Mulher é presa por furtar celular e ameaçar funcionária do Hospital Regional de Araguaína

Polícia Militar prende mulher por furto e ameaça e recupera celular furtado de funcionária do Hospital Regional de Araguaína.

A prisão aconteceu às 07h18 desta sexta-feira, 1º, no Hospital Regional de Araguaína-TO, localizado no Centro da cidade, onde uma funcionária da limpeza da unidade hospitalar, que trabalha no período noturno, colocou seu aparelho celular para carregar na tomada por volta das 03h30 durante o seu horário de repouso e quando levantou-se notou que alguém teria subtraído o referido celular. Ela ligou para o número do seu aparelho e a mulher que o furtou atendeu, confessou que estava mesmo com o aparelho celular e ameaçou a funcionária de que, se fosse buscá-lo, iria matá-la.

 

A Polícia Militar foi acionada e, nas diligências, recebeu informações de funcionários do hospital acerca das características da possível autora, sendo localizada e imobilizada pelos Policiais Militares. Foi constatado que se tratava de uma usuária de drogas de 48 anos de idade com a qual, além do aparelho celular furtado, foi encontrado também uma faca e outros produtos de origem duvidosa, tais como: um relógio de pulso, um bracelete, um baton, um pacote de fumo aberto, um isqueiro e um cachimbo de fumar pedra de crack.

 

A Polícia Militar deu-lhe voz de prisão e a conduziu juntamente com o celular recuperado, a faca e demais produtos de origem duvidosa para a DP de Plantão onde foi devidamente autuada por furto e irá também responder pela ameaça. A legítima proprietária do celular demonstrou-se bastante satisfeita ao reaver seu pertence de volta em suas mãos.

FAÇA SEU COMENTÁRIO