PALMAS

PALMAS

Projeto do Promic 'Palavras de Curumim' disponibiliza vídeos animados no YouTube

Publicado em

PALMAS

O livro ‘Palavras de Curumim’, projeto patrocinado pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), ganhou uma versão animada em vídeo. A animação, que já está disponível no canal do YouTube do projeto foi lançado na quinta-feira, 19, no Cine Cultura, pelos idealizadores Graziela Cortez e Dorivã, com a participação dos alunos do 5º ano da Escola Municipal Paulo Freire, que tiveram a oportunidade de assistir a estreia.

Os vídeos animados foram feitos pelo artista visual Olumi sobre as músicas ‘Riozinho dos Azuis’ e ‘Bonequinhas Ritxòkò’, ambas de autoria do cantor e compositor Dorivã, popularmente conhecido como Passarim do Jalapão, que interpreta essas canções com a participação de um coral composto por crianças. São dois vídeos com cerca de três minutos, um para cada música. Além disso, a produção também conta com tradução de libras, proporcionando acessibilidade.

Para o lançamento da animação, foram convidados os alunos do 5º ano da Escola Municipal Paulo Freire, que além de assistirem aos vídeos, também tiveram um momento de bate-papo e cantoria com Dorivã.

Leia Também:  Procon de Palmas orienta sobre a compra de chocolates e pescados

Idealizadores

O Projeto reúne o trabalho da socióloga e presidente do Instituto Utambor, Graziela Cortez; do cantor e compositor Dorivã; do ilustrador Olumi; um elenco de músicos conduzidos por Fred Garibalde; além de um coral infantil composto de nove crianças, sob o comando do maestro Heitor Oliveira e tem como resultado um livro, um CD e o canal no YouTube com os vídeos animados.

Dorivã falou sobre o que inspirou ele e Graziela a realizarem o projeto. “A ideia surgiu enquanto a gente fazia apresentações nas escolas e os professores sempre pediam para que a gente cantasse sobre o Tocantins, sobre as belezas e riquezas do estado”, disse.

Para Graziela Cortez, presidente do Instituto Utambor, que realizou o projeto, o lançamento desse trabalho demonstra o propósito da instituição no incentivo da arte e da cultura do Tocantins. “O Instituto Utambor continua cumprindo a sua missão de trabalhar a cultura tocantinense, através, principalmente da música percussiva, contando a nossa história, a nossa origem, dirigido especialmente para as crianças, porque acreditamos que é com elas que a gente consegue formar essa personalidade, fazendo com que se encantem pela nossa história, pela nossa cultura, pelas nossas origens e saber de onde vieram para poder trilharem um caminho saudável, e chegar a um futuro construído por elas, mas com pé no chão, sabendo de suas origens”, disse.

Leia Também:  Capital inicia campanhas de imunização contra gripe e a de sarampo

Também estiveram presentes no lançamento o presidente da Fundação Cultural de Palmas (FCP), Giovanni Assis e do representante do Banco da Amazônia (Basa) Roney Pires Façanha Jr. O projeto foi aprovado pelo edital do Banco da Amazônia e contou com o apoio da Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria Municipal de Educação de Palmas (Semed), da Fundação Cultural de Palmas (FCP) e da Transportadora e Distribuidora de Bebidas (Temar).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PALMAS

Ciclismo Brasileiro de Estrada conhece os campeões de 2022 na prova de contrarrelógio

Publicados

em

O primeiro dia do Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Estrada de 2022 realizado em Palmas conheceu os campeões da prova de contrarrelógio individual, nesta quinta-feira, 23, nas categorias Elite, Sub23, Junior, Juvenil e Infantojuvenil. Ana Paula Polegatch e Lauro Chamam venceram mais uma vez, repetindo o resultado de 2021, na categoria Elite, e Vinicius Rangel e Ana Vitória Magalhães levaram a melhor na Sub23.

A Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) ressalta que os percursos chegaram a 30km de distância, como no caso da Elite masculino, e os atletas tiveram que superar o clima seco e muito vento para estabelecerem os melhores tempos. “Gostaria de agradecer por tudo que a CBC faz por nós e também a minha equipe. O campeonato está lindo, as provas estão acontecendo em um percurso bastante exigente, com muito vento, e isso faz muita diferença na hora de escolher a melhor estratégia. Hoje eu corri carregando um presente que o meu filho me deu e acabou me dando sorte. Essa vitória é para ele e toda minha família”, contou Lauro Chaman.

Ana Paula Polegatch, da equipe Unifunvic/Pindamonhangaba, comemorou o tetracampeonato da prova após marcar 28min53se para percorrer os 20km do percurso. Tamires Radatz, do Avai/FME Florianópolis, registrou 29min30seg e conquistou a segunda colocação, seguida por Taise Benato, da Santos Cycling Team/Fupes, com 29min50seg na terceira posição. “Esse é o meu quarto título nacional de contrarrelógio e teve um gostinho ainda mais especial. Eu não tive oportunidade de fazer nenhum teste para esse brasileiro, peguei dengue, tive uma queda recente, então agora é que estou retomando os treinos e fiquei muito feliz com o meu desempenho”, destacou Ana Paula Polegach.

Leia Também:  Encontro celebra Mês da Mulher no Centro de Referência Especializado de Assistência Social

Os campeões das categorias de base foram: Pedro Miguel (Indaiatuba Cycling Team) e Mayra da Costa e Silva (Santos Cycling Team/Fupes) na Júnior; Luis Fernando Bonfim e Catharine Vieira (Associação Ciclistica Rolandense) na Juvenil e Pedro Lucas e Manuela de Carvalho na Infantojuvenil.

Provas 

A prova de contra-relógio no ciclismo consiste em disputas individuais. O ciclista percorre um percurso mais curto que as demais provas, normalmente varia entre 30 e 40 quilômetros de extensão. O competidor que faz o percurso no menor tempo se torna o vencedor da prova. 

Outra modalidade é a prova de resistência, uma corrida onde os atletas largam juntos formando um extenso pelotão. Diferente da disputado no contrarelógio, nessa prova os atletas contam com companheiros de equipes e percorrem longas distâncias, normalmente, acima de 100 quilômetros. O vencedor é aquele que cruzar a linha de chegada em primeiro lugar.

Organização

O Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Estrada 2022 é uma organização e realização da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e Federação Tocantinense de Ciclismo (FTC), com apoio da Prefeitura Municipal de Palmas, por meio da Fundação Municipal do Esporte e Lazer (Fundesportes), Governo do Estado do Tocantins e ASW Racing.

Leia Também:  Boletim Epidemiológico deste sábado,12, informa 13 novos casos de Covid-19 na Capital

Programação

24/06 – Prova de resistência – Categorias de base

25/06 – Prova de Resistência – Elite e Sub23 feminino

26/06 – Prova de resistência – Elite e Sub23 masculino
 

Texto: Deni Rocha e Chico Barros/Secom

Edição: Secom

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA