Mulher é presa tentando entrar em presídio com maconha escondida em 58 cigarros

A meliante, que não teve o nome revelado, foi presa e levada para a delegacia

Uma mulher foi presa após ser flagrada por agentes penitenciários tentando entrar com 58 cigarros de maconha no Centro de Reeducação Social Luz do Amanhã, em Cariri do Tocantins, na região sul do estado, como se fossem cigarros comuns.

O flagrante foi feito neste domingo, dia 15. De acordo com a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), a substância foi detectada pelo aparelho de raio-x durante uma revista antes das visitas aos presos. A mulher estava com 58 cigarros.

A mulher foi levada para a delegacia e foi presa pelo crime de tentar adentrar com drogas em estabelecimento prisional. A pena para esse crime pode chegar a 15 anos de reclusão.

FAÇA SEU COMENTÁRIO