Leilão Progênies vende 8.200 animais com preço médio de R$ 1,2 mil

Atraindo compradores de cinco Estados, a quarta edição do Leilão Progênies de IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo) movimentou R$ 10.250.000,00 em negócios. Foram vendidos 8.200 animais a um preço médio de R$ 1.250,00. De acordo com os organizadores, os animais foram adquiridos por produtores do Tocantins, Pará, Goiás, São Paulo e Minas Gerais. 

O balanço do leilão foi divulgado pela Clivar Reprodução Bovina no final da manhã desta quarta-feira, 25. “Foi o maior leilão do Estado do Tocantins em quantidade e faturamento. Diante das crises política e econômica do país, podemos considerar que foi um ótimo leilão. Na atual situação que se encontra o Brasil tivemos uma liquidez muito acima da média nacional”, disse o médico veterinário Lucas Coelho Peres, um dos diretores da Clivar. A empresa, que insemina anualmente 30 mil matrizes promoveu o leilão, com a parceria do pecuarista Jair Toledo. A condução dos trabalhos esteve  a cargo do leiloeiro Eduardo Gomes. 

Cerca de 700 pessoas compareceram ao leilão, domingo, 22, no Parque de Exposições de Paraíso do Tocantins. A abertura foi feita por Jair Toledo, que agradeceu aos criadores presentes e fez uma saudação  especial aos pecuaristas de todo o país  que confirmaram a audiência pelo Canal do Boi e pelo site MF Rural, que transmitiram  o evento. Foram vendidas novilhas nelores prenhas de aberdeen angus, bezerros e bezerras meio sangue angus/braford e nelore, além de garrotes de cruzamento industrial.

O sócio-proprietário da Clivar, médico veterinário Danilo Pincinato, na abertura do leilão, ressaltou sobre os critérios dos acasalamentos e a seleção dos animais ofertados. “Estamos colocando para o mercado os melhores animais que o Tocantins possui frutos da tecnologia de IATF, com sêmen de touros provados para precocidade e qualidade de carcaça. Um leilão como esse é uma oportunidade única de adquirir animais dessa qualidade e insere o Tocantins no ranking dos melhores leiloes da pecuária de corte do país."

Qualidade genética

A qualidade genética dos animais ofertados aliada à quantidade de gado e o número de produtores interessados faz do Leilão Progênies de IATF um dos maiores do país no que se refere ao cruzamento industrial. A técnica IATF une praticidade, economia e produtividade ao produtor porque realiza a inseminação de todo rebanho num só dia, independente do ciclo estral de cada matriz. A técnica garante precocidade e qualidade da carne, vendida aos mercados mais exigentes do Brasil e no exterior. 

Apresentação da JBJ

Diante da importância do evento para a pecuária em nível nacional, o grupo JBJ Agropecuária, de propriedade de José Batista Júnior, o Júnior Friboi, apresentou na abertura do leilão o projeto de produção de carne angus. O próprio Júnior Friboi compareceu ao leilão, arrematando diversos lotes. O grupo pretende abater 35 mil animais da raça angus ainda este ano, e quer boa parte destes abates sejam de animais produzidos no Tocantins. Para isso o projeto oferece um ágio para os animais que atendam a necessidade da indústria.

FAÇA SEU COMENTÁRIO