PALMAS

PALMAS

Capital celebra aniversário nesta sexta, 20, com distribuição de 3.300 pedaços de bolo

Publicado em

PALMAS

Em celebração aos 33 anos de criação de Palmas, 3.300 pedaços de bolo foram distribuídos na manhã desta sexta-feira, 20, na Feira Coberta da Arno 33 (307 Norte). A cerimônia de comemoração contou com a presença da prefeita Cinthia Ribeiro e do governador Wanderlei Barbosa, dentre outras autoridades locais. A distribuição de bolo aconteceu após breve celebração ecumênica e apresentação de 56 músicos e solistas da Orquestra Jovem da Guarda Metropolitana de Palmas (GMP). 

A dona de casa Lucimara Azevedo levou as filhas Lara Nicole Azevedo, 8, e Luanny Azevedo, 6. “Fiquei sabendo pela internet. É a primeira vez que participo da festa de aniversário da cidade e gostei, sim. As meninas estavam animadas para vir e tirar foto”. A  profissional autônoma do segmento de decoração de eventos Luise Pacini também levou bolo para casa e justificou o porquê gosta da Capital. “Acho Palmas uma cidade muito boa para se viver, para trabalhar e investir. Moro aqui desde 1999. É importante celebrar o que se conquistou. Gosto muito de vir e aproveitar o bolo, que está uma delícia”, disse. 

Leia Também:  Procuradoria Geral do Município convoca candidatos aprovados no Programa de Residência Jurídica

O cantor regional Braguinha Barroso apresentou a Canção de Amor a Palmas, música que enaltece a história e belezas da Capital mais nova do País. “Tua grandeza depende dessa gente, que unida te fará maior. Te amo Palmas e no seio de tuas serras recebeste a todos e os fizeste filhos da terra” diz trecho da letra. Além da programação musical e distribuição de bolo, o Busão Mais Saúde permaneceu durante toda a manhã oferecendo imunização contra Covid-19, influenza e outras doenças.

Cinthia Ribeiro usou da ocasião para lembrar conquistas de todos os prefeitos que a antecederam e frisou que a caminhada para desenvolvimento da cidade ainda é grande. “Voltamos depois de dois anos sem poder comemorar. Foram momentos difíceis, celebramos vacinados, mais protegidos, presencialmente, com uma programação belíssima. A pandemia ainda não passou, mas a gente sabe que é uma situação sobre controle. O sentimento é de gratidão”. 

Para a gestora, a Capital ainda tem muito o que crescer. “Estamos com esperança renovada em função de muitos projetos novos que temos para nossa cidade, grandes obras muito esperadas saindo do papel. Para os próximos anos estamos trabalhando para fazer a virada tecnológica da nossa cidade, trabalhar pela juventude, temos muitas riquezas e um povo que acredita que é possível fazer gestão pública de uma cidade inteligente.”, disse a gestora. 

Leia Também:  Prefeitura lança vídeo para apresentar a rede de proteção de combate à violência contra a mulher em Palmas

O governador Wanderlei Barbosa lembrou dos primeiros desafios de construção de uma cidade e enalteceu a parceria entre governo estadual e Prefeitura. “Trinta e três anos depois de me pai ter sido prefeito vemos uma cidade bem localizada, com educação, saúde e infraestrutura para seu povo. Tudo fruto do reconhecimento de profissionais que acreditaram no potencial da cidade”, finalizou. Barbosa anunciou a entrega, em Palmas, momentos depois da Escola Estadual de Tempo Integral Padrão na (206 Norte) e de alça norte da avenida em obras que faz ligação com as Rodovias TO-010 e TO-080.

Também estiveram presentes à celebração os deputados federais professora Dorinha Rezende e Carlos Gaguim, os deputados estaduais Jair Farias, Ricardo Aires e Wanda Monteiro, os vereadores e secretariado municipal e estadual, além de lideranças políticas locais e estaduais. 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PALMAS

Prevenção de queimadas em Palmas já cumpre decreto do Governo Federal

Publicados

em

Palmas deve intensificar suas ações de combate às queimadas e seguir o Decreto 11.100/2022 (https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2022/decreto/d11100.htm), do Governo Federal, publicado nesta quarta-feira, 22, no Diário Oficial da União. Conforme previsto na legislação, ficam suspensas as permissões para uso do fogo em todo o território nacional, pelo prazo de 120 dias, contados a partir da publicação da lei, prática que já vem sendo adotada por Palmas, que tem a ambição de minimizar os efeitos do fogoi no meio ambiente local.

Vale destacar, que o período mais crítico para queimadas, em Palmas, se dá entre os meses de julho a outubro, que também é o mais seco do ano. A medida normalmente é adotada todo ano quando tem início o período de seca, de forma a prevenir os incêndios. Este trabalho é coordenador pelo Comitê Municipal de Prevenção e Combate às Queimadas (PrevIncêndio), órgão executivo vinculado à Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMA) e Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu), por meio da Defesa Civil, que juntas têm a tarefa de prevenir a ocorrência de incêndios florestais e urbanos na Capital.

Leia Também:  População vai poder contribuir com a construção do Plano de Mobilidade Urbana de Palmas

Mesmo suspendendo as permissões para uso do fogo, o decreto presidencial prevê algumas exceções, a exemplo das práticas de prevenção e combate a incêndios realizados ou supervisionados por instituições públicas responsáveis pela prevenção e pelo combate aos incêndios florestais; práticas de agricultura de subsistência executadas pelas populações tradicionais e indígenas; atividades de pesquisa científica realizadas por Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação; controle fitossanitário por uso do fogo, desde que autorizado pelo órgão ambiental competente, dentre outros.

Em Palmas
Além do trabalho de prevenção, controle e combate a queimadas, desde 2021 o Município vem adotando a recuperação das áreas degradadas pelo fogo, logo após o período seco, com o plantio de árvores de espécies nativas, para recomposição da fauna original.

Os trabalhos de conscientização e sensibilização da população também são iniciados bem no início do período seco, especialmente com palestras em escolas, comunidades rurais e outros setores ligados às atividades agropastoris.

Palmas também conta com uma brigada de combate e controle de incêndios rurais e urbanos, ligada à Superintendência de Defesa Civil e que trabalha em parceria com os órgãos ambientais, do Município, Estado e Federal, Guarda Metropolitana Ambiental, Corpo de Bombeiros, dentre outros.

Leia Também:  Prefeitura lança vídeo para apresentar a rede de proteção de combate à violência contra a mulher em Palmas

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA