PALMAS

Ruan Pamponet

Justiça condena estelionatário acusado de aplicar golpe em restaurante de Palmas e mais 8 estados

Publicado em

Acusado de dar golpe em um restaurante de Palmas, Ruam Pamponet Costa foi condenado nesta terça-feira, 12, a dois anos de reclusão em regime inicial fechado e sem o direito de apelar em liberdade. A condenação foi proferida em atendimento ao requerimento do  Ministério Público do Tocantins (MPTO), após reiterar o pedido de condenação do homem por estelionato com o reconhecimento de agravante de reincidência, visto que o golpe já havia sido aplicado em diversas outas situações.

Ruam foi preso em 21 de abril, após causar um prejuízo de mais de R$ 5 mil em um restaurante  da Capital, consumindo e compartilhando produtos de valor expressivo, sem intenção e condições de pagar.

A sentença fez referência aos apontamentos do MPTO acerca das condenações definitivas em quatro outros processos, em Brasília (DF) e Caldas Novas (GO), além de mandados de prisão expedidos em oito processos das varas criminais de Maceió (AL), Recife (PE) e Brasília (DF).

Além da pena de reclusão, Ruam Pamponet foi condenado a pagar mais de 2 mil reais em multas.

Leia Também:  Autor de roubo e cárcere privado é detido pela PM em Palmas

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

GERAL

Coren-TO adere à campanha Sinal Vermelho Contra Violência Doméstica

Published

on

Feminicídio no Tocantins aumentou 144% de 2020 para 2021

Atendendo ao convite do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (TJ-TO) o Conselho Regional de Enfermagem do Tocantins (Coren-TO) aderiu à campanha “Sinal Vermelho Contra Violência Doméstica”. O termo de adesão foi assinado nesta terça-feira, 16, pela presidente do Coren-TO, Luana Bispo Ribeiro, e pela coordenadora da Câmara Técnica de Saúde da Mulher do Coren-TO, Natalia Silva.

Instituída pela Lei Federal 14.188/2021, a campanha “Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica” visa incentivar as mulheres a romper o ciclo de violência acionando terceiros por meio de um sinal de “X”, preferencialmente na cor vermelha, desenhado na palma da mão.

Os dados de violência contra mulheres no Brasil são alarmantes. De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2022, houve 2.451 feminicídios e 100.398 casos de estupro e estupro de vulnerável de vítimas do gênero feminino no país, entre março de 2020 e dezembro de 2021. O percentual de feminicídio no Tocantins subiu 144% de 2020 para 2021, passando de 9 para 22 vítimas.

Leia Também:  Jornalista e apresentador Nogueira Jr morre aos 53 anos de infarto

“Pode parecer que não, porque não vemos muitas notícias a respeito da violência contra a mulher no Tocantins, mas os crimes contra mulheres no nosso estado acontecem de forma assustadora. Por isso é tão importante o Coren aderir a essa campanha promovida pelo TJ”, afirmou a conselheira Natalia Silva.

Com a adesão à campanha, o Coren-TO vai propagar, por meio dos seus canais oficiais, o material oficial fornecido pela Coordenação Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça do Tocantins.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA