PALMAS

AGRONEGÓCIO

Políticas públicas para agricultura familiar serão debatidas

Serão debatidas as propostas de apresentação e análise do projeto para aquisição de máquinas e equipamentos agrícolas para agricultura familiar.

Publicado em

O Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (Cedrus) realiza nesta terça-feira, 28, a partir das 8h30, no auditório da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), reunião ordinária para debater as ações de desenvolvimento da agricultura familiar no Tocantins.  No conselho participam 30 membros, 15 da sociedade civil organizada e, 15 do poder público que, juntos, podem analisar e aprovar propostas de melhoria da qualidade de vida no campo.

 

Na pauta de reunião, os integrantes debaterão sobre diversas propostas, entre elas apresentação e análise do projeto para aquisição de máquinas e equipamentos agrícolas para agricultura familiar; avaliação para estruturar a política estadual de desenvolvimento rural sustentável e solidário e o programa de apoio à agricultura familiar. E ainda, proposta para continuidade dos programas de execução de assistência técnica nas comunidades rurais, entre outros.

 

De acordo com o secretário Executivo do Cedrus, Eduardo Pinto, o conselho tem a função de analisar, debater entre as 30 instituições participantes as ações de melhoria para os produtores rurais. “É papel dos envolvidos no conselho, debater, organizar e planejar ações de políticas públicas em benefício dos agricultores familiares”, disse.

Leia Também:  Senadora Kátia Abreu reassume presidência da Faet/Senar

 

Fórum

Na ocasião serão escolhidos dois integrantes do Conselho para participar do Fórum de Desenvolvimento Rural, a ser realizado em Brasília, organizado pelo Conselho Nacional de Interconselhos Rural Sustentável da Agricultura Familiar (Condraf).   

 

Cedrus

O conselho é constituído por 30 instituições que visam discutir políticas públicas para agricultura familiar. São eles: Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins); Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra); Instituto de Terras do Tocantins (Itertins); Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins); Federação dos Trabalhadores do Estado do Tocantins (Fetaet); Federação da Agricultura do Estado (Faet); Secretaria do Planejamento e Modenização da Gestão Pública (Seplan); Organização das Cooperativas do Brasil (OCB); Fundação Universidade do Tocantins (Unitins); Ministério da Agricultura (Mapa); Faculdade Católica; Secretaria da Indústria e Comércio; Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); instituições financeiras.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

AGRONEGÓCIO

Agropecuaristas e parceiros destacam importância da Rota da Pecuária para os produtores rurais tocantinenses

Published

on

Na quinta parada da Rota da Pecuária, na tarde dessa quinta-feira, 30, na Fazenda Boa Fortuna, localizada no município de Pium, agropecuaristas e parceiros destacaram a importância da Rota da Pecuária para o desenvolvimento da pecuária tocantinense. A fazenda abate anualmente 20 mil cabeças de gado, que são criados no sistema ciclo completo (cria, recria e engorda), e exporta 100% da carne para a China, empregando 90 funcionários.

Para o coordenador de agronegócio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), José Daniel Tavares, a Rota da Pecuária é uma iniciativa louvável do Governo do Tocantins para o incentivo à pecuária tocantinense. “Isso possibilita ao produtor agregar e aumentar a produtividade no agronegócio. O Sebrae é parceiro da Secretaria da Agricultura no programa Mais Genética, levando novas tecnologias para o produtor, visando à alta produção no campo”, destacou.

Para o diretor da Fazenda Boa Fortuna, Ronaldo Rabelo, que trabalha na fazenda deste o início da implantação das tecnologias, a chegada do pivô e o confinamento possibilitaram triplicar a capacidade de produção da fazenda. “E a Rota da Pecuária vem fortalecer ainda mais, mostrando e apresentando novas tecnologias para o incremento da agropecuária”, ressaltou.

Leia Também:  Governador e ministra da agricultura participam de abertura da Agrotins 100% Digital

De acordo com a coordenadora comercial da empresa Frísia, Erica Lima, essa é uma ação que mostra, na prática, a realidade que temos de tecnologia e inovação. “É muito importante o produtor estar inserido nesta iniciativa. E a Frísia não poderia estar de fora, estamos consolidados e, em breve, investiremos na pecuária de corte”, afirmou.

A agropecuarista da região do Bico do Papagaio, Maria Vilela, uma das pecuaristas que acompanham as atividades de campo, explicou: “Vim participar deste projeto pecuarista muito importante. Aqui, estamos vendo tecnologia simples e avançadas, ou seja, descobrindo uma nova pecuária aqui no Tocantins”, detalhou.

Já a proprietária das fazendas Trevo, Inara Mota Machado, que utiliza o sistema de produção Integração Lavoura Pecuária (ILP), “essa ação da Secretaria da Agricultura, de incentivar aos produtores, motiva ainda mais a buscar a inovação tecnológica e a estruturação da fazenda para aumentar a produtividade no campo”. 

Fonte: Agro – GOV TO

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA