Hospital Palmas Medical amplia instalações e inaugura expansão nesta segunda, 22

Ao todo, 268 funcionários trabalham no Hospital e com a ampliação o quadro irá se expandir para 350 colaboradores ativos

Em busca de oferecer o melhor atendimento, experiência e resultados aos pacientes, há seis anos o Hospital Palmas Medical (HPM) se instalou na mais nova Capital do Brasil. A unidade, que se destaca hoje por ser o Hospital privado mais completo da cidade com o maior centro de alta complexidade e modelo no setor de tecnologia, realização de cirurgias em todas as especialidades, além de garantir segurança aos usuários e atendimento humanizado, vai inaugurar nesta segunda, 22, sua nova estrutura. A partir da expansão em suas instalações, o Palmas Medical passa a oferecer em seu quadro clínico todas as especialidades do ramo da Medicina. 

Com a nova etapa da ampliação, o Hospital conta agora com um total de 78 leitos hospitalares sendo 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 8 leitos de Neo Natal, 4 Recuperações Pós Anestésicas (RPAs) de Hemodinâmica e ainda 4 leitos de unidade Semi Intensiva, 18 aptos de alto padrão, 34 leitos de enfermaria, uma sala Delivery Room de parto humanizado, 10 leitos de Observação no Pronto Socorro, oito leitos de Recuperação Pós-Anestésica e seis leitos-dia, totalizando 103 leitos integrados na estrutura.  

O HPM já é referência em toda a região Norte, além dos estados de Goiás, Mato Grosso, Pará, Maranhão e Bahia. Atualmente a unidade, que atende 26 convênios médicos para todos os serviços oferecidos, propõe fechar parceria com Sistema Único de Saúde (SUS).

O Hospital Palmas Medical atende semanalmente uma média 462 pacientes e em torno de 2000 mil pessoas por mês. Com a expansão do espaço, a expectativa é atender o triplo de pacientes. 

Albert Einstein

Com a proposta de ampliar o Hospital, veio também a decisão, em 2018, de realizar o programa de consultoria com Instituto Albert Einstein, o mais conceituado na medicina brasileira. O Instituto é um braço do complexo de ensino do Hospital, que está acompanhando de perto todo processo de expansão da unidade.

“Essa integração é para que possamos nos equiparar ao grande exemplo que é a gestão do Einstein. Essa parceria se deu após vários estudos de mercado e com aval para sermos o primeiro a ter o selo de gestão integrada com o Instituto. Serão três anos de aprendizado com uma das mais importantes organizações de saúde da América Latina, reconhecida internacionalmente por oferecer excelência na assistência médico-hospitalar e o que há de mais moderno em técnicas e equipamentos para o cuidado da saúde”, pontua o CEO presidente do HPM, Guilherme Coutinho.

Especialidades

Há um ano e quatro meses o Hospital Palmas Medical fez sua primeira expansão com a construção de um pronto-socorro com atendimento clínico e cobertura em diversas especialidades, incluindo serviço de Radiologia com Tomografia Computadorizada, Ultrassonografia e Raio X Digital. 

O espaço tem por especialidade a cirurgia geral, ortopedia, urologia, neurocirurgia, cirurgia plástica, e uma área destinada a exames de alta complexidade como a radiologia digital completa, tomografia computadorizada e ultrassonografia.

Aliado a tudo isso, a unidade conta com equipamentos de última geração e que reduzem sangramentos e o tempo das cirurgias como bisturi de argônio e bipolar, vídeos de alta definição para laparoscopia, laser flexível para cálculos renais e aparelhos modernos de anestesias.

Ao todo, 268 funcionários trabalham no Hospital e com a ampliação o quadro irá se expandir para 350 colaboradores ativos. A expectativa é que 180 vagas de empregos diretos serão geradas na Capital.

"Nossa visão é de crescimento sustentável, sempre priorizando a qualidade e o bom atendimento ao paciente. O Hospital agora realiza sua expansão mais importante com a instalação de uma unidade de Terapia Intensiva Adulto, Unidade de Terapia Neonatal, Serviço de Hemodinâmica e ampliação de leitos , tornando assim o Medical uma referência ainda maior em hospital terciário de alta complexidade", finaliza o presidente.

FAÇA SEU COMENTÁRIO