Banco do Brasil destaca linhas de crédito a juros baixos durante feira

Superintendente do BB no Tocantins Raul Wahbe (e) com o secretário estadual da Agricultura César Halum

Um dos maiores fomentadores do crédito rural no país, o Banco do Brasil se tornou peça fundamental para aqueles que buscam linhas de crédito a juros baixos para financiar a compra de máquinas e implementos agrícolas. Nesta entrevista exclusiva o superintendente do Banco no Tocantins fala sobre a importância da parceria do BB com o homem do campo e enumera os produtos que serão ofertados durante a Agrotins 2019.

Folha Capital - Por que o Banco do Brasil se tonou o principal parceiro do homem do campo?

Raul Wahbe - Porque o Banco do Brasil reconhece a importância e a força do agronegócio para o nosso país e mantém-se historicamente como o principal agente financeiro, apoiando o setor em todas as etapas da cadeia produtiva e contribuindo de forma expressiva com as melhores soluções para o segmento.

Quais são as principais linhas de crédito e as taxas de juros, disponíveis para os produtores rurais tocantinenses?

O BB disponibilizará linhas de crédito, onde seus clientes poderão adquirir máquinas e implementos agrícolas com taxas atrativas, confira:
Investe Agro – Poupança-Ouro não Equalizada: taxa de 9,8% a 10,5% a.a., com prazo de até 5 anos;
Moderfrota – Poupança-Ouro Equalizada: taxa de 7,5% ou 9,5% a.a., a depender da renda anual do cliente, com prazo de até 7 anos;
Aquisição de animais para recria e engorda e retenção de matrizes (ovinas, suínas e bovinas), os demais produtores contarão com a linha Custeio Pecuário (recursos não controlados) com taxas atrativas, a partir de 8,75% a.a. e prazo de até 2 anos, a depender da finalidade do crédito;
Custeio Agropecuário para demais financiamentos, a taxa também é a partir de 8,75%, mas o prazo é até um ano.
Aos pequenos produtores está disponível a linha Pronaf Custeio para aquisição de animais para recria e engorda, com taxa de 4,6% a.a., teto de R$ 250 mil e prazo de até um ano;
Os médios produtores contarão com a linha Pronamp Custeio com recursos da Poupança-Ouro Equalizada, taxa de 6% a.a. e prazo de até um ano, para aquisição de animais para recria e engorda e demais financiamentos;
CPR com recursos livres e taxas à partir 8,5% a.a.;
PCA - Programa para Construção e Ampliação de Armazéns (grãos) - até 6 mil toneladas com taxa de 5,25% a.a.;
Além das demais linhas de crédito disponíveis no portfólio do Banco do Brasil.

Qual deve ser o investimento do BB no setor agropecuário em 2019 no Tocantins e no Brasil?

Os valores de investimento referentes ao Plano Safra 2019/2020 deverão ser divulgados em meados de julho, após anúncio do Governo Federal.

Por que o Banco considera importante participar da Agrotins 2019?

A Agrotins é uma feira de grande representatividade para o Tocantins e para o Brasil, reunindo número expressivo de produtores rurais. O Banco do Brasil, consciente do seu papel no agronegócio brasileiro, reafirma sua parceria em mais um evento, apresentando soluções para fortalecer o setor, apoiando desde o pequeno ao grande produtor rural. Somos o Banco que mais apoia o produtor rural, portanto, não poderíamos deixar de prestigiar um evento tão importante para o agronegócio do Tocantins e região. A expectativa do BB para a feira é a concretização de muitos negócios.

A instituição conta com algum produto especial que vai estar disponível durante a realização da feira?

A Agrotins também contará com a presença da Carreta Agro, criada para atender os clientes do campo e disponibilizar produtos e serviços em um ambiente de negócios moderno e inovador.
O BB reforçará a divulgação das soluções digitais, elaboradas com o objetivo de simplificar a vida do produtor rural. Confira algumas:
Agrobot – consultor virtual inteligente, criado para auxiliar o produtor a tomar as melhores decisões sobre seu negócio;
Investimento Digital – solução que permite ao cliente simular e enviar sua proposta de financiamento de investimento rural ao BB;
Cartão Ourocard Agronegócios – cartão com múltiplas funções, direcionado ao segmento de agronegócios, disponível na bandeira Visa e Elo. Agrega as funções crédito, débito, bancária, crediário, além do acesso às linhas de crédito rural;
Custeio Digital – solução que permite ao cliente acolher e enviar sua proposta de custeio ao BB, de forma ágil, fácil e conveniente, de qualquer lugar e a qualquer hora do dia.
Uma das novidades é o Seguro Pecuário Faturamento, que vai propiciar a continuidade do negócio em caso de queda de preço da produção ou morte dos animais, por exemplo.
Outra grande novidade é o Consórcio de Semoventes com taxa de administração a partir de 0,55% a.m. e prazo de até 36 meses.

Por que os produtores rurais devem procurar o Banco do brasil para realizar seus negócios?

O Banco do Brasil é o principal agente indutor do desenvolvimento do agronegócio no País, alinhado aos critérios estabelecidos para a manutenção da sustentabilidade socioambiental. Atuando desde o pequeno produtor às grandes empresas agroindustriais, o Banco do Brasil financia o custeio da produção e a comercialização de produtos agropecuários, estimula os investimentos rurais como a construção e ampliação de armazéns, a aquisição e modernização de máquinas e implementos, além do beneficiamento e industrialização de produtos agropecuários e a adequação de propriedades rurais à legislação ambiental. Assim, o BB apoia o agronegócio brasileiro em todas as etapas da cadeia produtiva.
É um momento desafiador para todas as instituições financeiras, onde são exigidas estratégias para atendimento de toda a cadeia produtiva. O BB é o maior parceiro do agronegócio brasileiro, sempre atento às necessidades do produtor rural, oferecendo as melhores soluções para a continuidade dos negócios.

FAÇA SEU COMENTÁRIO