mais próximo de um, mais a cidade apresenta melhor condição de vida.  No estudo, a capital tocantinense alcançou índice 0,657, ultrapassando outras capitais como Campo Grande (MS), Rio de Janeiro (RJ), Goiânia (GO) e Porto Alegre (RS) 

Palmas se destacou nas áreas da saúde e educação, conforme o estudo "Desafios da Gestão Municipal".  Na área da saúde, a Capital ficou em terceiro lugar no ranking das 100 maiores cidades do Brasil, saltando da 19ª  posição em 2005 para ocupar a 3ª posição, com o índice 0,688, neste ano.

Já na área da educação, Palmas ficou entre os cinco municípios com melhor performance dentre as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Além desse destaque, a Capital mais jovem do País faz parte do ranking dos 50 primeiros colocados em gestão da educação, alcançando a 28ª colocação e deixando para trás outras capitais brasileiras, como Campo Grande (MS) e Teresina (PI), que ficaram, respectivamente em 40º e 42º lugares, ambas com mais de 700 mil habitantes, segundo dados do IBGE.

A boa colocação da Capital também decorre do avanço em saneamento básico. Nesse quesito, Palmas recebeu, no ano passado, o primeiro selo de universalização da rede de saneamento básico, entregue a uma capital brasileira. Também nesta área a Capital se destacou no ranking do saneamento, publicado pelo Instituto Trata Brasil (ITB), neste ano. O ITB classificou Palmas como uma das capitais brasileiras como exemplo no setor, uma vez que todo o sistema de coleta e tratamento de esgoto na Cidade foi pensado para garantir tratamento para todo o volume coletado, a partir da construção e adequação das Estações de Tratamento de Esgoto (ETE).

Atualmente, todo material coletado é tratado antes de ser devolvido para a natureza. Para isso, foram construídas várias estações de tratamento e mais de 290 km de redes coletoras com capacidade para tratar 400 l/s e atende mais de 210 mil moradores.

Sustentabilidade

 Em 2016, a capital tocantinense também ganhou destaque, fruto do empenho da gestão municipal em pensar o desenvolvimento, com foco na sustentabilidade. Em junho do ano passado, Palmas recebeu o prêmio Connected Smart Cities, realizado pela empresa Sator, em reconhecimento ao potencial palmense. Na avaliação, foram considerados indicadores que retratassem inteligência, conexão e sustentabilidade, e a Capital se destacou em várias áreas alcançando o topo da disputa referente à região Norte,  ficando em 1º lugar no Ranking Geral; 1º Mobilidade; 1º Urbanismo; entre outros.

Ainda no âmbito da sustentabilidade, Palmas conquistou o prêmio Inova Cidade, em reconhecimento ao pioneirismo do programa Palmas Solar, criado pela gestão municipal. A premiação, realizada pelo Instituto Smart City Business America, teve como objetivo promover soluções urbanas sustentáveis.

Confira o estudo completo aqui.

FAÇA SEU COMENTÁRIO