PALMAS

ESPORTES

Galo vence o Botafogo e assume liderança

Publicado em

O Galo venceu o Botafogo por 1 a 0, na noite deste domingo, 17, no estádio Nilton Santos, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol marcado pelo argentino Matias Zaracho garantiu o triunfo do Alvinegro e a liderança da competição, com 31 pontos.

Na pior das hipóteses, o Atlético terminará a rodada na segunda colocação, já que o Palmeiras, que possui 30 pontos, enfrentará o Cuiabá nesta segunda-feira, em São Paulo.

Invicto há sete rodadas no Brasileirão, o Galo terá o Cuiabá como próximo desafio na luta pelo tricampeonato brasileiro, quinta-feira, 21, na capital sul-mato-grossense.

O jogo
As equipes iniciaram a partida com forte marcação e buscando sair em velocidade. O Botafogo adiantou seus jogadores para pressionar o Galo ainda em seu campo de defesa.

A primeira grande oportunidade do Galo surgiu aos 13 minutos. Após cobrança de falta, Igor Rabelo recebeu dentro da área e bateu cruzado. Vargas chegou para completar e no bate rebate dentro da pequena área, a defesa do Botafogo afastou.

Na marca dos 25 minutos, o Botafogo levou perigo em cobrança de falta. Lucas Fernandes buscou o ângulo direto de Everson, mas a bola saiu à direita da meta.

Leia Também:  Grêmio se reapresenta e Roger comanda treino focado no clássico de sábado

Três minutos depois, Kanu roubou a bola no meio de campo e puxou contra-ataque rápido. Erison cruzou rasteiro, tentando encontrar Kanu, mas Alonso chegou antes e mandou pela linha de fundo.

Na melhor chance atleticana da primeira etapa, Mariano cruzou na área para Zaracho, que cabeceou no travessão.

Segundo tempo

O Galo voltou mais ofensivo para a segunda etapa. Logo aos dois minutos, Mariano encontrou Nacho sozinho na pequena área. O argentino finalizou de primeira por cima da meta.

Goool! Aos nove minutos Arana dividiu com Sauer e a bola sobrou para Zaracho. O meia bateu sem ângulo e encobriu Douglas Borges.

A equipe carioca tentou dar o troco dois minutos depois. Erison cruzou da esquerda e Everson espalmou para o meio da área. Tchê Tchê chegou para finalizou, mas Allan apareceu para bloquear o chute.

Aos 37 minutos, Keno jogou por entre as pernas de Saravia e tentou tabela com Hulk, mas Philipe Sampaio chegou antes para interceptar.

No último lance da partida, Hulk cobrou falta no travessão, Ademir pegou o rebote e sofreu pênalti indiscutível. Na continuação da jogada, Keno mandou a bola para o gol. O gol foi anulado pelo árbitro Raphael Claus, que marcou impedimento de Keno no lance e simplesmente ignorou a penalidade absolutamente clara sobre Ademir, mesmo após consulta ao VAR.

Leia Também:  Corinthians empata com o Boca Juniors-ARG no primeiro jogo das oitavas de final da CONMEBOL Libertadores

fonte: https://atletico.com.br/galo-vence-botafogo-e-assume-lideranca/

COMENTE ABAIXO:

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

ESPORTES

Mengão vence Athletico-PR, com golaço de Pedro e garante vaga na semifinal da Copa do Brasil

Published

on

O Flamengo foi até a Arena da Baixada e venceu o Athletico-PR por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (17,08) e avançou para as semifinais da Copa do Brasil.

O gol do Mengão foi marcado por Pedro, no início do segundo tempo. Agora, o Rubro-Negro aguarda seu adversário, que sairá do confronto entre São Paulo e América-MG.

O jogo

O Flamengo começou a partida tomando a iniciativa de ficar com a bola, trocando passes no campo ofensivo. Aos seis minutos, o Mais Querido criou a primeira boa oportunidade. Arrascaeta dominou na intermediária, limpou a jogada e bateu para o gol. A bola passou por cima do travessão.

O Athletico parava o jogo com muitas faltas, dificultando a saída de bola do Fla. Na reta final da primeira etapa, o time rubro-negro voltou a crescer na partida e ocupava o campo de ataque em busca de espaços na defesa paranaense. Aos 38’, Everton Ribeiro lançou Gabigol pela direita, o atacante cruzou na área e Arrascaeta cabeceou para fora.

Aos 41’, Arrascaeta ajeitou para Gabigol soltar a bomba de canhota. Bento espalmou para escanteio. O Flamengo foi melhor na etapa inicial, porém o placar não saiu do zero.

Leia Também:  Timão inicia preparação para encarar Goiás

O segundo tempo começou com o mesmo panorama do primeiro: o Flamengo dominando as ações e o Athletico fechado atrás esperando para descer no contra-ataque. Aos 6’, Rodinei recebeu de Everton Ribeiro e bateu cruzado. Bento deu rebote para o meio da área e Fernandinho fez o corte.

De tanto insistir, o Mengão abriu o placar com um golaço! Rodinei foi na linha de fundo e cruzou na pequena área. Pedro apareceu livre para emendar uma linda bicicleta, sem chances para o goleiro: 0 a 1.

Após o gol, o Athletico passou a sair mais para o ataque, deixando o jogo mais aberto. Aos 29’, Pedro arrancou em velocidade, ficou cara a cara com o goleiro e rolou para Gabi, que chutou na trave. Ótima oportunidade desperdiçada.

Nos minutos finais, o Athletico pressionou em busca do empate, mas o Fla conseguiu se segurar e saiu de campo com a vitória e a classificação garantida para a semifinal.

Próximo compromisso

O Mais Querido volta a campo no domingo (21) para enfrentar o Palmeiras, às 16h, no Allianz Parque, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Leia Também:  Avenida Palmas Brasil recebe luzes e pintura verde-amarela durante a Copa do Mundo da Rússia

FICHA TÉCNICA: 

ATHLETICO-PR 0 x 1 FLAMENGO

Competição: Copa do Brasil – jogo de volta das quartas de final

Data e hora: 17 de agosto de 2022 (quarta-feira), às 21h30 (de Brasília)

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Neuza Ines Back (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Cartões amarelos: Terans, Fernandinho, Hugo Moura (ATH); João Gomes (FLA) Gol: Pedro, aos 11 minutos do primeiro tempo (FLA)

ATHLETICO: Bento; Matheus Felipe (Cuello), Thiago Heleno e Pedro Henrique; Khellven, Erick, Hugo Moura (Vitor Bueno), Fernandinho e Abner; Terans (Vitinho) e Pablo (Canobbio). Técnico: Luiz Felipe Scolari

FLAMENGO: Santos, Rodinei, Fabrício Bruno, Léo Pereira e Filipe Luís; João Gomes, Vidal (Victor Hugo), Arrascaeta (Diego) e Everton Ribeiro (Pablo); Gabigol (Everton Cebolinha) e Pedro (Lázaro). Técnico: Dorival Júnior.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA