PALMAS

POLÍCIA

Operação conjunta entre Polícia Militar e Polícia Civil, resulta em apreensões de armas e drogas em Conceição do Tocantins

Publicado em

POLÍCIA

Nesta sexta-feira, 29, a Equipe de Força Tática da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar, em apoio à Polícia Civil, realizou operação conjunta para cumprimento de mandado de busca e apreensão, expedido pelo juiz de direito da vara criminal da comarca de Arraias, na cidade de Conceição do Tocantins.

Durante a operação, foram registrados duas ocorrências. A primeira na Avenida Contorno, por volta das 12 horas, onde foi localizado um simulacro de arma de fogo, aproximadamente três gramas de sementes aparentando ser de maconha, e dois celulares. 

Os dois envolvidos foram conduzidos à delegacia juntamente com os objetos apreendidos, onde ficaram a disposição do delegado.

A segunda ocorrência foi registrada na Avenida Mato Grosso por volta de 14h, onde foi apreendido um aparelho celular pertencente à proprietária da casa. Na residência foi localizado com primeiro suspeito de 26 anos: um aparelho celular, 01 revólver calibre .32 contendo 06 munições no tambor, sem numeração e marca visível, 01 coronha de madeira para espingarda, e um aparelho celular. Todos os produtos são provenientes de furto.

Leia Também:  PM prende bêbado com faca e equipamentos de som

No quarto do segundo suspeito de 44 anos, foi localizado 01 espingarda calibre 32 e cinco cartuchos intactos, sem marca e numeração aparentes.

Os autores foram conduzidos juntamente com as armas, munição e aparelhos celulares para central de atendimento da Polícia Civil em Arraias, onde foram lavrados os autos de prisão em flagrante.

Edição: Andressa Santos

Revisão Textual: Andressa Santos

Fonte: link

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Ex-prefeito Ronaldo Dimas é alvo de operação da Polícia Federal por suspeita de fraudes

Publicados

em

A Polícia Federal realiza, na manhã desta quinta-feira (19), uma operação em nove cidades da região norte do Tocantins para investigar fraudes em contratos de transporte escolar e desvios milionário de dinheiro público. As irregularidades teriam acontecido entre os anos de 2013 e 2018. Os alvos estão ex-prefeitos, gestores públicos e servidores, entre eles o ex-prefeito e pré-candidato a governador Ronaldo Dimas (PL).

Um dos mandados de busca e apreensão está sendo cumprido na casa de Dimas, que procurado por nossa reportagem disse através de sua assessoria que “Os advogados do ex-prefeito estão acompanhando a operação e colaborando com as autoridades. Vamos nos manifestar assim que acabar essa fase da operação”.

Mandados de busca e apreensão são cumpridos em Araguaína, Araguatins, Babaçulândia, Filadélfia, Goiatins, Nova Olinda, Riachinho, São Bento e Xambioá.

A investigação aponta que os suspeitos teriam recebido propina em um esquema. Ao longo do dia devem ser cumpridos 70 mandados de busca e apreensão e cinco medidas de afastamento da função pública e proibição de acesso a órgãos públicos.

Leia Também:  Balanço parcial da Polícia Militar sobre o carnaval tem baixo índice de registros
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA