PALMAS

BRASIL

Polícia Federal prende acusado de fraudes com operação de criptomoedas

Publicado em

BRASIL


A Polícia Federal prendeu hoje (13) um foragido da Operação Kryptos. A ação, lançada há pouco mais de um mês, atuou para desmantelar um grupo por fraudes com criptomoedas. Eles são acusados da prática de pirâmide financeira, esquema em que não há lucro nos investimentos, mas nos aportes feitos pelos novos associados.

Um dos acusados, que responde por crimes contra o sistema financeiro nacional e organização criminosa, foi localizado pela polícia em um carro de luxo na Rodovia Castelo Branco, na altura de Araçariguama, no interior paulista. Ele será encaminhado ao sistema prisional do Rio de Janeiro, onde ficará à disposição da Justiça.

Segundo a Receita Federal, o esquema era gerido a partir de uma empresa na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, que atuava como um fundo de investimentos. A companhia prometia, de acordo com as investigações, rendimentos fixos, que não eram sustentáveis no mercado de risco das criptomoedas. Assim, os lucros eram, na verdade, repasses do dinheiro dos novos clientes, que dependia do fluxo de novos associados para continuar funcionando.

Leia Também:  TV Unir é a nova afiliada da Rede Nacional de Comunicação Pública

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

BRASIL

Escultura Meteoro, em frente ao Itamaraty, passará por restauração

Publicados

em


O Ministério das Relações Exteriores (MRE) anunciou que fará a restauração da escultura Meteoro, de Bruno Giorgi. A peça fica localizada no espelho d’água do Itamaraty e é parte do cartão-postal da Esplanada dos Ministérios.

É a primeira vez que a escultura passa por uma restauração. Ela foi instalada na frente do Itamaraty em 1967 e seus cinco blocos de mármore de Carrara simbolizam o diálogo entre os continentes, numa alusão à missão principal da diplomacia de negociar e interagir com todos os povos.

A restauração vai levar cerca de dez meses e passará por duas fases: a análise do estado de conservação e elaboração de projeto de intervenção e o restauro propriamente dito. O processo será acompanhado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e o espelho d’água será esvaziado quando necessário para a evolução dos trabalhos. Segundo o MRE, será observado o cuidado com a preservação das espécies vegetais ali mantidas.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  TV Unir é a nova afiliada da Rede Nacional de Comunicação Pública
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA