PALMAS

ESPORTES

Eficiente, bola parada ganha força com Patón

Publicado em

Firme na disputa pelo tetracampeonato da Libertadores da América e pelo sétimo troféu do Campeonato Brasileiro, o Tricolor conta com uma arma que tem funcionado bem e fortalecido a equipe na temporada: as bolas paradas. No dia a dia do Centro de Treinamento da Barra Funda, principalmente nas vésperas dos jogos, é comum ver o técnico Edgardo Bauza ensaiando uma série de jogadas e aprimorando as cobranças de faltas (laterais e frontais), escanteios e até laterais. E os frutos pelo trabalho do experiente comandante já são traduzidos em números.

 

Dos últimos dez gols do Tricolor em 2016, sete foram marcados em jogadas ensaiadas pelo treinador argentino – contando os de rebote de bola parada também. As últimas sete partidas da equipe contaram com gols em cobranças de bolas paradas, que foram fundamentais na classificação do clube nas quartas de final do torneio sul-americano. Diante do Atlético-MG, o São Paulo balançou as redes duas vezes desta maneira.

 

Na ida, no Morumbi, Michel Bastos aproveitou cobrança de falta para garantir a vitória dos paulistas sobre os mineiros por 1 a 0. Na volta, em Belo Horizonte, Maicon marcou o gol que deu a vaga aos visitantes no revés por 2 a 1. Dos 20 gols anotados pela equipe na competição continental, nove foram através de cobranças de bolas paradas. A eficiência neste quesito animou os são-paulinos, que valorizaram o trabalho de Patón para dar ainda mais força ao time.

Leia Também:  Santos FC empata com Ferroviária em partida adiada da décima rodada do Paulistão

 

“O Bauza mesmo fala a gente a importância de ter uma bola parada forte, porque muitas vezes isso pode decidir o jogo. Na conversa e no dia a dia, ele vai mostra o caminho certo e o que a gente tem que fazer. E, felizmente, isso vem dando resultado. As cobranças de bolas paradas podem decidir uma partida e até uma classificação. Então é importante saber aproveitar isso para ter alguma vantagem sobre os adversários”, afirmou o zagueiro Maicon.

 

Com a mesma eficiência que tem balançado as redes na Libertadores, o Tricolor também soube aproveitar as batidas no Campeonato Brasileiro. Na vitória sobre o Botafogo por 1 a 0 na rodada de abertura da competição nacional, em Volta Redonda, o jovem Lucas Fernandes cobrou falta com categoria para garantir o triunfo dos visitantes. Já no último final de semana, no Morumbi, o zagueiro Lugano testou firme para anotar o gol são-paulino após cobrança de falta diante do Internacional (1 x 2).

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

ESPORTES

Mengão vence Athletico-PR, com golaço de Pedro e garante vaga na semifinal da Copa do Brasil

Published

on

O Flamengo foi até a Arena da Baixada e venceu o Athletico-PR por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (17,08) e avançou para as semifinais da Copa do Brasil.

O gol do Mengão foi marcado por Pedro, no início do segundo tempo. Agora, o Rubro-Negro aguarda seu adversário, que sairá do confronto entre São Paulo e América-MG.

O jogo

O Flamengo começou a partida tomando a iniciativa de ficar com a bola, trocando passes no campo ofensivo. Aos seis minutos, o Mais Querido criou a primeira boa oportunidade. Arrascaeta dominou na intermediária, limpou a jogada e bateu para o gol. A bola passou por cima do travessão.

O Athletico parava o jogo com muitas faltas, dificultando a saída de bola do Fla. Na reta final da primeira etapa, o time rubro-negro voltou a crescer na partida e ocupava o campo de ataque em busca de espaços na defesa paranaense. Aos 38’, Everton Ribeiro lançou Gabigol pela direita, o atacante cruzou na área e Arrascaeta cabeceou para fora.

Aos 41’, Arrascaeta ajeitou para Gabigol soltar a bomba de canhota. Bento espalmou para escanteio. O Flamengo foi melhor na etapa inicial, porém o placar não saiu do zero.

Leia Também:  Estudantes municipais classificam para etapa estadual dos Jets 2022

O segundo tempo começou com o mesmo panorama do primeiro: o Flamengo dominando as ações e o Athletico fechado atrás esperando para descer no contra-ataque. Aos 6’, Rodinei recebeu de Everton Ribeiro e bateu cruzado. Bento deu rebote para o meio da área e Fernandinho fez o corte.

De tanto insistir, o Mengão abriu o placar com um golaço! Rodinei foi na linha de fundo e cruzou na pequena área. Pedro apareceu livre para emendar uma linda bicicleta, sem chances para o goleiro: 0 a 1.

Após o gol, o Athletico passou a sair mais para o ataque, deixando o jogo mais aberto. Aos 29’, Pedro arrancou em velocidade, ficou cara a cara com o goleiro e rolou para Gabi, que chutou na trave. Ótima oportunidade desperdiçada.

Nos minutos finais, o Athletico pressionou em busca do empate, mas o Fla conseguiu se segurar e saiu de campo com a vitória e a classificação garantida para a semifinal.

Próximo compromisso

O Mais Querido volta a campo no domingo (21) para enfrentar o Palmeiras, às 16h, no Allianz Parque, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Leia Também:  Gurupi derrota Interporto e fica perto da semifinal

FICHA TÉCNICA: 

ATHLETICO-PR 0 x 1 FLAMENGO

Competição: Copa do Brasil – jogo de volta das quartas de final

Data e hora: 17 de agosto de 2022 (quarta-feira), às 21h30 (de Brasília)

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Neuza Ines Back (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Cartões amarelos: Terans, Fernandinho, Hugo Moura (ATH); João Gomes (FLA) Gol: Pedro, aos 11 minutos do primeiro tempo (FLA)

ATHLETICO: Bento; Matheus Felipe (Cuello), Thiago Heleno e Pedro Henrique; Khellven, Erick, Hugo Moura (Vitor Bueno), Fernandinho e Abner; Terans (Vitinho) e Pablo (Canobbio). Técnico: Luiz Felipe Scolari

FLAMENGO: Santos, Rodinei, Fabrício Bruno, Léo Pereira e Filipe Luís; João Gomes, Vidal (Victor Hugo), Arrascaeta (Diego) e Everton Ribeiro (Pablo); Gabigol (Everton Cebolinha) e Pedro (Lázaro). Técnico: Dorival Júnior.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA