PALMAS

CIDADES

Carteira de Trabalho será feita no balcão do Sine

O motivo é problemas técnicos da central tecnológica com base em Brasília, uma vez que o mesmo está passando por ajustes e adaptações.

Publicado em

Durante o mês de julho, os interessados em obter uma Carteira de Trabalho e Previdëncia Social (CTPS), na cidade de Palmas, deverão procurar o Sistema Nacional de Emprego (Sine), da Capital, para a emissão do documento. A excepcionalidade se dá em função dos problemas técnicos recorrentes da central tecnológica com base em Brasília, uma vez que o mesmo está passando por ajustes e adaptações, haja vista que o sistema de emissão de CTPS online foi implantado em todo o País, em abril deste ano, e como julho é considerado um mês atípico, será feita uma reformulação na plataforma tecnológica.

 

Para tanto, a partir desta segunda-feira, 4, a emissão da CTPS só será feita pessoalmente, por meio de distribuição de 20 senhas diárias, sendo dez entregues pela manhã – por ordem de chegada,e a outra metade à tarde, obedecendo aos mesmos critérios. É importante frisar que os documentos serão feitos de segunda a quinta-feira.

 

Mesmo com o ocorrido no sistema de suporte tecnológico em Brasília, a Secretaria do Trabalho e Assistência Social (Setas) fez questão de resguardar o direito do trabalhador em adquirir o documento abrindo exceção para a emissão manual.

Leia Também:  Fundação Restaurar vai beneficiar mais de cinco mil crianças com doação de brinquedos

 

Documentos

Para a emissão dos documentos e segunda via, o pretendente deverá levar consigo a Carteira de Identidade, CPF, comprovante de endereço com CEP e comprovante de estado civil (certidão de nascimento ou casamento); já no caso de perda, os documentos citados mais o boletim de ocorrência e um extrato com o número da carteira anterior, este pode ser solicitado junto à Caixa Econômica Federal ou INSS. 

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

CIDADES

Com recurso do Estado do Tocantins, prefeitura de Dianópolis realiza obras de infraestrutura no município

Published

on

O Programa de Fortalecimento da Economia e Geração de Emprego segue promovendo melhorias na infraestrutura no Tocantins. Os 139 municípios do Estado estão em constante desenvolvimento e os investimentos provenientes do Programa, são destinados para obras estruturantes de zonas urbanas e rurais.

O município de Dianópolis já recebeu a primeira parcela do investimento no valor de R$ 666 mil. A verba será destinada para pavimentação de vias urbanas nos setores Nova Cidade e Santa Luzia. De acordo com o prefeito de Dianópolis, José Salomão Jacobina Aires, o projeto possui grande importância para o desenvolvimento da região. “Os recursos recebidos neste momento estão sendo destinados para a pavimentação de cerca de 27 ruas com 28 mil metros de asfalto. Isso além de ser um impacto positivo para a gestão também promove o bem-estar da população, que é uma das nossas grandes prioridades”, ressalta.

Uma das principais cidades da região sudeste do Estado e com uma população de quase 22 mil habitantes, a cidade vem crescendo cada vez mais com o investimento em infraestrutura, melhorando a qualidade de vida da população. “Dianópolis é palco de vários pontos turísticos e uma cidade em pleno desenvolvimento. A pavimentação das vias urbanas é uma demanda reprimida por muito tempo, agora com a parceria entre Estado do Tocantins e os municípios, ajudará na construção dos asfaltos, promovendo qualidade de vida para a comunidade e turistas”, completa o gestor.

Leia Também:  Operação notifica distribuidoras e cidadãos por descumprimento de decretos

Ainda de acordo com o gestor, o crescimento econômico e populacional dos municípios está associado a vários fatores e principalmente à infraestrutura local.

Até o momento foram investidos R$ 277 milhões distribuídos aos 139 municípios do Tocantins. Os recursos estão sendo aplicados em obras de infraestrutura local, como pavimentação de vias públicas, complexos poliesportivos, praças, parques, pontes, bueiros, ciclovias e centro de lazer.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA