PALMAS

PALMAS

Resolve Palmas recebe visita do grupo espanhol da Fundesplai

Publicado em

A Unidade do Resolve Palmas, localizada na Av JK, recebeu na tarde desta quarta-feira, 20, o presidente da Fundesplai, Josep Gassó, que estava acompanhado de sua equipe e também dos representantes da Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi) na Capital. A comitiva foi recepcionada pela secretária-executiva do Resolve Palmas, Rosângela Lara Gomes e pela secretária-executiva da Casa Civil Regina Peu.

Durante a visita foi apresentado ao grupo espanhol como são as atividades desenvolvidas dentro das Unidades do órgão pelos jovens aprendizes e como é importante o programa que dá a oportunidade de inserir os jovens no mercado de trabalho. De acordo com a secretária-executiva Rosângela, nos abrimos as portas no mercado de trabalho para esses jovens que no futuro já vão chegar profissionais capacitados. “Nós ensinamos e acompanhamos diariamente a rotina de trabalho que é realizada, pois a complementação e qualificação do processo de formação, favorece o aprendizado, na prática, e a aplicação dos conhecimentos técnicos aumentam as chances de que o jovem seja contratado, consiga ingressar em seu primeiro emprego e continue por lá”, destacou.

Leia Também:  Saúde de Palmas leva 'Busão do Mais Saúde' e posto de atendimento médico para a Agrotins

Para o presidente da Fundesplai, Josep Gassó, a visita teve o objetivo de conhecer como é a atuação dos jovens aprendizes que atuam dentro das unidades do órgão. “Estou impressionado com o que vi aqui, com a metodologia de trabalho e como o programa funciona. A oportunidade e a inserção de jovens no mercado de trabalho e uma iniciativa bacana, que vem somar na vida das pessoas. Vamos levar o que vimos aqui e usar em nosso país para incluir os jovens espanhóis em ações sociais para transformar vidas”, informou.

Já para a conselheira presidente da Renaspi, Raquel Barbosa, é ótimo contar com parceiros que viabilizam sonhos e o Resolve Palmas é um deles. “Nosso objetivo é somar e ter cada vez mais parceiros para atender os jovens. É uma satisfação saber que o nosso projeto vem dando certo, pois fazemos sempre na expectativa de fazer o melhor e ajudar cada vez a transformar a vida de jovens e de toda a sociedade, aliando tecnologia, educação, oportunidade e geração de renda”, enfatizou.

Resolve Palmas/Renapsi

Desde que iniciou a parceria do Resolve Palmas e Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi), já passaram pelas unidades do órgão mais de 180 jovens aprendizes. Para fazer parte do programa é necessário possuir idade entre 14 e 22 anos. O contrato de trabalho é de 16 meses. A jornada de trabalho é de 6 horas diárias. Além do estágio supervisionado nas unidades os jovens ainda participam de cursos e palestras.

Leia Também:  Cinthia Ribeiro anuncia início do ano letivo com obrigatoriedade do comprovante de vacinação para público acima de 12 anos

Fundesplai

A Fundesplai é uma Organização não-governamental, localizada na Espanha, com sedes em Madrid e Barcelona. Tem 20 anos de história e sua missão é promover o empoderamento e capacitação cidadã, tendo como perspectiva os direitos humanos e a luta pela inclusão e transformação social daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade e exclusão.Texto: Redação Resolve Palmas.

Texto: Edição: Secom/Palmas

Fonte: Prefeitura de Palmas

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

PALMAS

Prefeitura de Palmas concede adicional de insalubridade para mais três categorias profissionais

Published

on

A Prefeitura de Palmas concedeu adicional de insalubridade para biólogos, farmacêuticos/bioquímicos e condutores de ambulâncias das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Unidades de Saúde da Família (USFs), profissionais vinculados à Secretaria Municipal da Saúde (Semus). A mudança está publicada no Decreto Nº 2.242, no Diário Oficial do Município (DOM) desta segunda-feira, 15, que altera o Decreto Nº 1.195/2016, que dispõe sobre o adicional. 

A adição de mais áreas foi feita por determinação da prefeita Cinthia Ribeiro à Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Humano de Palmas (Seplad), que realizou estudos de viabilidade orçamentária e financeira para instituir benefícios aos servidores da rede municipal de saúde da Capital. Saiba mais.  

Sobre o Decreto Nº 2.242, o secretário municipal da Saúde, Thiago Marconi, enfatizou que o Município tem trabalhado no dia a dia para valorizar os servidores e, por consequência, a população. “Estamos sempre trabalhando na valorização e no cumprimento do direito dos servidores, para que tenhamos melhores profissionais, a fim de que a população tenha sempre um melhor atendimento”, afirmou. 

Leia Também:  Salário dos servidores de Palmas estará na conta nas primeiras horas desta sexta

Conforme o novo decreto, para receber o benefício o servidor deve desenvolver as atividades permanentes com riscos ocupacionais no seu local de lotação. No caso dos farmacêuticos/bioquímicos, a concessão do adicional de insalubridade será apenas para serviços exclusivos de análises clínicas que envolvam os processos de coleta e processamento de amostras e/ou materiais biológicos no ambiente laboratorial.

Anteriormente, já recebiam o adicional biomédicos, enfermeiros, médicos, veterinários, odontólogos, fisioterapeutas, técnicos em enfermagem, técnicos em laboratório de análises clínicas, auxiliares de consultório dentário, protético dentário e técnicos em radiologia; auxiliares de enfermagem, Agente Comunitário de Saúde (ACS), Agente de Combate às Endemias (ACE), Agente de Limpeza Urbana (ALU), bem como motoristas condutores da Unidade de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e de unidade de transporte de pacientes para as sessões de hemodiálise.

O documento informa que o adicional será calculado sobre o vencimento base do cargo do servidor. Receberão o valor de 10%  servidores lotados nas USFs, policlínicas, centros de referências e especialidades, Henfil, Laboratório Municipal, CAPS II e AD III e Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses; têm direito a 20% de adicional os servidores lotados nas unidades de urgência e emergência;  e 40% os técnicos em radiologia e biólogos lotados na Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses (UVCZ) que executem atividades insalubres indicadas em Laudo Técnico. 
 

Leia Também:  Cinthia Ribeiro anuncia início do ano letivo com obrigatoriedade do comprovante de vacinação para público acima de 12 anos

Fonte: Prefeitura de Palmas

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA