PALMAS

Cobertura Assistencial

Servir oferece cobertura assistencial para pessoas portadoras do espectro autista

Publicado em

Duas clínicas com atendimento multiprofissional passam a fazer parte da lista de prestadores do Plano; edital de credenciamento permanece aberto

A partir de segunda-feira, dia 08, o Plano de Assistência à Saúde dos Servidores do Estado do Tocantins (Servir) passa a oferecer cobertura de serviços médicos especializados para beneficiários com transtornos de desenvolvimento, entre os quais está incluso o transtorno do espectro autista (TEA). Na manhã desta quinta-feira 04, foi assinado um contrato com duas clínicas multiprofissionais voltadas ao atendimento desse público (Clínica Desenvolver e Clínica Estímulos).

Para o secretário da Administração, Paulo César Benfica, o credenciamento desses novos prestadores, com foco na cobertura assistencial multiprofissional, é extremamente positivo em diversos aspectos sendo um deles a diminuição de judicializações do Plano e a democratização do acesso a tratamentos especializados. “Estamos contratando um serviço que, até então, o Plano não oferecia. Isso é resultado de todo um esforço no qual se destaca a adimplência do Servir junto a seus prestadores e, consequentemente, o credenciamento de novos profissionais e clínicas”, destaca, Benfica.

Leia Também:  Filho do jogador Cafú morre de infarto aos 29 anos

O superintendente de Benefícios e Atendimento ao Cidadão da Secad, Reginaldo Pereira dos Santos, pontua que o edital de credenciamento permanece aberto e que as empresas que desejarem fazer parte do corpo de prestadores de serviços do Plano podem apresentar suas propostas. “A fim de propiciar o aperfeiçoamento da cobertura do Servir a todos os seus beneficiários, finalizamos o processo de credenciamento junto a duas novas unidades de tratamento multiprofissional. Além dessas duas clínicas temos mais outras clínicas em processo de contratação”, acrescenta o superintendente.

A assinatura do contrato com os novos prestadores do Servir, Clínica Desenvolver e Clínica Estímulos, ocorreu na sede da Anjo Azul – Associação de Pais, Amigos e Profissionais dos Autistas do Estado do Tocantins, em Palmas e contou com a presença de representantes das clínicas e do presidente da associação, Hermando Rodrigues Soares que destacou a importância da ampliação do acesso a serviços especializados a pessoas portadoras de transtornos de desenvolvimento, inclusive o espectro autista. “Ações como esta que estamos tendo o prazer de mediar nos enchem de esperança e motivação para continuar a buscar recursos e crescermos como associação”, pontuou, Hemando.

Leia Também:  CDE-TO aprova concessão de benefícios fiscais para mais de 50 empresas em 2021

Atualmente as duas unidades já credenciadas estão situadas no município de Palmas e oferecem atendimentos em áreas como, fonoaudiologia, terapia ocupacional, neuropsicopedagogia, musicoterapia, psicomotricidade, psicoterapia, neuropsicologia, terapia intensiva – Applied Behavior Analysis (ABA

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

GERAL

Coren-TO adere à campanha Sinal Vermelho Contra Violência Doméstica

Published

on

Feminicídio no Tocantins aumentou 144% de 2020 para 2021

Atendendo ao convite do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (TJ-TO) o Conselho Regional de Enfermagem do Tocantins (Coren-TO) aderiu à campanha “Sinal Vermelho Contra Violência Doméstica”. O termo de adesão foi assinado nesta terça-feira, 16, pela presidente do Coren-TO, Luana Bispo Ribeiro, e pela coordenadora da Câmara Técnica de Saúde da Mulher do Coren-TO, Natalia Silva.

Instituída pela Lei Federal 14.188/2021, a campanha “Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica” visa incentivar as mulheres a romper o ciclo de violência acionando terceiros por meio de um sinal de “X”, preferencialmente na cor vermelha, desenhado na palma da mão.

Os dados de violência contra mulheres no Brasil são alarmantes. De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2022, houve 2.451 feminicídios e 100.398 casos de estupro e estupro de vulnerável de vítimas do gênero feminino no país, entre março de 2020 e dezembro de 2021. O percentual de feminicídio no Tocantins subiu 144% de 2020 para 2021, passando de 9 para 22 vítimas.

Leia Também:  CDE-TO aprova concessão de benefícios fiscais para mais de 50 empresas em 2021

“Pode parecer que não, porque não vemos muitas notícias a respeito da violência contra a mulher no Tocantins, mas os crimes contra mulheres no nosso estado acontecem de forma assustadora. Por isso é tão importante o Coren aderir a essa campanha promovida pelo TJ”, afirmou a conselheira Natalia Silva.

Com a adesão à campanha, o Coren-TO vai propagar, por meio dos seus canais oficiais, o material oficial fornecido pela Coordenação Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça do Tocantins.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA