Após cinco dias preso, ex-secretário Cenourão ganha liberdade

Elmar foi secretário extraordinário de Integração Governamental do Tocantins e chefe de gabinete na gestão de Marcelo Miranda

Elmar Batista Borges, popularmente conhecido como "Cenourão", ganhou liberdade após ficar preso cinco dias na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPP). Ele deixou a prisão por volta das 7:30hs  desta segunda-feira.

O ex-secretário do Tocantins e a mulher dele, Tatiane Felix Arcanjo, foram presos durante a operação da PF por suspeitas de serem laranjas do ex-governador Marcelo Miranda, do qual Elmar também foi chefe de gabinete.

Apesar de ganhar liberdade, Cenourão segue como investigado na operação Carotenóides.

FAÇA SEU COMENTÁRIO