Comitê Gestor reúne entidades sindicais e apresentará proposta na próxima semana

Reunião do Comitê Gestor representado pelos secretários Lívio Luciano e Davi Torres, com a Fesserto e entidades sindicais.

Nesta quarta-feira, 31 de agosto, em mais uma reunião com a FESSERTO (Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos do Tocantins) e entidades classistas, o governo do Estado, através do Comitê Gestor, representado pelos secretários Lívio Luciano e Davi Torres, informou que os estudos necessários para o pagamento da data-base de 2016 e retroativo de 2015 estão sendo finalizados e que na próxima semana será apresentada uma proposta concreta às categorias.

Ao longo do mês de agosto, estas entidades e governo realizaram cinco reuniões para reivindicar uma proposta factível que atenda os servidores públicos.

Integram o grupo o Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Tocantins (Sindifiscal), Sindicato dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais do Tocantins (Sinfito-TO), Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Tocantins (Sindjor), Sindicato dos Policiais Civis do Tocantins  (Sinpol-TO), Sindicato dos Profissionais de Defesa Agropecuária do Estado do Tocantins (Sindagro), Sindicato dos Profissionais da Enfermagem no Estado do Tocantins (Seet), Associação dos Funcionários da Adapec (AFA-TO), Associação dos Militares, Reformados, da Ativa e seus Pensionistas do Estado do Tocantins (Asmir-TO), Associação dos Oficiais Militares do Estado do Tocantins (Aometo).

Estas entidades uniram-se à FESSERTO para que a federação seja o porta voz delas nas negociações sobre a data-base.

A FESSERTO informa que tão logo receba a proposta do governo a apresentará para avaliação e deliberação de todas as entidades representativas de servidores públicos civis e militares do Tocantins.

FAÇA SEU COMENTÁRIO