PALMAS

ECONOMIA

Novo registro mostra queda no endividamento em Palmas

As pessoas estão cada vez mais preocupadas com a situação atual da economia. houve um declínio de 7,7% no endividamento das famílias de Palmas.

Publicado em

As pessoas estão cada vez mais preocupadas com a situação atual da economia. Prova disto, são as correntes quedas no endividamento das famílias de Palmas, que em junho chegou a 66,5%. Se comparado ao mês de maio deste ano, o índice registrou uma queda de 3,1%. Mas a queda é ainda mais visível quando comparado ao índice de junho de 2015, onde houve um declínio de 7,7%. Do total de famílias endividadas, 14,1% estão com contas em atraso.

 

O presidente da Fecomércio Tocantins, Itelvino Pisoni, acredita que a situação econômica tende a melhorar nos próximos meses. “A queda no endividamento é reflexo de alguns fatores, como a queda do consumo, a insegurança com a economia e principalmente, porque neste momento as pessoas estão consumindo à vista. A tendência é que os supérfluos sejam cortados das compras familiares também. Contudo com este novo quadro político, é possível que a economia comece a dar indícios de melhora e o consumidor comece a se planejar e comprar novamente”, explicou.

 

Leia Também:  Governo do Estado vai pagar servidores nesta sexta-feira, 28

O ranking do tipo das dívidas continua o mesmo do mês anterior, o cartão de crédito em primeiro lugar com 72%. Em segundo lugar estão os carnês de lojas (28,7%), seguido de financiamento de carro (25,4%).

 

O tempo médio de atraso nas dívidas segundo as famílias é de 52.8 dias. A maioria (43,8%) disse ter dívidas atrasadas entre 30 e 90 dias. Já o tempo médio de comprometimento com dívidas é de 8,5 meses, onde a maior parte (52%) tem dívidas para mais de 1 ano. O comprometimento médio da renda com dívidas é de 33,1%. Dos entrevistados que se consideram endividados, 56,1% disseram estar pouco endividados.

 

A pesquisa é realizada mensalmente pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) em parceria com a Fecomércio Tocantins. A Pesquisa de endividamento e inadimplência do consumidor entrevistou 500 palmenses, sendo os dados colhidos nos últimos dez dias do mês de maio.

 

(Ascom Fecomércio Tocantins)

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

ECONOMIA

FIETO é parceira de Projeto do TCE que capacita estudantes sobre a aplicação correta dos recursos públicos

Published

on

O Projeto TCE Cidadão na Escola, lançado nesta quinta-feira, 11/08, na Escola Padre Josimo, em Palmas, com objetivo de levar informações e orientações sobre a fiscalização de recursos públicos a estudantes tem a parceria da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO). 
 
A diretora do SENAI, Márcia Rodrigues, participou do lançamento do projeto representando o presidente da FIETO, Roberto Pires. Na ocasião a diretora, falou do orgulho da FIETO em ser parceira. “Acreditamos na pauta da educação, no desenvolvimento pela inclusão. Entendemos que educar transforma pessoas em cidadãos proativos, participantes e atuantes, mas só atuamos quando temos conhecimento e oportunidades, isso nos leva a estar alertas quanto à utilização de recursos, e estes quando bem empregados geram desenvolvimento”, ressaltou Marcia Rodrigues. 
 
Seis cidades do estado (Araguatins, Colinas, Guaraí, Gurupi, Palmas e Porto Nacional) integram o projeto que capacitará cerca de 10 mil alunos do Tocantins a serem fiscais, ou seja, estarem atentos sobre a aplicação dos recursos públicos. 
 
São parceiros do Tribunal de Contas na realização do projeto: as prefeituras das cidades participantes, por meio das respectivas secretarias municipais de Educação, a FIETO, o Sebrae/TO e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Tocantins (Fecomércio).
 
Por Aurielly Painkov

Fonte: FIETO

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Confiança do empresário recua pela segunda vez, mas permanece na zona de satisfação
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA