Vice-governador ressalta importância do aplicativo “Infotempo” para o produtor rural

O vice-governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, participou do 5º encontro para Apresentação das Tendências Agroclimatológicas

Nesta quarta-feira-feira, 18, o vice-governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, participou do 5º encontro para Apresentação das Tendências Agroclimatológicas. O evento teve como objetivo mostrar aos produtores rurais as tecnologias e previsões agrometereológicas para o desenvolvimento da economia tocantinense.

O evento que contou com cerca de 150 pessoas e ocorreu no auditório da Federação da Agricultura do Estado do Tocantins (Faet) / Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), em Palmas.

Wanderlei Barbosa destacou que as tecnologias da informação trazem desenvolvimento ao setor produtivo. “Este aplicativo veio para facilitar a vida dos produtores rurais no seu dia a dia, até mesmo para não ter imprevistos nas suas plantações. Será importante para difundir as informações ao produtor rural para não ser pego de surpresa pelas mudanças climáticas”.

O vice-governador destacou ainda sobre a importância do Governo do Estado em investir na área de pesquisa e fazer com que as boas ferramentas cheguem ao setor produtivo de todos os municípios. “A inovação é importante para o desenvolvimento da economia do Estado”, destacou.

Na ocasião, o vice-governador parabenizou os técnicos e parceiros envolvidos no projeto. “Temos que buscar qualificar cada vez mais os técnicos e investir em ferramentas como esta. Parabenizo todos os que construíram essa ideia que vai beneficiar os produtores tocantinenses. Um aplicativo que veio para facilitar a vida daqueles que necessitam dos serviços, criando uma rede de integração no setor agropecuário”, completou.

Aplicativo

O engenheiro agrônomo da Seagro, Alexandre Barreto, ao lançar o aplicativo Infotempo  Tocantins mostrou em detalhes as principais ferramentas para auxiliar o produtor no seu dia a dia.   “É um aplicativo de fácil manuseio, contendo informações das estações meteorológicas do Estado, mapas, dados, prognósticos e alerta agrometereológicos para auxiliar o produtor, na hora certa de plantar, manejo e colheita”, explicou.

O encontro contou com a participação do secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, César Halum, o reitor da Universidade do Tocantins (Unitins), Augusto Resende, o engenheiro agrônomo da Seagro, Alexandre Barroso, o engenheiro agrônomo, consultor da Terra Forte consultoria, Élio Ribeiro e vários outros técnicos da área agropecuária.

FAÇA SEU COMENTÁRIO