PALMAS

PALMAS

Semus oferece atendimentos do Grupo de Apoio Terapêutico ao Tabagista (Gatt)

Publicado em

PALMAS

A Secretaria Municipal da Saúde (Semus) oferece atendimentos de pacientes fumantes que desejam parar de fumar. Na Capital, existe o Grupo de Apoio Terapêutico ao Tabagista (Gatt), do Programa Municipal de Controle de Tabagismo (PMCT). A Coordenação Técnica de Doenças e Agravos não Transmissíveis (CTDANT) da Semus, onde o projeto está inserido, tem a intenção de levar o atendimento para todas as Unidades de Saúde da Família (USF) até 2023, sendo que a da Arno 44 (409 Norte) é a primeira a aderir ao serviço de assistência à saúde neste ano.  

Para realizar os atendimentos, os servidores da saúde passaram por capacitação para aprimorar a técnica de realização do tratamento do fumante. Ao todo, foram capacitados 33 profissionais de saúde, entre médicos, odontólogos, farmacêuticos e enfermeiros, áreas profissionais essenciais para o tratamento. Nesta semana, foi iniciada a triagem dos usuários da Arno 44 (409 Norte) para adesão ao tratamento. 

Na unidade, o atendimento é organizado pela farmacêutica do Programa Palmas para Todos (PPT) da Fundação Escola de Saúde Pública (Fesp), Rosiane Cunha. Ela afirma que a captação de pacientes tem sido feita durante as consultas. “Essa é uma estratégia importante para encontrar aqueles mais motivados e que têm mais chance de concluir o tratamento”, afirma. 

Leia Também:  Novos requerimentos de autoria do Vereador Pedro Cardoso são apresentados na Câmara de Palmas

A merendeira Suelene Lima Bueno, de 50 anos, foi a primeira paciente a ser triada para o tratamento na USF da Arno 44. Ela fuma desde os 14 anos de idade. “Resolvi parar de fumar porque descobri que estou com trombose. Já tentei largar o fumo por conta própria diversas vezes e não consegui. Agora eu acredito que vou conseguir com a ajuda que vou receber aqui na unidade. Quero mudar de vida e ter saúde”, disse a paciente.

Programa

O programa multidisciplinar versa sobre a mudança do estilo de vida do paciente. Nos grupos são ensinadas estratégias para a pessoa que deseja parar de fumar lide com problemas como ansiedade, estresse, a solidão que podem estar atreladas ao uso contínuo do tabaco. Interessados no tratamento podem procurar sua unidade de referência de saúde e relatar as dificuldades, podendo ser encaminhado para o acompanhamento.

“A pessoa que deseja parar de fumar se defronta com grandes desconfortos físicos e psicológicos que trazem sofrimento e que pode impor a necessidade de várias tentativas até que finalmente consiga abandonar o tabaco. Entender o que acontece com a pessoa que tenha hábitos tabágicos e suas tentativas de parar de fumar é fundamental para que se possa ter a real dimensão do problema”, afirma a coordenadora técnica do CTDANT, Andreza Domingos da Silva.

Leia Também:  Empreendimentos de Palmas serão objeto de estudo de impacto de vizinhança

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PALMAS

Palmas 33 anos: desfile cívico e militar marca as festividades de aniversário da Capital

Publicados

em

Com o tema ‘Palmas para a Educação’ estudantes da rede municipal mostraram criatividade no desfile cívico e militar em comemoração aos 33 anos da Capital, realizado na tarde desta sexta-feira, 20, na Avenida D, Aureny III, região sul da cidade. O evento foi prestigiado por milhares de pessoas e pela prefeita Cinthia Ribeiro que passou em revista às tropas acompanhada de autoridades civis e militares.

Uma apresentação acrobática aérea, realizada pela Esquadrilha Fox, do Distrito Federal, movimentou todos os olhares para céu. As três aeronaves executaram manobras acrobáticas formando efeitos visuais pela fumaça que saía de cada uma delas.

As escolas municipais representaram temáticas presentes no ensino palmense. Desfilaram, cerca de 1.500 alunos de seis unidades educacionais da rede municipal, sendo elas, Escola de Tempo Integral (ETI) Caroline Campelo, ETI Eurídice Ferreira de Mello, ETI Margarida Lemos, ETI Padre Josimo, ETI Anísio Teixeira e ETI Almirante Tamandaré.

A prefeita Cinthia salientou que pensou numa programação que contemplasse todas as regiões da cidade. Acerca da programação escolhida para a região sul, ela destacou: “É uma alegria muito grande ver nossas escolas, as forças de segurança e demais instituições desfilando. Estou muito feliz.”

Leia Também:  Novos requerimentos de autoria do Vereador Pedro Cardoso são apresentados na Câmara de Palmas

Os pais da pequena Vitória Naomi Dutra Vilhena, 6 anos, acompanhavam exultantes a apresentação da filha, estudante do 1º ano, da ETI Almirante Tamandaré. Vitória estava à frente do pelotão da escola sob o tema tecnologias, seguida pelos colegas. A mãe, Juliana Dutra, falou da emoção e expectativa da filha em participar do desfile, desde a confecção do uniforme de gala. Ela relata a emoção da família em ver o entusiasmo da filha de poder representar a sua escola, tal qual os primos, estudantes da unidade há mais tempo.

História

O desfile cívico e militar se tornou tradição sendo em 2022 o 16° evento realizado em comemoração ao aniversário da Capital. Procura-se com isso manter o costume, oportunizando aos estudantes e à comunidade a prática da cidadania, além de demonstrar a importância ato cívico, que alegra e emociona os participantes e o público em geral.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA