PALMAS

Estado

Defesa Civil alerta para baixa umidade relativa do ar nos meses de férias

Com a chegada do período de férias, os tocantinenses precisam estar atentos aos longos períodos de exposição ao sol, como também às doenças respiratórias e desidratação.

Publicado em

Com a intensificação do período de estiagem em decorrência das alterações climáticas identificadas desde o início do ano na Sala de Situação do Centro de Monitoramento, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, orienta a todos para os baixos índices da umidade relativa do ar. Com a chegada do período de férias, os tocantinenses precisam estar atentos aos longos períodos de exposição ao sol, como também às doenças respiratórias e desidratação.

 

Sobre os comparativos dos aumentos de focos de calor, o Tocantins teve um aumento de 34,7% em relação ao mesmo período no ano passado. Os dados colocam o Estado em terceiro lugar no ranking de maiores registros de focos de calor, perdendo apenas para Mato Grosso e Roraima.  Já entre os municípios tocantinenses, Ponte Alta do Tocantins, Caseara e Lagoa da Confusão registraram um aumento de 209,1%, 136% e 127%, respectivamente. A Capital Palmas está em 29º lugar nos municípios do Estado com maiores registros de focos de calor.

 

Segundo meteorologista José Luís Cabral, do Núcleo Estadual de Meteorologia (NEMET) da Universidade do Tocantins (Unitins), existe uma grande massa de ar quente e seca cobrindo toda a região central do País, abrangendo também o estado do Tocantins. A massa de ar é responsável pelo aumento da temperatura acima do esperado como também na baixa umidade relativa do ar. “Esta semana identificamos temperatura de 35 graus no Estado e umidade relativa de 14% no município de Paranã, Sudeste do Tocantins. A população precisa estar alerta porque não temos previsão de chuvas”, ressaltou.

Leia Também:  Governo encerra negociações com servidores, MUSME decide manter a greve

 

Orientações

A Defesa Civil Estadual informa que o tempo seco aumenta o risco de incêndios florestais. Com isso recomenda-se à população, não fazer fogueiras e também não jogar pontas de cigarros para fora dos veículos. Além disso, os motoristas que trafegarem por regiões sujeitas a incêndios deverão ter atenção redobrada devido à visibilidade reduzida pela fumaça. Para a população em geral, não colocar fogo em folhas ou galhos secos e principalmente nos terrenos baldios.

 

A Defesa Civil Estadual orienta a todos que durante o período de estiagem, onde há aumento da temperatura e baixa Umidade Relativa do Ar (UR%), estando o valor mínimo da UR%:

 

Até 30% – Observação;

Entre 30% e 20% – Estado de Atenção;

Entre 20% e 12% – Estado de Alerta;

Abaixo de 12% – Situação de Emergência.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Estado

Estado do Tocantins garante liberação imediata de R$ 50 milhões com o BRB para nova ponte de Porto Nacional

Published

on

Já estão disponíveis os recursos no valor de R$ 50 milhões, que foram liberados pelo Banco de Brasília (BRB) ao Estado do Tocantins para continuidade das obras na ponte em Porto Nacional. A liberação ocorreu mediante a apresentação de toda a documentação exigida referente à medição das obras por parte da comitiva do Tocantins ao BRB, nessa terça-feira, 16, em Brasília (DF), na sede do banco.

O secretário de Estado da Fazenda (Sefaz), Júlio Edstron, explica que a liberação de recursos como este pleiteado com o BRB é um processo. “Fizemos a medição e entregamos toda a documentação. As obras não foram paralisadas e seguirão o fluxo normal, viabilizadas pelo aporte repassado por nosso parceiro financeiro”, explicou o gestor da pasta, presente durante a reunião juntamente com o secretário de Estado da Administração (Secad), Paulo César Benfica.

O último ponto debatido foi a experiência do BRB na efetivação de projetos sociais em Brasília. O banco demonstrou o seu interesse em estabelecer parcerias nessa área com o Estado do Tocantins, com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento local e regional. O presidente do BRB, Paulo Henrique Bezerra Rodrigues Costa, informou que o banco já cumpriu todas as exigências jurídicas para operar e abrir agências no Tocantins, criando, dessa forma, mais empregos e oportunidades.

Leia Também:  Presidente do TCE chama atenção para perdas de R$ 300 milhões de recursos públicos

Parceria

O BRB é parceiro do Estado do Tocantins desde que foi assinado o primeiro contrato para viabilizar recursos para aplicação na obra na ponte em Porto Nacional. A primeira ponte sobre o Rio Tocantins foi construída na década de 70 e, depois de 40 anos, passou por interdições por conta da sua estrutura que necessitava de reparos e manutenção. Então, no ano de 2019, foi assinada a Ordem de Serviço para construção de uma nova ponte, que fica ao lado da antiga, visando trazer melhorias e seguridade no trânsito em uma das vias mais importantes do Estado, sobretudo para o escoamento da produção agropecuária.

A construção da nova ponte foi iniciada com receita própria do Estado do Tocantins e, com a assinatura com o BRB para liberação de R$ 149 milhões em convênio, foi possível dar celeridade aos serviços. As obras estão em andamento, ocorrendo dentro do calendário previsto pelo Estado e, desde o início da obra, já foram gerados centenas de empregos temporários envolvendo trabalhadores na construção da ponte.

Leia Também:  Eduardo Gomes destaca criação da UFNT e afirma que ela “já nasce forte”

A ponte terá 1.488 metros de extensão, com mais de 20 pilares, sendo pelo menos 15 de fundação submersa. A via liga a cidade de Porto Nacional ao município de Fátima e a outras localidades do Tocantins.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA