PALMAS

CULTURA

Cultura do Tocantins está em exposição na Feira do Artesanato Brasileiro em Brasília

A feira se estende até o próximo dia 2 de abril, das 16 às 23 horas, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade.

Publicado em

CULTURA

A riqueza do artesanato tocantinense se faz presente na Capital Federal, com a participação de artesãos do Estado na  9ª edição da Feira do Artesanato Brasileiro. O evento, que começou nesta quarta-feira, 29, se estende até o próximo dia 2 de abril, das 16 às 23 horas, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília (DF).

 

Por intermédio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), oito artesãos  – sendo seis individuais e duas entidades representativas –  foram selecionados, mediante concorrência via edital, e estão representando a diversidade do artesanato regional em um estande destinado ao Estado na Feira.

 

Superintende de Desenvolvimento da Cultura da Seden, Noraney de Fátima Fernandes está presente no evento e reforçou a importância, para o Tocantins, de ter seus artesãos e produtos artesanais divulgados em eventos desta natureza. “Esta é uma importante vitrine para a cultura do Estado que, apesar de jovem, traz uma bagagem imensa, que precisa ser levada ao conhecimento do público. Assim como o capim dourado, que já ganhou o mundo, o Tocantins tem muito mais a oferecer, e é isso que nossos artesãos vieram mostrar aqui”, frisou.

Leia Também:  UFT Palmas recebe o projeto “90 anos de Tom Jobim” nesta quarta

 

No estande, é possível conferir a beleza de peças de diversos formatos e matérias-primas, tais como miniaturas em casca de cajazeira, instrumentos musicais em cerâmica e pele de animal, gravuras, esculturas e entalhes;  jarros, cestas e colares, brincos e pulseiras de capim dourado e seda do buriti; cestarias de fibra de buriti, mandalas, jogos americanos, além de artes em madeira, com peças como pilão, cabides e farinheiro. Além de divulgação, o espaço também é de comercialização das peças.

 

Os artesãos tocantinenses presentes na Feira são Marcio Bello dos Santos, de Porto Nacional; Raimundo Carneiro Soares, de Pium;  Lúcia de Carvalho Gomes, de Palmas; Tereza Alves dos Santos, de Taquaruçu (Palmas); e Josias de Sousa Menezes, de Gurupi. Além deles, participam representantes do Centro Cultural K’yjre – A.I.K, de Goiatins; e a  Associação Dianapolina de Artesãos (ADA), de Dianópolis.

 

O custeio das despesas com o transporte de ida e volta das mercadorias, conforme destacou Núbia Maria Cursino Machado – coordenadora do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) no Estado – ficou a cargo da secretaria, por intermédio do Programa.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CULTURA

Adetuc inicia trabalhos de Inventariação da oferta Turística nos municípios de Aurora e Lavandeira, nas Serras Gerais

Publicados

em


Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), após concluir as ações referentes ao projeto Avança Turismo Tocantins, nos municípios de Aurora e Lavandeira, na região de Serras Gerais, deu início nesta quinta-feira, 23, os trabalhos de Inventariação da Oferta Turística, pela equipe técnica da pasta. A ação conta com apoio da gestão municipal e prossegue até domingo, 26.

O Inventário da Oferta Turística envolve o levantamento, identificação e registro dos atrativos turísticos, dos serviços e equipamentos turísticos e da infraestrutura de apoio ao turismo como instrumento base de informações para fins de planejamento, gestão e promoção da atividade turística, possibilitando o levantamento de demandas, a definição de prioridades para os recursos disponíveis e o incentivo ao turismo sustentável.

De acordo com o presidente da Adetuc, Jairo Mariano, o processo de inventariação da oferta turística das Cidades de Aurora do Tocantins e Lavandeira, representa uma oportunidade de desenvolvimento da atividade turística da região. “ A Inventariação dos atrativos das cidades que compõem a região de Serras Gerais, garantirão a reorganização da atividade turística, além de proporcionar grandes oportunidades de investimentos e melhoria na geração de emprego e renda para a população, fomentando toda a cadeia do Turismo”, pontuou.

Leia Também:  Cadastro para artistas interessados em se apresentar no Clube já está disponível no site da Assemp

As informações coletadas no processo de inventariação serão inseridas na Plataforma Integrada do Turismo (PIT). A partir de dados confiáveis sobre a oferta turística regional, o levantamento poderá ser utilizado para consulta de estudantes, empresários e pesquisadores, ficará disponibilizado aos visitantes, planejadores e permitirá a análise do significado econômico do turismo e seu efeito multiplicador no desenvolvimento municipal.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA