PALMAS

PALMAS

Palestras e formações marcam início das atividades pedagógicas do 2º semestre

Publicado em

‘Saúde do Educador’, ‘Educação Especial’ e ‘Letramento’. Estes são os principais temas a serem abordados em uma série de eventos voltados a professores, supervisores, orientadores e gestores da Educação Infantil e do Ensino Fundamental da rede municipal de ensino. As atividades pedagógicas serão realizados na segunda-feira, 1º de agosto, marcando o início do segundo semestre letivo de 2022.

No Centro de Convenções Arnaud Rodrigues acontece, das 9 às 12 horas, a palestra com o tema ‘Saúde do Educador’, voltada para professores da Educação Infantil. No período da tarde, no mesmo local, a palestra será ministrada aos professores do Ensino Fundamental.

Ainda pela manhã será realizada uma formação para supervisores e orientadores do Ensino Fundamental, na ETI Padre Josimo, das 9 às 12 horas. Já no período da tarde, a partir das 14 horas, será ministrada na mesma unidade uma formação com o tema ‘Educação Especial’ para profissionais da Educação Infantil.

Alfabetização e Letramento

Finalizando os trabalhos de reinício das aulas, acontece na ETI Almirante Tamandaré um evento voltado especificamente aos professores que trabalham com alfabetização e letramento. No período matutino, os professores das turmas de 1º ano participam de uma formação com ênfase em planejamento e monitoramento da aprendizagem. Já no período da tarde, a partir das 14 horas, será a vez dos professores das turmas do 2º ano participarem da formação.

Leia Também:  Semus promove curso sobre manejo da hanseníase em Palmas

Fonte: Prefeitura de Palmas

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

PALMAS

Prefeitura de Palmas concede adicional de insalubridade para mais três categorias profissionais

Published

on

A Prefeitura de Palmas concedeu adicional de insalubridade para biólogos, farmacêuticos/bioquímicos e condutores de ambulâncias das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Unidades de Saúde da Família (USFs), profissionais vinculados à Secretaria Municipal da Saúde (Semus). A mudança está publicada no Decreto Nº 2.242, no Diário Oficial do Município (DOM) desta segunda-feira, 15, que altera o Decreto Nº 1.195/2016, que dispõe sobre o adicional. 

A adição de mais áreas foi feita por determinação da prefeita Cinthia Ribeiro à Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Humano de Palmas (Seplad), que realizou estudos de viabilidade orçamentária e financeira para instituir benefícios aos servidores da rede municipal de saúde da Capital. Saiba mais.  

Sobre o Decreto Nº 2.242, o secretário municipal da Saúde, Thiago Marconi, enfatizou que o Município tem trabalhado no dia a dia para valorizar os servidores e, por consequência, a população. “Estamos sempre trabalhando na valorização e no cumprimento do direito dos servidores, para que tenhamos melhores profissionais, a fim de que a população tenha sempre um melhor atendimento”, afirmou. 

Leia Também:  Fiscais de posturas participam de capacitação nos atendimentos

Conforme o novo decreto, para receber o benefício o servidor deve desenvolver as atividades permanentes com riscos ocupacionais no seu local de lotação. No caso dos farmacêuticos/bioquímicos, a concessão do adicional de insalubridade será apenas para serviços exclusivos de análises clínicas que envolvam os processos de coleta e processamento de amostras e/ou materiais biológicos no ambiente laboratorial.

Anteriormente, já recebiam o adicional biomédicos, enfermeiros, médicos, veterinários, odontólogos, fisioterapeutas, técnicos em enfermagem, técnicos em laboratório de análises clínicas, auxiliares de consultório dentário, protético dentário e técnicos em radiologia; auxiliares de enfermagem, Agente Comunitário de Saúde (ACS), Agente de Combate às Endemias (ACE), Agente de Limpeza Urbana (ALU), bem como motoristas condutores da Unidade de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e de unidade de transporte de pacientes para as sessões de hemodiálise.

O documento informa que o adicional será calculado sobre o vencimento base do cargo do servidor. Receberão o valor de 10%  servidores lotados nas USFs, policlínicas, centros de referências e especialidades, Henfil, Laboratório Municipal, CAPS II e AD III e Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses; têm direito a 20% de adicional os servidores lotados nas unidades de urgência e emergência;  e 40% os técnicos em radiologia e biólogos lotados na Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses (UVCZ) que executem atividades insalubres indicadas em Laudo Técnico. 
 

Leia Também:  Boletim Epidemiológico confirma 11 novos casos de Covid-19 em Palmas

Fonte: Prefeitura de Palmas

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA