PALMAS

COMO AGROTINS

Eventos culturais e de negócios fomentam o turismo e impactam de forma positiva a economia

Publicado em

Estado

Com a movimentação da 22ª edição da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins 2022), os setores de oferta de serviços e o comércio em geral da Capital também se beneficiam com a maior demanda ao longo da semana. A feira realizada pelo Governo do Tocantins ocorre até o sábado, 14, na estrutura montada no Parque Agrotecnológico do Tocantins, na rodovia TO-050, saída para Porto Nacional, e tem como tema central Integrar: Intensificar e Preservar.

No setor hoteleiro, segundo o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Tocantins (ABIH/TO), Marcos Koche, a realização da Agrotins gera uma taxa de ocupação elevada por muitos dias, com a presença de expositores e visitantes da feira. “O aumento é muito expressivo, ainda mais para o setor que está saindo de uma pandemia onde vários hotéis fecharam, alguns até permanentemente, outros fecharam por três meses e, por seis meses, operaram com prejuízo. Estamos muito felizes com o retorno da feira presencial”, afirma o presidente da ABIH/TO.

Marcos Koche ainda afirma que, com a feira ampliando a programação e trazendo atrações culturais, além das novidades agro e tecnológicas, o impacto deve ser mais positivo. “O participante da Agrotins vem em busca de conhecimento e negócios. Quando aliamos isso a atrações turísticas e culturais, verificamos que as hospedagens se estendem. A implementação de eventos artísticos trouxe uma permanência por mais tempo ainda, o que reflete diretamente na hotelaria, nos restaurantes e em todo o trade, de pessoas ligadas direta e indiretamente com a feira”, ressalta.

Turismo e negócios

Por ser considerada a maior feira agrotecnológica da região Norte do país, o presidente da ABIH no Tocantins indica que a Agrotins impacta em todo o trade turístico da Capital e dos arredores, além de trazer um fluxo de pessoas em busca de diferentes serviços e produtos, que incrementam no faturamento das empresas, renda de autônomos e até nos impostos públicos. “O foco é o agro, mas, muitas vezes, eventos corporativos são necessários para trazer pessoas até um local, para que, então, se descubra o potencial não só turístico, mas até mesmo o potencial de negócios de todo o Tocantins”, afirma Marcos Koche.

Leia Também:  Governo do Estado decreta ponto facultativo nesta sexta, dia 03

Segundo o consultor e presidente do Conselho Empresarial de Turismo da Federação do Comércio no Tocantins (Cetur/Fecomércio), Marcelo Perim, o setor do turismo é o primeiro a sentir o aumento do fluxo com eventos de porte como a Agrotins. “Esse fluxo inicia antes mesmo do evento em si, pois passagens aéreas, reservas em hotéis e locadoras de veículos normalmente são adquiridas antecipadamente. A Agrotins é um grande fomentador de negócios, pois atrai expositores de diversas regiões com interesse em vender tecnologia, produtos e equipamentos para o setor do agro, fazendo girar a engrenagem do turismo de negócios”, destaca.

Comércio e setor alimentício

Com o mesmo pensamento, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Palmas, Silvan Marcos Portilho, afirma que um evento que tem as proporções da Agrotins sempre é bom para aumentar o faturamento do comércio. “Traz uma movimentação bastante positiva. É isso que o comércio espera, especialmente, para aqueles comerciantes, aqueles lojistas que estão na Agrotins vendendo seus produtos e oferecendo seus serviços”, declara.

A presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Tocantins (Abrasel), Ana Paula Setti, afirma que também é percebida uma movimentação no segmento alimentício, entretanto, essa procura ocorre, especialmente, no período noturno, quando se finaliza a programação diária da feira. “A expectativa é de que, após as programações diárias, haja uma movimentação em um percentual razoável, como percebemos em outras edições presenciais da Agrotins”, explica.

Leia Também:  Começa prazo de 15 dias para Carlesse apresentar defesa contra impeachment

Agrotins

Esta edição da Agrotins 2022 espera reunir cerca de 120 mil visitantes e movimentar cerca de R$ 2 bilhões em volume de negócios. A feira tem estandes, vitrines e pavilhões com palestras, minicursos, rodas de conversa e exposição de pesquisas, projetos e tecnologias e comercialização dos produtos, além de uma rádio exclusiva com programação de entrevistas, destaques e informações sobre o evento, todos os dias. A estrutura ainda conta com estacionamento amplo, banheiros, restaurante e lanchonetes.

A feira é uma realização do Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapt) e da Tocantins Parcerias, em conjunto com empresas, instituições e órgãos públicos, de pesquisas e educacionais, entre outras.

Eventos, como a Agrotins, aquecem diversos setores da economia e dão visibilidade aos atrativos turísticos do Tocantins – Divulgação/Governo do Tocantins

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estado

Governo do Tocantins assina Ordem de Serviço de R$ 46,9 milhões para restauração da Transcolinas

Publicados

em

O Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), assinou neste sábado, 21, a Ordem de Serviço para restruturação da TO-335, conhecida como Transcolinas, localizada no município de Colinas do Tocantins. Serão mais de 70 km de recapeamento asfáltico que mudarão a realidade da rodovia estadual.

Durante a cerimônia de assinatura, o governador Wanderlei Barbosa destacou que a restauração vai garantir um melhor fluxo na TO-335 facilitando o trânsito de moradores e produtores rurais. “A TO-335 é uma prioridade; no período da colheita o fluxo fica muito intenso e para escoamento da produção agropecuária essa via é muito importante. Assim, essa obra vai facilitar o tráfego dos veículos de passeio e de carga”, ressaltou o Governador.

A Ordem de Serviço é orçada em R$ 46,9 milhões e a rodovia passará por reciclagem e incorporação do asfalto velho para compor a nova base para reconstrução de uma nova capa asfáltica, bem como novos dispositivos de drenagem superficial para escoamento da água das chuvas pista.

O trecho da TO-335 que receberá as obras interliga Colinas e o entroncamento com a TO-010, em Palmeirante. Além disso, a via vai em direção ao Terminal da VLI e dá acesso à BR-153.

Leia Também:  Wanderlei destrava processos que visam melhorar a infraestrutura e alavancar a economia do Estado

O presidente da Ageto, Márcio Pinheiro, ressaltou que a Ordem de Serviço atende uma via de grande importância para a região. “Essa é a primeira Ordem de Serviço para restaurar vias e o Governo do Tocantins decidiu começar por Colinas. Estamos lutando para dar trafegabilidade para os condutores que passam pelo nosso Estado, utilizando recursos públicos para benefício de toda a população do Tocantins. Queremos que quem trafegue por nossas estradas sinta orgulho das vias tocantinenses”, afirmou Márcio Pinheiro.

O prefeito de Colinas, Dr. Kasarin, comemorou a assinatura da Ordem de Serviço e ressaltou que a recuperação da TO-335, vai valorizar e tranquilizar centenas de transportadoras e caminhoneiros que usam a rodovia para descarregar sua produção, proveniente de estados como Pará e Mato Grosso e que passam por Colinas, gerando mais emprego e renda para a cidade.

Participaram também da assinatura da Ordem de Serviço, em Colinas do Tocantins, prefeitos de cidades da região; gestores estaduais, empresários, deputados estaduais, federais e membros da comunidade.

TO-335 interliga Colinas a Palmeirante, além de outras cidades da região à BR-153 – Antonio Gonçalves/Governo do Tocantins

Leia Também:  Justiça Eleitoral cassa diplomas da prefeita de Gurupi Josi Nunes e do vice Gleydson Nato

Ordem de Serviço é orçada em R$ 46,9 milhões e a rodovia passará por reciclagem e incorporação do asfalto velho para compor a nova base, reconstrução de uma nova capa asfáltica e novos dispositivos de drenagem superficial – Antonio Gonçalves/Governo do Tocantins

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA