PALMAS

Lollapalooza

Coca-Cola promoveu reencontros no Lollapalooza

Publicado em

GERAL

Com DJs e muita música, shows surpresas de Jão e Marina Sena, a marca misturou estilos musicais e embalou a volta à ressocialização através da ativação Arena Coca-Cola

Se passaram quase dois anos de espera para que o grande momento do reencontro pudesse acontecer. Depois de tanta espera e ansiedade, um dos maiores festivais de música da cidade de São Paulo, o Lollapalooza, sediou shows inesquecíveis e a ativação física de Coca-Cola. A marca intermediou reencontros e uma experiência única na volta à ressocialização através de sua ativação Arena Coca-Cola, pista de dança que foi palco para os momentos dos tão esperados abraços. O festival foi realizado de 25 a 27 de março no Autódromo de Interlagos em São Paulo.

Durante os três dias, a ativação física superiluminada teve uma pista de dança com 60 metros de extensão dentro do local do evento, onde o público dançou e celebrou o reencontro com a magia da marca e muita música, dando o abraço que esperou tanto tempo para acontecer, encontrando velhos amigos e vivendo uma experiência inesquecível nesse retorno consciente a ressocialização. E, tudo isso, junto com uma Coca-Cola bem gelada.

A programação do espaço teve um line-up especial com DJs como Rapha Lima, Valentina Luz, Boss In Drama e Marcelo Botelho espalhados durante os três dias. Além disso, no sábado (26), Jão esquentou o público transformando a pista de dança em palco e cantando faixas como “Idiota” e “Essa Fiz Pro Nosso Amor”. No domingo (27), por volta das 20h, quem agitou o público em um segundo show surpresa foi Marina Sena com “Por Supuesto”, “Voltei Pra Mim”, entre outras.

Leia Também:  Mutirão de Negociações Fiscais é prorrogado até 15 de Agosto

Para tornar a experiência ainda mais inesquecível e materializar esses momentos de reencontros, quem passou pela ativação levou para casa um brinde personalizado, um copo da Coca-Cola em que o público pode colocar uma foto curtindo a ativação.

“Nós não poderíamos estar mais felizes com o resultado do Lollapalooza e com todos os reencontros que promovemos, essa é a verdadeira magia acontecendo”, conta Pedro Abondanza, diretor de marketing da Coca-Cola Brasil. “A nossa ativação foi um espaço para que os abraços e reencontros que esperaram tanto para acontecer, uma experiência surpreendente para o público e com direito a essa mega surpresa, um show da Pabllo Vittar. Viabilizar tudo isso através da energia positiva que só a música transmite, foi muito especial”, completa.

E, em parceria com o Festival e à Braskem, responsáveis pela coleta e separação de todos os resíduos do evento, a Coca-Cola vai garantiu que todas as minipets distribuídas na sua ativação, ao todo 16 mil garrafas, fossem destinadas corretamente. Ou seja, as minipets serão coletadas e recicladas e voltarão ao mercado como matéria-prima para novas garrafas, completando o ciclo da logística reversa.

Ao final do Festival, todas as garrafas Pets que foram distribuídas na ativação serão destinadas à SustentaPet, centro de coleta de resíduos pós consumo que fomenta a economia circular da cadeia de reciclagem. Assim, todas as garrafas serão recicladas e reutilizadas, virando novas embalagens de Coca-Cola.

Leia Também:  UnirG participa do Dia das Crianças promovido pela prefeitura de Gurupi

O objetivo da SustentaPet é coletar 100% das embalagens da The Coca-Cola Company disponíveis no mercado até 2030, compromisso da empresa chamado de #UmMundoSemResíduos. “Estamos super empolgados com esse retorno à ressocialização e aliar isso ao cuidado do meio ambiente é uma felicidade gigante. Vamos curtir, brindar os reencontros com a Arena Coca-Cola e reciclar 100% das garrafas que vamos distribuir no nosso espaço”, afirma Pedro Abbondanza, Diretor de Marketing da Coca-Cola Brasil.

“Nós, como companhia, temos um compromisso de longa data com a economia circular e com nosso compromisso de um mundo sem resíduos. Em parceria com a Coca-Cola FEMSA, operadora da região, buscamos sempre pensar sobre o impacto da cadeia produtiva em uma visão 360 graus e por isso nossa preocupação intensa com a destinação de resíduos. Atualmente, já reciclamos cerca de 51% das garrafas disponíveis em mercado e, agora estamos nos juntando ao Lollapalooza Brasil com esse pilar de sustentabilidade que é superimportante para nós, como marca e para eles como festival”, pontua Katielle Haffner, Gerente de Sustentabilidade, Relações Públicas e Comunicações da Coca-Cola Brasil.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Trabalho do MPTO para prevenção e combate às queimadas é destaque

Publicados

em

O procurador de Justiça José Maria da Silva Júnior, coordenador do Centro de Apoio Operacional de Urbanismo, Habitação e Meio Ambiente (Caoma), representou o Ministério Público do Tocantins (MPTO) no lançamento oficial do programa Foco no Fogo 2022. O evento foi realizado nesta segunda-feira, 16, e visa orientar a população sobre educação ambiental com foco na prevenção de queimadas e incêndios florestais.

Durante o evento, foi destacado o trabalho do Caoma no monitoramento das queimadas e incêndios florestais, que apontou a redução de 51% de área queimada em imóveis rurais em 2021, no período mais crítico (julho a outubro), em comparação ao ano anterior, representando um avanço no controle e combate às queimadas irregulares.

“O Ministério Público tem atuado fortemente junto ao Comitê do Fogo, usando a tecnologia como aliada no monitoramento das unidades de conservação, terras indígenas e propriedades rurais no período mais crítico de incidência dos incêndios florestais. Com os dados, o MPTO realiza notificações, recomendações para o cuidado com o uso do fogo e alerta sobre as consequências da falta desses cuidados”, explicou o procurador de Justiça José Maria da Silva Júnior.

Leia Também:  Tribunal de Justiça do Tocantins lança concurso do quadro geral com 63 vagas

O procurador de Justiça afirmou que como resultado do monitoramento feito pelo MPTO e o trabalho do programa Foco no Fogo, verificou-se uma redução no número de propriedades e a extensão da área queimada de 2020 para 2021. “Em 2020, 5.600 propriedades tiveram áreas queimadas, já em 2021 houve redução para 2.700. Resultado dos esforços dos integrantes do Comitê Estadual do Fogo e do trabalho do MPTO, por meio da sua Força-tarefa Ambiental e Promotorias de Justiça Regionais Ambientais”, ressaltou.

Foco no Fogo

 

O programa Foco no Fogo é realizado pelo Comitê Estadual de Prevenção e Controle às Queimadas e Combate aos Incêndios Florestais (Comitê do Fogo) que conta com a participação do MPTO e mais 31 instituições.

Durante o período de seca no Estado, o Comitê do Fogo, por meio do programa, realiza campanhas publicitárias, spots em rádios, ações educativas de prevenção a incêndios florestais, atividades voltadas a orientar, sensibilizar e conscientizar a população sobre prevenção, controle e combate às queimadas.

As ações têm como público-alvo agropecuaristas, empresários, munícipes e demais entes envolvidos com incêndios rurais no Tocantins.

Leia Também:  Perfil do novo Secretário de Estado da Saúde do Tocantins
Fonte: MP TO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA