Setas participa de reunião com beneficiários do Programa Bolsa Família

Reunião leva informações sobre o Programa Bolsa Família aos beneficiários

A Secretaria Estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) participou na manhã desta quinta-feira, 21, de reunião com as famílias beneficiárias do Cadastro Único e Programa Bolsa Família do setor Morada do Sol, região sul de Palmas, promovida pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Morada Nova. O objetivo da reunião foi informar aos beneficiários sobre atualizações e sanar dúvidas quanto às condicionalidades entre outras indagações.

O gestor da Setas, Messias Araújo, esteve presente na reunião e falou sobre a importância do Programa para o combate às desigualdades sociais. “O Governo Federal já garantiu o pagamento da 13ª parcela do benefício agora em dezembro. Essa ação aumentará o poder de compra das famílias beneficiárias”, afirmou.

A assistente social da gerência de Proteção Social Básica, Bolsa Família e Benefícios, Régina Mercês, falou sobre o perfil do Cadastro Único e Bolsa Família, esclareceu sobre as diferenças nos valores dos benefícios e respondeu às indagações dos beneficiários. “O Bolsa Família é composto por vários benefícios, e o cálculo desse valor depende da constituição da família, quantidade, idade e renda, entre outros critérios. Esses parâmetros fazem com que os benefícios tenham valores diferenciados; e muitas vezes os beneficiários não entendem porque o vizinho pode receber um valor um pouco maior”, ressaltou.

A gerente municipal do Cadastro Único e Bolsa Família em Palmas, Terezinha de Jesus Milhan, disse que o maior número de cancelamentos de benefícios ocorre por descumprimento da condicionalidade na área da educação. “Esclarecemos a cada um deles a importância de se atentarem para essas condicionalidades da educação e da saúde, além da atualização do cadastro”.

As beneficiárias do Bolsa Família, Irene Ferreira Silva e Meirinalva Lopes da Silva, já tiveram o benefício suspenso por conta de descumprir os critérios da educação. “Meu filho faltava às aulas e meu benefício foi suspenso, agora cuido para que isso não aconteça”, disse Meirinalva.

Outra beneficiária,  Miliane Alves, disse que o dinheiro serve para cobrir as despesas essenciais, e que tenta manter suas informações cadastradas sempre atualizadas para que seu benefício não seja suspenso.

Durante o encontro outros assuntos também foram levantados, como o Benefício de Prestação Continuada (BPC) na escola. A reunião de alinhamento no Cras acontece a cada três meses.  

Cadastro Único

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele são registradas informações como: características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras.

Bolsa Família

É um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o País, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade e pobreza.

FAÇA SEU COMENTÁRIO