PALMAS

Estado

Sistema socioeducativo reforça formação sobre regimento interno

Objetivo é qualificar os servidores do Sistema em todo o Estado, alinhando conceitos, estratégias, normas e procedimentos previstos nos instrumentos legais que regulam o atendimento socioeducativo, com base no regimento interno.

Publicado em

Os servidores do Sistema Socioeducativo do Estado do Tocantins passarão por mais uma formação profissional nas duas próximas semanas. Equipes técnicas da Diretoria de Proteção dos Direitos da Criança e do Adolescente, da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), irão a todas as unidades neste mês de julho, a partir desta terça-feira, 12, para apresentar o Regimento Interno do Sistema Socioeducativo do Estado, aprovado em dezembro de 2015.

 

A formação iniciará na Região Norte do Estado, por Araguaína, entre os dias 12 e 14 de julho; e, posteriormente, em Santa Fé do Araguaia, nos dias 15 e 16. Seu principal objetivo é qualificar os servidores do Sistema em todo o Estado, alinhando conceitos, estratégias, normas e procedimentos previstos nos instrumentos legais que regulam o atendimento socioeducativo, com base no regimento interno.

 

O Regimento Interno foi aprovado pela Portaria SEDS nº 660, em 21 de dezembro de 2015 e publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), no dia 04 de fevereiro de 2016. O documento foi construído por representantes de todas as oito unidades tocantinenses, juntamente com a diretoria, para padronizar s normas e procedimentos técnicos, administrativos e de atendimento, em todos os centros socioeducativos.

Leia Também:  Governo do Tocantins autoriza Ordem de Serviço de infraestrutura em Couto Magalhães e Bernardo Sayão

 

É previsto, ainda, no regimento, além da padronização da estrutura administrativa, as atribuições de todos os servidores, os direitos e deveres dos mesmos, bem como todos os procedimentos ligados a recepção, acolhimento, integração e movimentação dos adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa.

 

De acordo com o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), Lei 12.594, toda unidade de atendimento socioeducativo deve ter um regimento próprio, onde conste todas as normas e procedimentos para auxiliar na efetivação das medidas socioeducativas, propostas pelos instrumentos legais, como o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e o próprio Sistema Nacional.

 

“Com o regimento aprovado e publicado, todas as decisões e procedimentos tomados no Sistema Socioeducativo devem ter como base esse documento, por isso, precisamos formar nossos servidores, desde os chefes das unidades, até os motoristas que fazem os translados, para que todos saibam como trabalhar, dentro de suas atribuições”, explica a assessora técnica do Sistema Socioeducativo, Auricélia Cruz.

 

Após a região Norte, a formação seguirá para a Gurupi, na região Sul, nos dias 20, 21 e 22; Palmas, região Central, será entre os dias 26 a 29 de julho. Atualmente, o Sistema Socioeducativo conta com 204 servidores nas oito unidades, entre gestores, socioeducadores, assistentes de serviços gerais e motoristas, sendo 95 pessoas na região Central, 57 no Sul do Estado, e 52 na região Norte.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Estado

Ação inédita da Serasa oferece negociação de dívidas com parcelamento sem juros, para 1,25 milhão de débitos no Norte

Published

on

Em parceria com 45 empresas, a ação oferece condições especiais, durante todo o mês de agosto

Em função do cenário econômico e o aumento do endividamento das famílias brasileiras, a Serasa se juntou a 45 outras empresas de diversos setores para buscar soluções para auxiliar o consumidor a renegociar suas dívidas. Por meio dessa parceria, o Serasa Limpa Nome irá disponibilizar, durante todo o mês de agosto, mais de 80 milhões de débitos para renegociação, no país, em até 36 vezes sem juros, sendo 1.254.375 na região Norte.

No Pará, estão sendo disponibilizados 565.528. No Amazonas, 300.943; no Tocantins, 107.667; em Rondônia, 93.584; no Amapá, 74.307; no Acre, 72.807; e, em Roraima, 39.539.

As negociações podem ser realizadas pelos canais digitais da Serasa e presencialmente nas mais de 6 mil agências dos Correios distribuídas pelo país. Além das condições especiais de parcelamento, o consumidor pode ainda encontrar os tradicionais descontos de até 90%, sempre oferecidos pelo Serasa Limpa Nome, maior plataforma de renegociação de dívidas do país.

Leia Também:  Aprovada por unanimidade transformação de Unitins em autarquia

A ação surgiu depois de a Serasa realizar uma pesquisa que ouviu 2.645 endividados de todo o país. O levantamento mostrou que descontos e parcelamentos sem juros são os maiores motivadores para o consumidor quitar suas dívidas. “É a maior ação de negociação com parcelamento sem juros já realizada no Brasil”, diz Ignacio Dameno, diretor do Serasa Limpa Nome.

Para Aline Maciel, gerente do Serasa Limpa Nome, essa é uma solução buscada pelas empresas para que os brasileiros endividados possam recuperar o poder de compra sem impactar a renda mensal. “Quando um inadimplente renegocia o débito, a dívida sai do seu nome logo após pagar a primeira parcela, o que o auxilia a retomar crédito”, explica Aline. “A ação foi a maneira que as empresas envolvidas encontraram para conter a alta da inadimplência”, complementa.

Empresas participantes: Claro; Ativos; Atlântico; Banco BMG; Banco Digio; Banco Digio; Banco Inter; Banco Losango; Banco Neon; Boticário; Bradescard; Bradesco; Bradesco Financiamentos; BTG +; Carrefour; Crediativos; Credsystem; Digio; DmCard; Eudora; FortBrasil; Grupo Tracker; Havan; Hoepers; Intacto; Ipanema; Itapeva; Itau; MGW Ativos; Money Plus; Multi Crédito; Nalin; Net; Nextel; Recovery; Renner; Riachuelo; Santander; Sascar; Sicoob; Sorocred; Uze; Via Varejo; VoxCred; Zema.

Leia Também:  Governo anuncia pacote de medidas para contenção de gastos às 16h desta quinta

A Serasa reforça que as ofertas disponíveis na Ação de Parcelamento não aplicam juros sobre o acordo de parcelamento, mas a dívida negociada pode conter os juros de atraso do pagamento.  As negociações pelas agências dos Correios que oferecem as condições e os descontos especiais da campanha podem ser realizas mediante o pagamento de uma taxa de R$3,60.

O consumidor pode conferir se tem parcelas sem juros disponíveis por meio dos canais oficiais da Serasa: site serasalimpanome.com.br; App Serasa no Google Play e App Store; ligação gratuita 0800 591 1222; e WhatsApp 11 99575–2096.

Sobre a Serasa
Com o propósito de revolucionar o acesso ao crédito no Brasil, a Serasa oferece um ecossistema completo voltado para a melhoria da saúde financeira da população com produtos e serviços digitais.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA