PALMAS

FUNDAÇÃO CULTURAL

Professores realizam exposição artística sobre o período da Pandemia

Publicado em

PALMAS

Amigos de longa data, os artistas Cláudio Montanari e Léo Perotto, que compõem o Coletivo Balalo, apresentam a exposição ‘Período Composto por Subordinação’. A abertura será na próxima segunda-feira, 16, na Galeria de Artes do Centro de Atividades Sesc Palmas, ACSU NE 60 (502N), com entrada gratuita e livre para todas as idades.

Na exposição os artistas, que fazem parte do corpo de professores da Fundação Cultural de Palmas (FCP), fazem uma analogia entre a gramática (‘Período Composto por Subordinação’) e suas vivências durante o período de isolamento pela Covid-19, usando recortes de jornais para retratar isso.

Período Composto por Subordinação
No estudo da sintaxe gramatical, o período composto por subordinação é formado por uma oração principal, que sustenta os dados centrais do período, e outra (ou outras) subordinada(s), que complementam a carga informativa do enunciado e geralmente exercem alguma função sintática em relação à principal. A ‘Oração principal’ está representada pela instalação artística ‘Pandemia’ e as ‘Orações subordinadas’ pelas séries ‘Encerrado’ e ‘Comorbidades’. Ambas séries retratam as vivências de dois artistas visuais, durante o período de isolamento social, na pandemia de Covid-19, cada um em sua residência, refletindo situações vividas em ambientes distintos, materializadas em suas produções artísticas, explicam os artistas no material de divulgação.

Leia Também:  Cinthia Ribeiro anuncia início do ano letivo com obrigatoriedade do comprovante de vacinação para público acima de 12 anos

Coletivo Balalo
O Coletivo Balalo é um coletivo artístico criado em Palmas no ano de 2019. É constituído por dois artistas, Cláudio Montanari @montanariantunes e Léo Perotto @leoperotto, que vieram do sul do país para morar e trabalhar na cidade de Palmas no ano de 2006. Se conheceram no mesmo ano e começaram uma longeva amizade desde então. Depois de realizarem vários trabalhos em conjunto, decidiram formar o coletivo para poder desenvolver projetos voltados à discussão crítica da existência humana, a partir de um viés político e cultural.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PALMAS

Palmas 33 anos: desfile cívico e militar marca as festividades de aniversário da Capital

Publicados

em

Com o tema ‘Palmas para a Educação’ estudantes da rede municipal mostraram criatividade no desfile cívico e militar em comemoração aos 33 anos da Capital, realizado na tarde desta sexta-feira, 20, na Avenida D, Aureny III, região sul da cidade. O evento foi prestigiado por milhares de pessoas e pela prefeita Cinthia Ribeiro que passou em revista às tropas acompanhada de autoridades civis e militares.

Uma apresentação acrobática aérea, realizada pela Esquadrilha Fox, do Distrito Federal, movimentou todos os olhares para céu. As três aeronaves executaram manobras acrobáticas formando efeitos visuais pela fumaça que saía de cada uma delas.

As escolas municipais representaram temáticas presentes no ensino palmense. Desfilaram, cerca de 1.500 alunos de seis unidades educacionais da rede municipal, sendo elas, Escola de Tempo Integral (ETI) Caroline Campelo, ETI Eurídice Ferreira de Mello, ETI Margarida Lemos, ETI Padre Josimo, ETI Anísio Teixeira e ETI Almirante Tamandaré.

A prefeita Cinthia salientou que pensou numa programação que contemplasse todas as regiões da cidade. Acerca da programação escolhida para a região sul, ela destacou: “É uma alegria muito grande ver nossas escolas, as forças de segurança e demais instituições desfilando. Estou muito feliz.”

Leia Também:  Elvan Leão assume interinamente a Secretaria de Infraestrutura de Gurupi

Os pais da pequena Vitória Naomi Dutra Vilhena, 6 anos, acompanhavam exultantes a apresentação da filha, estudante do 1º ano, da ETI Almirante Tamandaré. Vitória estava à frente do pelotão da escola sob o tema tecnologias, seguida pelos colegas. A mãe, Juliana Dutra, falou da emoção e expectativa da filha em participar do desfile, desde a confecção do uniforme de gala. Ela relata a emoção da família em ver o entusiasmo da filha de poder representar a sua escola, tal qual os primos, estudantes da unidade há mais tempo.

História

O desfile cívico e militar se tornou tradição sendo em 2022 o 16° evento realizado em comemoração ao aniversário da Capital. Procura-se com isso manter o costume, oportunizando aos estudantes e à comunidade a prática da cidadania, além de demonstrar a importância ato cívico, que alegra e emociona os participantes e o público em geral.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA