PALMAS

PALMAS

Palmas 33 anos: Com incentivos e redução da burocracia, Capital oferece ambiente propício para empreender

Publicado em

PALMAS

Palmas chega aos seus 33 anos de criação com o amadurecimento da sua economia, com modernização das regras para abertura de empresas, ampliação do atendimento aos empresários e mais incentivos ao empreendedorismo. Em 2018, Denilson Kleber dos Santos apostou no empreendedorismo para garantir renda e o sustento da sua família. Profissional da área de informática, ele procurou a Prefeitura de Palmas, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Emprego (Sedem), para formalizar o seu negócio de assistência técnica especializada de computadores, que naquele primeiro momento funcionaria na sua residência. 

“Fizemos cartões e panfletos e iniciamos a divulgações nas quadras residenciais mais próximas e na Avenida JK. Logo tive um retorno e comecei a receber os primeiros serviços. Hoje, a Solução Informática está estabelecida em um ponto comercial, em processo de ampliação, e já emprega três pessoas”, relata Denilson. O empresário acredita que Palmas tem um grande potencial para o empreendedorismo, e destaca os serviços prestados na Casa do Empreendedor, inaugurada em 2021. O espaço administrado pela Sedem oferece orientações, serviços e capacitações fundamentais no processo de abertura e manutenção de negócios.

Denilson conta que a Sedem, no primeiro momento com a Sala do Empreendedor, foi fundamental no auxílio para formalização como Microempreendedor Individual (MEI). Ele recebeu orientações sobre os pagamentos dos tributos e da previdência, as declarações anuais à Receita Federal e, ainda, contou com acesso ao crédito, por meio do Banco do Povo, que possibilitou o crescimento do negócio. “Tudo sem burocracia, trabalho bem feito e eficaz, no momento que eu precisei, e isso possibilitou chegar até aqui. Considero o serviço da Casa do Empreendedor muito importante para fomentar o empreendedorismo. Os pequenos negócios precisam desse apoio e incentivo por parte da gestão pública”, afirma o empresário.

Leia Também:  Reunião de Plano Artístico Cultural acontece nesta sexta-feira

“Agora, tenho uma microempresa, estabeleci o negócio em um ponto comercial bem centralizado e hoje já emprego três pessoas. O negócio estava dando certo e precisei ampliar. Passei por dificuldades, não foi fácil, mas sou muito positivo e temos que profetizar bênção e o meu nome é vitória”, afirma Denilson. Hoje, o seu negócio conta com os colaboradores Ivanilson Pinheiro Miranda, Cindylla Brhena Oliveira de Jesus Márjore e Daniele Gonçalves Antônio, todos funcionários com carteira assinada. 

Serviços

A Casa do Empreendedor reúne todos os serviços aos empresários em apenas um local, com um atendimento integrado e menor burocracia. Alguns dos serviços são: orientações em geral, formalização de empresa, alteração e baixa da inscrição de MEI, alvará de funcionamento, alvará de localização, emissão de boletos ao MEI, cadastro para emissão de notas fiscais, consultas prévias, declaração de faturamento, emissão de notas fiscais e inscrições municipais.

Na Casa do Empreendedor também funciona o Banco do Povo, que além de oferecer uma linha de crédito própria, presta orientações sobre outros tipos de financiamentos disponíveis no mercado. Também estão agregados os serviços de alvará sanitário e licenciamento ambiental. Assim como os atendimentos aos feirantes: recadastramento, acompanhamento técnico e oficinas de capacitação. E ainda capacitações e consultorias em empreendedorismo.

Leia Também:  Palmas corre risco de chuvas intensas nos próximos dois dias

Indicadores

Palmas figura na 41ª posição no ranking geral do Índice de Cidades Empreendedoras (ICE) 2022, que avaliou os 101 municípios mais populosos do Brasil. Entre os indicadores avaliados, a Capital se destaca por seu desenvolvimento econômico e clientes potenciais, ficando na 26ª posição; no quesito acesso ao capital e capital humano, está na 27ª colocação. Em inovação e cultura empreendedora, Palmas aparece na 49ª posição.

Dados das empresas em Palmas

Total: 37.827 empresas

22.709 microempreendedores individuais

11.458 micro empresas

2.010 empesas de pequeno porte

1.650 demais (de médio ou grande porte)

Por tipo de empreendimento:

19.337 – serviços

11.228 – comércio

3.988 – construção

205 – agropecuária

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PALMAS

Palmas 33 anos: desfile cívico e militar marca as festividades de aniversário da Capital

Publicados

em

Com o tema ‘Palmas para a Educação’ estudantes da rede municipal mostraram criatividade no desfile cívico e militar em comemoração aos 33 anos da Capital, realizado na tarde desta sexta-feira, 20, na Avenida D, Aureny III, região sul da cidade. O evento foi prestigiado por milhares de pessoas e pela prefeita Cinthia Ribeiro que passou em revista às tropas acompanhada de autoridades civis e militares.

Uma apresentação acrobática aérea, realizada pela Esquadrilha Fox, do Distrito Federal, movimentou todos os olhares para céu. As três aeronaves executaram manobras acrobáticas formando efeitos visuais pela fumaça que saía de cada uma delas.

As escolas municipais representaram temáticas presentes no ensino palmense. Desfilaram, cerca de 1.500 alunos de seis unidades educacionais da rede municipal, sendo elas, Escola de Tempo Integral (ETI) Caroline Campelo, ETI Eurídice Ferreira de Mello, ETI Margarida Lemos, ETI Padre Josimo, ETI Anísio Teixeira e ETI Almirante Tamandaré.

A prefeita Cinthia salientou que pensou numa programação que contemplasse todas as regiões da cidade. Acerca da programação escolhida para a região sul, ela destacou: “É uma alegria muito grande ver nossas escolas, as forças de segurança e demais instituições desfilando. Estou muito feliz.”

Leia Também:  Prefeitura de Palmas intensifica ações de fiscalização para combater a perturbação do sossego

Os pais da pequena Vitória Naomi Dutra Vilhena, 6 anos, acompanhavam exultantes a apresentação da filha, estudante do 1º ano, da ETI Almirante Tamandaré. Vitória estava à frente do pelotão da escola sob o tema tecnologias, seguida pelos colegas. A mãe, Juliana Dutra, falou da emoção e expectativa da filha em participar do desfile, desde a confecção do uniforme de gala. Ela relata a emoção da família em ver o entusiasmo da filha de poder representar a sua escola, tal qual os primos, estudantes da unidade há mais tempo.

História

O desfile cívico e militar se tornou tradição sendo em 2022 o 16° evento realizado em comemoração ao aniversário da Capital. Procura-se com isso manter o costume, oportunizando aos estudantes e à comunidade a prática da cidadania, além de demonstrar a importância ato cívico, que alegra e emociona os participantes e o público em geral.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA