PALMAS

Estado

Ministro garante andamento de obras de infraestrutura do Tocantins

O ministro Maurício Quintella reconheceu a importância estratégica do Tocantins para a infraestrutura logística nacional .

Publicado em

O Governo do Estado tem buscado, com o governo federal, agilidade na construção de importantes obras de infraestrutura para o Tocantins. Nesta quarta-feira, 15, o governador Marcelo Miranda se reuniu com o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella e sua equipe técnica, para tratar das obras de três aeroportos e de rodovias federais que passam pelo Tocantins.

 

Marcelo Miranda pediu a priorização dessas obras nesse novo momento de gestão do governo federal. O ministro reconheceu a importância estratégica do Tocantins para a infraestrutura logística nacional e garantiu a continuidade e a agilidade nos processos relativos às obras que já estão em andamento. Maurício Quintella afirmou que o Tocantins tem portas abertas no Ministério dos Transportes.

 

“O Tocantins é um estado central no país, com grande produção agrícola e por onde passa grande parte das riquezas nacionais. É fundamental que a estrutura avance em aeroportos, portos, estradas e ferrovias. O governador Marcelo Miranda tem as portas abertas no Ministério dos Transportes e, hoje, nós discutimos com as equipes como podemos avançar”, afirmou o ministro Maurício Quintella.

Leia Também:  Sancionada lei que transforma Unitins em autarquia

 

O governador Marcelo Miranda estava acompanhado do chefe do Escritório de Representação em Brasília, Renato de Assunção; do secretário de Estado da Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos, Sérgio Leão; e dos deputados federais Josi Nunes e Lázaro Botelho. “O ministro nos deu a certeza de que estamos apresentando bons projetos estruturantes para o Tocantins. A presença da bancada federal aqui, hoje, independentemente da cor partidária, reforça que o nosso intuito, acima de tudo, é fazer avançar esses projetos”, destacou o governador.

 

Aviação Regional

A ampliação da rede de aeroportos no Tocantins faz parte do Programa de Aviação Regional, criado pelo governo federal, com o objetivo de dotar o Brasil de uma rede de aeroportos regionais operando a preços competitivos. O Tocantins será contemplado com a ampliação e a reforma dos aeroportos de Gurupi e Araguaína, bem como com a construção de um aeroporto em Mateiros, para atender a demanda turística da região do Jalapão.

 

O projeto de Araguaína caminha para a etapa de licitação das obras de adequações na pista, que permitirá a operação de voos de maior porte. Gurupi possui um projeto pronto em fase de estudos para a construção de uma nova pista e a ampliação do terminal de passageiros. Para Mateiros, o projeto está em fase de elaboração e o ministério informou que uma companhia área já manifestou formalmente o interesse de operar voos diretos para o local.

Leia Também:  Governador Wanderlei assina ordem de serviço para obras em Crixás

 

Rodovias do Tocantins

O governador Marcelo Miranda aproveitou a oportunidade para reforçar os pedidos para andamento nas obras pendentes em rodovias do Estado: a duplicação da BR-153, no trecho que liga Aliança à Anápolis; a duplicação da BR-010, no trecho entre Aparecida do Rio Negro e Goiatins; a construção da BR-242, conhecida como Transbananal, que ligará o Tocantins ao estado do Mato Grosso; e o início das obras na ponte de Xambioá. Todas essas obras já têm projetos em andamento no Ministério, em diferentes etapas, algumas com recursos já garantidos.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Estado

Estado do Tocantins garante liberação imediata de R$ 50 milhões com o BRB para nova ponte de Porto Nacional

Published

on

Já estão disponíveis os recursos no valor de R$ 50 milhões, que foram liberados pelo Banco de Brasília (BRB) ao Estado do Tocantins para continuidade das obras na ponte em Porto Nacional. A liberação ocorreu mediante a apresentação de toda a documentação exigida referente à medição das obras por parte da comitiva do Tocantins ao BRB, nessa terça-feira, 16, em Brasília (DF), na sede do banco.

O secretário de Estado da Fazenda (Sefaz), Júlio Edstron, explica que a liberação de recursos como este pleiteado com o BRB é um processo. “Fizemos a medição e entregamos toda a documentação. As obras não foram paralisadas e seguirão o fluxo normal, viabilizadas pelo aporte repassado por nosso parceiro financeiro”, explicou o gestor da pasta, presente durante a reunião juntamente com o secretário de Estado da Administração (Secad), Paulo César Benfica.

O último ponto debatido foi a experiência do BRB na efetivação de projetos sociais em Brasília. O banco demonstrou o seu interesse em estabelecer parcerias nessa área com o Estado do Tocantins, com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento local e regional. O presidente do BRB, Paulo Henrique Bezerra Rodrigues Costa, informou que o banco já cumpriu todas as exigências jurídicas para operar e abrir agências no Tocantins, criando, dessa forma, mais empregos e oportunidades.

Leia Também:  Governador recebe empresários de piscicultura para reunião

Parceria

O BRB é parceiro do Estado do Tocantins desde que foi assinado o primeiro contrato para viabilizar recursos para aplicação na obra na ponte em Porto Nacional. A primeira ponte sobre o Rio Tocantins foi construída na década de 70 e, depois de 40 anos, passou por interdições por conta da sua estrutura que necessitava de reparos e manutenção. Então, no ano de 2019, foi assinada a Ordem de Serviço para construção de uma nova ponte, que fica ao lado da antiga, visando trazer melhorias e seguridade no trânsito em uma das vias mais importantes do Estado, sobretudo para o escoamento da produção agropecuária.

A construção da nova ponte foi iniciada com receita própria do Estado do Tocantins e, com a assinatura com o BRB para liberação de R$ 149 milhões em convênio, foi possível dar celeridade aos serviços. As obras estão em andamento, ocorrendo dentro do calendário previsto pelo Estado e, desde o início da obra, já foram gerados centenas de empregos temporários envolvendo trabalhadores na construção da ponte.

Leia Também:  Concurso para promotor julgamento de recursos marcado para dia 23

A ponte terá 1.488 metros de extensão, com mais de 20 pilares, sendo pelo menos 15 de fundação submersa. A via liga a cidade de Porto Nacional ao município de Fátima e a outras localidades do Tocantins.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA