PALMAS

Estado

Saúde designa equipes para visita a todos hospitais do estado

Atendendo a determinação do governador, equipes da Saúde estiveram em todos os 18 hospitais públicos do Estado verificando a situação geral e repassando orientações.

Publicado em

Atendendo a determinação do governador Marcelo Miranda de priorizar a Saúde, equipes da Secretaria de Estado da Saúde, coordenados pelos superintendentes da pasta, estiveram em todos os 18 hospitais públicos do Estado verificando a situação geral do novo modelo de governança e repassando orientações aos profissionais e gestores.Outro importante objetivo da visita, por ordem do governador, foi avaliar a execução dos serviços de alimentação, limpeza e lavanderia oferecidos aos pacientes internados nos hospitais.

 

As visitas tiveram início na sexta-feira, 2, seguiram até esta segunda-feira, 5, e acontecem por conta da publicação do Decreto N 5.495, por meio do qual o Estado assumiu temporariamente os serviços de alimentação, limpeza e lavanderia nos hospitais, requisitando administrativamente os equipamentos, materiais, utensílios e insumos que eram mantidos sob titularidade ou uso da empresa que até então era responsável pelos serviços.

 

Na sexta-feira, as primeiras unidades a receberem a equipe da Saúde foram o Hospital Regional de Guaraí (HRG), Hospital Regional de Araguaçu (HRA), Hospital Regional de Paraíso (HRP), Hospital Regional de Gurupi (HRG) e o Hospital Regional de Alvorada (HRA). Na ocasião, as equipes percorreram os setores, conversaram com profissionais e com diretores e tranquilizaram pacientes e acompanhantes quanto à prestação de serviço nos hospitais.

 

“Foi uma visita muito boa que nos deixou bastante esperançosos para as  melhorias futuras. A equipe esclareceu dúvidas sobre esse novo período em  que assumimos os serviços no hospitais e também puderam presenciar  nossa realidade, conhecendo os anseios, o que nos dá uma perspectiva boa para os próximos dias na Saúde”, disse o diretor geral do Hospital de Araguaçu, Rui Barboza Rodrigues.

 

A superintendente de Licitação da Saúde, Kássia Pinheiro Koelln, que esteve no Hospital de Paraíso destacou que o trabalho de ir até as unidades tem sido de grande importância para a gestão. “Aproveitamos a oportunidade para avaliar os déficits e focar nos avanços da saúde para a população”, disse.

 

Sábado

No sábado foi a vez dos hospitais de Arapoema, Miracema, Pedro Afonso, Augústinópolis, Xambioá, Hospital e Maternidade Dona Regina (HMDR) e Hospital Infantil de Palmas (HIP) receberem a visita. O secretário de estado da Saúde, Marcos Musafir, esteve pessoalmente nos hospitais da região do Bico do Papagaio.

Leia Também:  Sebrae Tocantins vai promover palestras durante a Agrotins 2019

 

“Dividimos equipes e visitamos simultaneamente os 18 hospitais do Estado e a repercussão desta governança é positiva, padronizando orientações que foram levadas aos membros da direção e profissionais de saúde. Percebemos que temos muitas coisas a fazer, mas que muitos avanços também já ocorreram e o objetivo do governo é aproveitar essa oportunidade para redimensionar recursos humanos, cuidar bem da alimentação de cada paciente, dos acompanhantes bem como da higienização e rouparia. Nós tivemos a oportunidade de verificar situações que podemos rapidamente solucionar com a parceria dos diretores e nas quais todos unidos, com seriedade e transparência e foco no paciente, alcançaremos os resultados determinados no plano de saúde da secretaria”, disse o secretário Marcos Musafir.

 

A diretora geral do Hospital de Arapoema, Fabiana Eliza Andrade Becalli, disse que a visita da equipe tem muita importância para a unidade. “Nestes 14 anos que trabalho neste hospital nunca veio um secretário de Estado da Saúde conhecer a nossa realidade e ver que aqui existem profissionais  competentes para ofertar o melhor atendimento à população.Foi muito valioso este momento para fortalecer ainda mais nosso trabalho”, disse, entusiasmada.

 

Domingo

No domingo, as equipes estiveram no Hospital Regional Dianópolis (HRD), Regional de Araguaína, nos hospitais de Porto Nacional, o Regional e no Tia Dedé, e no Hospital Geral de Palmas (HGP).

 

O servidor do setor de Recursos Humanos do Hospital de Araguaína, Adilson Lopes, disse que é perceptível o esforço do Governo do Estado em resolver a situação da saúde. “A gente percebe que há uma preocupação real do governo em prestar um melhor serviço à população desta região”, destacou.

 

No HRA, o secretário Musafir reforçou que a prioridade é o paciente e que a alimentação está mantida em todas as unidades. “Tudo o que se faz na saúde tem que convergir para o melhor atendimento ao paciente, pois quando olhamos para o usuário não erramos, fazemos o melhor e essa é a obrigação do profissional de saúde e para isso contamos com a maravilhosa e capacitada equipe da secretaria e dos hospitais que trabalhou durante todo o final de semana com os objetivos determinados”, disse o secretário.

Leia Também:  Tocantins chega a marca de 350 mortes causadas pelo novo coronavírus

 

Nesta segunda-feira, a equipe da secretaria esteve no Hospital Regional de Arraias (HRA) e percorrendo os setores puderam conversar com os profissionais que atuam na unidade. De acordo com o diretor geral do HRA, Pedro de Abreu Junior, “a visita foi importante no sentido de orientar os gestores sobre determinados procedimentos a serem tomados e para que os profissionais da secretaria se certificassem que na unidade o paciente está sendo atendido integralmente”.

 

No próximo dia 14 acontece a reunião mensal com os diretores dos hospitais, ocasião em que será feito um balanço das visitas. “Percebemos que os diretores estão se sentindo motivados, comprometidos e reconhecem que o esforço unido irá possibilitar cada vez mais um melhor atendimento a população. Também pudemos perceber que muitos hospitais já estão com o novo modelo de governança em operação”, lembrou Musafir. 

 

Licitação

O Decreto N° 5.495 por meio do qual o Estado assume temporariamente os serviços nos hospitais requisitando administrativamente os equipamentos, materiais, utensílios e insumos que eram mantidos sob titularidade ou uso da empresa que até então era responsável pela alimentação, limpeza e lavanderia tem validade de 30 dias podendo ser prorrogado por igual período. Enquanto isso, a Secretaria de Estado da Saúde já trabalha na licitação para contratação de empresas que assumam esses serviços nos hospitais públicos.

 

“A meta é que o edital de licitação seja publicado neste mês. Com a contratação feita de forma transparente e dentro da legalidade, a secretaria pretende restabelecer a normalidade destes serviços nas unidades, assim como determina o governador Marcelo Miranda”, reforçou o secretário.

 

 

 

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Estado

Ação inédita da Serasa oferece negociação de dívidas com parcelamento sem juros, para 1,25 milhão de débitos no Norte

Published

on

Em parceria com 45 empresas, a ação oferece condições especiais, durante todo o mês de agosto

Em função do cenário econômico e o aumento do endividamento das famílias brasileiras, a Serasa se juntou a 45 outras empresas de diversos setores para buscar soluções para auxiliar o consumidor a renegociar suas dívidas. Por meio dessa parceria, o Serasa Limpa Nome irá disponibilizar, durante todo o mês de agosto, mais de 80 milhões de débitos para renegociação, no país, em até 36 vezes sem juros, sendo 1.254.375 na região Norte.

No Pará, estão sendo disponibilizados 565.528. No Amazonas, 300.943; no Tocantins, 107.667; em Rondônia, 93.584; no Amapá, 74.307; no Acre, 72.807; e, em Roraima, 39.539.

As negociações podem ser realizadas pelos canais digitais da Serasa e presencialmente nas mais de 6 mil agências dos Correios distribuídas pelo país. Além das condições especiais de parcelamento, o consumidor pode ainda encontrar os tradicionais descontos de até 90%, sempre oferecidos pelo Serasa Limpa Nome, maior plataforma de renegociação de dívidas do país.

Leia Também:  Governador Wanderlei assina promoções de 734 policiais militares

A ação surgiu depois de a Serasa realizar uma pesquisa que ouviu 2.645 endividados de todo o país. O levantamento mostrou que descontos e parcelamentos sem juros são os maiores motivadores para o consumidor quitar suas dívidas. “É a maior ação de negociação com parcelamento sem juros já realizada no Brasil”, diz Ignacio Dameno, diretor do Serasa Limpa Nome.

Para Aline Maciel, gerente do Serasa Limpa Nome, essa é uma solução buscada pelas empresas para que os brasileiros endividados possam recuperar o poder de compra sem impactar a renda mensal. “Quando um inadimplente renegocia o débito, a dívida sai do seu nome logo após pagar a primeira parcela, o que o auxilia a retomar crédito”, explica Aline. “A ação foi a maneira que as empresas envolvidas encontraram para conter a alta da inadimplência”, complementa.

Empresas participantes: Claro; Ativos; Atlântico; Banco BMG; Banco Digio; Banco Digio; Banco Inter; Banco Losango; Banco Neon; Boticário; Bradescard; Bradesco; Bradesco Financiamentos; BTG +; Carrefour; Crediativos; Credsystem; Digio; DmCard; Eudora; FortBrasil; Grupo Tracker; Havan; Hoepers; Intacto; Ipanema; Itapeva; Itau; MGW Ativos; Money Plus; Multi Crédito; Nalin; Net; Nextel; Recovery; Renner; Riachuelo; Santander; Sascar; Sicoob; Sorocred; Uze; Via Varejo; VoxCred; Zema.

Leia Também:  Governador Marcelo Miranda reúne equipe de trabalho no Palácio Araguaia

A Serasa reforça que as ofertas disponíveis na Ação de Parcelamento não aplicam juros sobre o acordo de parcelamento, mas a dívida negociada pode conter os juros de atraso do pagamento.  As negociações pelas agências dos Correios que oferecem as condições e os descontos especiais da campanha podem ser realizas mediante o pagamento de uma taxa de R$3,60.

O consumidor pode conferir se tem parcelas sem juros disponíveis por meio dos canais oficiais da Serasa: site serasalimpanome.com.br; App Serasa no Google Play e App Store; ligação gratuita 0800 591 1222; e WhatsApp 11 99575–2096.

Sobre a Serasa
Com o propósito de revolucionar o acesso ao crédito no Brasil, a Serasa oferece um ecossistema completo voltado para a melhoria da saúde financeira da população com produtos e serviços digitais.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA