PALMAS

ESTADO CRÍTICO

Wanderlei afirma que se não for federalizada TO-050 entre Porto e Silvanópolis terá que ser refeita

Publicado em

Estado

Wanderlei tem mostrado espírito de liderança ao encabeçar as equipes estaduais em situações como as enchentes no Bico do Papagaio e as péssimas condições das estradas herdadas do governador afastado

Falando diretamente de um dos piores trechos na TO-050 entre Silvanópolis e Porto Nacional, o governador Wanderlei Barbosa afirmou que em breve será realizada uma nova operação tapa-buracos no local, que segundo ele está prejudicando tanto o setor produtivo devido às perdas causadas pela má conservação, quanto os motoristas que precisam passar por ali.

Porém, o governador disse que a única solução para o problema é a troca de toda a malha asfáltica. “Estamos aqui entre Porto e Silvanópolis no quilômetro 40 da rodovia entre Porto Nacional e Silvanópolis. Já realizamos uma operação tapa-buracos no período chuvoso e teremos que realizar uma outra. Nós vamos trabalhar pela federalização, mas se ela não acontecer nós temos que fazer reparação nesta rodovia, que só será resolvida com a troca de toda a malha asfáltica deste trecho”.

No último dia 08 de janeiro Wanderlei Barbosa enviou para a Assembleia Legislativa o Projeto de Lei nº 1 de 2022, para a federalização de vários trechos de rodovias estaduais importantes e que se encontram em estado crítico, como TO-335, TO-336, TO-164, TO-010, TO-130 (Transcolinas) e da TO-050, na qual ele se encontrava.

Leia Também:  Governador Wanderlei autoriza estudo para redução de ICMS em operações com gado

A Folha Capital revelou com exclusividade e novembro do ano passado que existia um projeto para concessão de várias dessas rodovias para a iniciativa privada por parte do governador afastado Mauro Carlesse, o que implicaria necessariamente na cobrança de pedágio. Entretanto Wanderlei Barbosa, que assumiu interinamente o governo do estado disse que em seu mandato a privatização dessas e quaisquer outras rodovias não vai ocorrer.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estado

Governo do Tocantins assina Ordem de Serviço de R$ 46,9 milhões para restauração da Transcolinas

Publicados

em

O Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), assinou neste sábado, 21, a Ordem de Serviço para restruturação da TO-335, conhecida como Transcolinas, localizada no município de Colinas do Tocantins. Serão mais de 70 km de recapeamento asfáltico que mudarão a realidade da rodovia estadual.

Durante a cerimônia de assinatura, o governador Wanderlei Barbosa destacou que a restauração vai garantir um melhor fluxo na TO-335 facilitando o trânsito de moradores e produtores rurais. “A TO-335 é uma prioridade; no período da colheita o fluxo fica muito intenso e para escoamento da produção agropecuária essa via é muito importante. Assim, essa obra vai facilitar o tráfego dos veículos de passeio e de carga”, ressaltou o Governador.

A Ordem de Serviço é orçada em R$ 46,9 milhões e a rodovia passará por reciclagem e incorporação do asfalto velho para compor a nova base para reconstrução de uma nova capa asfáltica, bem como novos dispositivos de drenagem superficial para escoamento da água das chuvas pista.

O trecho da TO-335 que receberá as obras interliga Colinas e o entroncamento com a TO-010, em Palmeirante. Além disso, a via vai em direção ao Terminal da VLI e dá acesso à BR-153.

Leia Também:  Governo apresenta jornada de trabalho para o serviço e os profissionais de Saúde

O presidente da Ageto, Márcio Pinheiro, ressaltou que a Ordem de Serviço atende uma via de grande importância para a região. “Essa é a primeira Ordem de Serviço para restaurar vias e o Governo do Tocantins decidiu começar por Colinas. Estamos lutando para dar trafegabilidade para os condutores que passam pelo nosso Estado, utilizando recursos públicos para benefício de toda a população do Tocantins. Queremos que quem trafegue por nossas estradas sinta orgulho das vias tocantinenses”, afirmou Márcio Pinheiro.

O prefeito de Colinas, Dr. Kasarin, comemorou a assinatura da Ordem de Serviço e ressaltou que a recuperação da TO-335, vai valorizar e tranquilizar centenas de transportadoras e caminhoneiros que usam a rodovia para descarregar sua produção, proveniente de estados como Pará e Mato Grosso e que passam por Colinas, gerando mais emprego e renda para a cidade.

Participaram também da assinatura da Ordem de Serviço, em Colinas do Tocantins, prefeitos de cidades da região; gestores estaduais, empresários, deputados estaduais, federais e membros da comunidade.

TO-335 interliga Colinas a Palmeirante, além de outras cidades da região à BR-153 – Antonio Gonçalves/Governo do Tocantins

Leia Também:  Coronavírus mata mais 10 homens e 4 mulheres nesta quinta-feira no Tocantins

Ordem de Serviço é orçada em R$ 46,9 milhões e a rodovia passará por reciclagem e incorporação do asfalto velho para compor a nova base, reconstrução de uma nova capa asfáltica e novos dispositivos de drenagem superficial – Antonio Gonçalves/Governo do Tocantins

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA