PALMAS

CIDADES

Evento reúne pesquisadores e catadores de material reciclado em Palmas

Dois casos de estupro chamaram a atenção no Estado: O contra uma servidora pública e de uma adolescente de 13 anos, com necessidades especiais em Chapada de Natividade.

Publicado em

Creuselina Pereira de Souza tem 70 anos e há oito trabalha na Cooperativa de Produção de Recicláveis do Tocantins (Cooperan), localizada no setor Ecoindustrial de Palmas. Acostumada à lida diária de separação de garrafas pet, papéis, plástico, alumínio e tantos outros produtos descartados pela comunidade palmense, Creuselina teve uma quinta-feira diferente. Na tarde do dia 09 de junho, ela e outros colegas da Cooperan estiveram no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFTO) participando do I Workshop sobre Formação de Incubadoras Sociais.

 

O evento é uma iniciativa do Ministério Público Estadual (MPE), por meio do Centro de Apoio Operacional de Urbanismo, Habitação e Meio Ambiente (Caoma), em parceria com o IFTO, Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) e Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMA). O workshop conta com participação do professor doutor Fernando Bartholo, coordenador da incubadora social na UFG, e Marli Santos, analista do MPE e doutora em Desenvolvimento Sustentável.

 

Foi através da experiência do professor doutor Bartholo que a catadora Creuselina aprendeu um pouco mais sobre como transformar seu trabalho em algo mais rentável e que contribuirá, ainda mais, com a preservação do meio ambiente. “É sempre bom aprender. A gente que não tem muito conhecimento tem que receber orientação de gente que entende”, conta a catadora.

Leia Também:  Carlesse decreta situação de emergência em Araguanã e São Miguel devido às fortes chuvas

 

O workshop segue até sexta-feira, 10, com palestras e a elaboração de uma proposta para implantação de uma incubadora social da Cooperan, que servirá de modelo para outras entidades. “Temos uma experiência muito exitosa no Estado de Goiás, com a participação da sociedade, entidades que trabalham com reciclagem e o próprio Ministério Público. Além de melhorar as condições de vida de seus cooperados, contribuiremos para promover uma melhor relação da sociedade com o ambiente que a cerca”, conta Fernando Bartholo.

 

Ainda estão na programação do evento a avaliação situacional dos catadores e catadoras frente aos planos de gerenciamento de resíduos sólidos e a apresentação da proposta de incubação social desenvolvida pela Universidade Federal de Goiás.

 
COMENTE ABAIXO:
Advertisement

CIDADES

Com recurso do Estado do Tocantins, prefeitura de Dianópolis realiza obras de infraestrutura no município

Published

on

O Programa de Fortalecimento da Economia e Geração de Emprego segue promovendo melhorias na infraestrutura no Tocantins. Os 139 municípios do Estado estão em constante desenvolvimento e os investimentos provenientes do Programa, são destinados para obras estruturantes de zonas urbanas e rurais.

O município de Dianópolis já recebeu a primeira parcela do investimento no valor de R$ 666 mil. A verba será destinada para pavimentação de vias urbanas nos setores Nova Cidade e Santa Luzia. De acordo com o prefeito de Dianópolis, José Salomão Jacobina Aires, o projeto possui grande importância para o desenvolvimento da região. “Os recursos recebidos neste momento estão sendo destinados para a pavimentação de cerca de 27 ruas com 28 mil metros de asfalto. Isso além de ser um impacto positivo para a gestão também promove o bem-estar da população, que é uma das nossas grandes prioridades”, ressalta.

Uma das principais cidades da região sudeste do Estado e com uma população de quase 22 mil habitantes, a cidade vem crescendo cada vez mais com o investimento em infraestrutura, melhorando a qualidade de vida da população. “Dianópolis é palco de vários pontos turísticos e uma cidade em pleno desenvolvimento. A pavimentação das vias urbanas é uma demanda reprimida por muito tempo, agora com a parceria entre Estado do Tocantins e os municípios, ajudará na construção dos asfaltos, promovendo qualidade de vida para a comunidade e turistas”, completa o gestor.

Leia Também:  Rede Vivence apresenta novo empreendimento hoteleiro em Palmas nesta quarta

Ainda de acordo com o gestor, o crescimento econômico e populacional dos municípios está associado a vários fatores e principalmente à infraestrutura local.

Até o momento foram investidos R$ 277 milhões distribuídos aos 139 municípios do Tocantins. Os recursos estão sendo aplicados em obras de infraestrutura local, como pavimentação de vias públicas, complexos poliesportivos, praças, parques, pontes, bueiros, ciclovias e centro de lazer.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA