PALMAS

POLÍCIA

Governo do Tocantins lança edital de pesquisa e autoriza recurso para temporada de praia e Programa de Fortalecimento da Economia

Publicado em

Nesta quarta-feira, 29, o Palácio Araguaia foi palco de lançamento de editais e assinaturas de ordens de pagamento realizadas pelo Governo do Tocantins. As ações contemplam o lançamento do edital de pesquisa científica para a área da biodiversidade, a ordem de pagamento de recurso para a Temporada de Praias 2022 e realização de Festas Tradicionais, e a autorização do pagamento da primeira parcela do Programa de Fortalecimento da Economia, Geração de Emprego e Renda.

O governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, enalteceu a beleza das praias tocantinenses e pontuou que a segurança pública precisa ser reforçada nos período de praias. Também abordou a importância da pesquisa científica para o desenvolvimento do Estado e a necessidade das parcerias do Governo com os municípios para melhorar a qualidade de vida da população.

“O Governo não pode trancar a porta, precisa estar em diálogo e fazer com que os prefeitos trabalhem junto conosco. Precisamos fazer por todas as áreas. Temos que dar apoio aos profissionais da Saúde, da Educação, melhorar a infraestrutura e a segurança pública”, declarou o Governador. 

Pesquisa Científica

Na ocasião, a Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapt) e o Instituto Natureza (Naturatins) lançaram o edital Pesquisa para Unidades de Conservação, que tem por objeto o apoio a projetos de pesquisa aplicados ao conhecimento, monitoramento, manejo, uso e proteção da biodiversidade, do patrimônio cultural e dos recursos naturais em unidades de conservação estaduais do Tocantins. Nesta fase serão destinados R$ 1,3 milhão, podendo cada projeto receber até R$ 100 mil. 

O recurso é oriundo de compensação ambiental para ser aplicado nas unidades de conservação. O presidente do Naturatins, Renato Jayme da Silva, comemorou o lançamento do edital, que é específico para finalizar pesquisas na área da biodiversidade. “Não consegue gerar conhecimento se não tiver pesquisa. Veja que a pesquisa deve ser a base para a segurança de todas as ações governamentais que fazemos no Estado. Essas pesquisas vão mostrar um novo canário”, finalizou. 

Leia Também:  PM prende homem suspeito de cometer roubos em Palmas

O presidente da Fatp, Márcio Antônio da Silveira, destacou a importância da pesquisa para o Tocantins. “A gestão fez a determinação para que as pastas fizessem a integração entre si. A fundação tem o papel de amparar a comunidade científica. A abertura deste edital de parceria entre o Naturatins e a Fapt insere uma oportunidade para estudar esses ambientes, que vai engrandecer o nosso Estado”, previu.

Temporada de Praia

Também foi realizada a cerimônia de assinatura da ordem de pagamento do recurso relativo à Temporada de Praias 2022 e a realização de Festas Tradicionais, que visa fomentar as programações oficiais dos municípios entre julho e agosto. Para essa ação serão destinados R$ 3,8 mi, provenientes do Tesouro do Estado, para investimentos em infraestrutura e segurança.

Ao todo serão contemplados 23 municípios. Para o secretário de Cultura e Turismo, Hercy Filho, esses recursos contribuirão para atrair turistas e fomentar a economia dos municípios e do Estado. “A temporada e as festas são ferramentas para cultivar a cultura e suas expressões. Isso gera renda, movimenta o comércio”, pontuou. 

Será viabilizado apoio financeiro para o Corpo de Bombeiros desenvolver atividades de segurança dos turistas nas praias. O comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel QOBM Carlos Eduardo de Souza Farias, disse que haverá o lançamento de um projeto piloto com guardas vidas civis para auxiliar nos trabalhos de segurança durante a temporada de praia. “Alguns formados como guardas serão contratados pelos municípios e outros junto com o Governo. Teremos, possivelmente, em todas as praias essa fiscalização”, adiantou. 

Já o comandante geral da Polícia Militar, coronel QOPM Júlio Manoel da Silva Neto, afirmou que a PM estará presente nos locais turísticos e praias de forma mais intensiva neste período. “Nos finais de semana e quando tiver shows nossos alunos [dos cursos de formação] estarão presentes para realizar a segurança da população”, revelou. 

Leia Também:  PM retira armas de fogo de circulação e prende suspeitos em Colinas e Bela Vista

Programa de Fortalecimento

A autorização da liberação e o pagamento da primeira etapa do recurso do Programa de Fortalecimento da Economia, Geração de Emprego e Renda contempla mais sete municípios, por meio de transferências realizadas por meio da Secretaria da Educação (Seduc) e da Secretaria dos Esportes e Juventude (Sejuv). Ao todo, são mais de R$ 7,3 milhões investidos para o fortalecimento das políticas públicas voltadas aos municípios. 

Os convênios contemplam o repasse de recursos para investimentos em equipamentos esportivos, como a construção de complexos poliesportivos, de ginásio poliesportivos, de campos society, reforma e ampliação de campos de futebol e reforma e ampliação de estádios municipais. 

“Temos complexos esportivos, campos de futebol e outras obras. Hoje são cerca de R$ 7 milhões e finaliza os projetos que estavam em andamento. A educação hoje tem um olhar dedicado do Governo que nos dá autonomia para nos integrarmos e atendermos as demandas da sociedade”, destacou o secretário da Educação, Fábio Pereira Vaz.

O evento teve a participação de secretários de Governo, senadores, deputados federais e estaduais, além de prefeitos e secretários municipais.

Revisão Textual: Cacau Ferreira

Comandante-Geral da PMTO, Julio Manoel da Silva Neto em pronunciamento durante o evento. – Ademir dos Anjos file_download

O evento aconteceu no Auditório do Palácio Araguaia. – Ademir dos Anjos file_download

Governador Wanderley Barbosa. – Ademir dos Anjos file_download

O evento aconteceu no Auditório do Palácio Araguaia. – Ademir dos Anjos file_download

Fonte: Policia – GOV TO

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

POLÍCIA

Polícia Civil deflagra operação Absterge e desarticula organização criminosa que atuava no Tocantins e no Maranhão

Published

on

A Operação Absterge, que faz menção a limpeza ou purificação

Na manhã desta segunda-feira, 15, a Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), com apoio da Polícia Militar, Polícia Penal, Ministério Público Estadual do Tocantins e o Centro Tático Aéreo do Maranhão, deflagrou a Operação Absterge com o objetivo de desarticular uma facção criminosa do Maranhão que tentava se instalar em Augustinópolis e vinha cometendo crimes, entre eles, quatro homicídios, tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Aproximadamente 100 policiais participaram da ação que visou cumprir um total de 43 mandados de prisão preventiva, prisão temporária e busca e apreensão nas cidades de Augustinópolis (TO), João Lisboa e São Luís, ambas no Maranhão. Os alvos já vinham sendo monitorados pela Polícia Civil há cerca de dois meses.

O delegado titular da 12ª Delegacia de Polícia Civil em Augustinópolis e coordenador da operação, Jacson Wutke, explicou que além do cumprimento de mandados, a Operação teve o objetivo de impedir que a facção criminosa do Maranhão se instalasse no município tocantinense.

Leia Também:  Operação Catarse: servidora pública e mais cinco ex-gestores são indiciados por peculato

“Hoje nosso principal objetivo é desarticular uma organização criminosa que buscava se enraizar aqui no município de Augustinópolis. Basicamente uma atuação voltada para o tráfico de drogas e homicídios. Até o momento 21 pessoas foram presas, eram 23 mandados de prisão, tivemos dois evadidos e um que acabou indo a óbito em razão de confronto com a polícia. Mas de um modo geral foi uma operação exitosa, tivemos grande apreensão de drogas e armas de fogo e outros objetos que vão ajudar a elucidar os crimes investigados pela Polícia Civil”, destacou o delegado.

Prisões

Do total de mandados, 23 eram de prisões, dos quais 21 foram cumpridos já que dois dos alvos conseguiram fugir antes da chegada da polícia.

Do total de presos, sete eram mulheres que estavam sendo investigadas por associação criminosa e tráfico de drogas.

Um menor de 16 anos também foi apreendido, apontado como integrante de facção criminosa. O adolescente tem longa ficha criminal envolvendo crimes como homicídio e ocultação de cadáver.

Leia Também:  Polícia Militar detém suspeitos de roubo e recupera objetos nas cidades de Araguaína, Palmas e Gurupi

Tanto as mulheres como o adolescente foram encaminhados para a Central de Flagrantes em Araguatins para depois serem reconduzidos para as Unidades Prisionais.

Já os homens presos nesta operação foram conduzidos diretamente para o presídio de Augustinópolis.

A Operação Absterge, que faz menção a limpeza ou purificação, também acontece dentro do Presídio de Augustinópolis, no qual será realizada uma revista nas celas.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA