PALMAS

APREENSÃO

Polícia Civil apreende mais de 220 kg de drogas dentro de avião em Porto Nacional

Publicado em

POLÍCIA

O piloto e o copiloto da aeronave, que tinha decolado em Jaboticabal (SP), foram presos em flagrante.

A Polícia Civil do Tocantins (PC-TO) apreendeu na tarde desta quinta-feira, 3, em Porto Nacional, 221 kg de cloridrato de cocaína (pasta base), avaliados em R$ 80 milhões. A apreensão ocorreu após a PC-TO receber informações da Polícia de São Paulo dando conta de um possível pouso de aeronave que estaria transportando entorpecentes.

Após receber as informações, a equipe da 7ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (DEIC – Porto Nacional), com apoio da Polícia Militar e da Guarda Metropolitana de Porto Nacional, passou a monitorar os aeroportos e pistas de pouso da cidade.

A droga estava em um avião da Embraer, modelo BEM-810C, avaliado em R$ 400 mil. O piloto e o copiloto da aeronave, que tinha decolado em Jaboticabal (SP), foram presos em flagrante.

“Ao verificarmos o pouso da aeronave, efetuamos a abordagem, constatamos o transporte de drogas e demos voz de prisão aos dois tripulantes, que foram conduzidos para a Central de Atendimento da Polícia Civil para a lavratura do flagrante”, explicou o delegado Túlio Pereira Mota, acrescentando que a apreensão da droga gerou um prejuízo ao crime de R$ R$ 80.400.000,00.

Leia Também:  Wanderlei chega a 100 dias de gestão com mais de 1,5 mil títulos definitivos entregues

Ainda segundo o delegado, os tabletes de droga foram encontrados dentro de malas e tinham impressos o rosto do Al Capone, gângster americano mais famoso da história que dominou o crime organizado em  Chicago, nos Estados Unidos.

Operação Hórus

A ação  desta quinta-feira faz parte da Operação Hórus no Tocantins. A operação é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e atua no combate ao crime nas fronteiras e divisas do país. Com a coordenação da Secretaria de Operações Integradas (Seopi/MJSP), ela se consolida como uma ação integrada das forças de segurança pública no combate ao crime organizado e repressão aos delitos transnacionais.

Al Capone

Alphonse Gabriel mais conhecido como “Al” Capone foi um gângster e mafioso americano que viveu nos Estados Unidos nas décadas de 1920 e 1930. Al Capone liderou um grupo criminoso que geria diversas atividades criminosas, como apostas, agiotagem, prostituição e, principalmente, comércio e contrabando de bebidas. Em 1931, foi condenado pela justiça americana por sonegação de impostos a onze anos de prisão sem condicional.

Leia Também:  MEI's da Capital terão apoio na Declaração Anual de Faturamento do Simples

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Assessoria da Polícia Militar que atua junto à Assembleia Legislativa do Tocantins, realiza 1° “Arraiá Sem Alteração”

Publicados

em

O “Arraiá Sem Alteração”, a primeira festa junina organizada pela Assessoria da  Polícia Militar que atua junto à Assembleia Legislativa do Tocantins, acontece nesta sexta-feira, 24 e deve reunir, além dos militares que exercem suas funções junto à Casa de Leis, o Comandante-Geral da Polícia Militar, coronel Julio Manoel da Silva Neto,  diversas autoridades do Legislativo, Executivo e membros da comunidade Palmense.

O evento tem por objetivo, homenagear a cultura popular brasileira, através da junção de elementos culturais da região norte e nordeste, principalmente. Além disso, será uma oportunidade de reunir os servidores em um momento de interação e descontração.

Segundo o Chefe da AAL – Tenente-Coronel QOPM Wellder Messias Cavalcante, o evento é uma oportunidade de fortalecer laços de amizade.

“Este é o momento de se oportunizar aos militares e seus familiares momentos de interação, fortalecendo os laços de amizade e fomentando a tão indispensável camaradagem entre aqueles que atuam na proteção da sociedade, e para isso, nada melhor que uma data em que tradicionalmente, rende-se homenagem à cultura popular, especialmente ao homem sertanejo que tanto contribuiu para a construção do Tocantins”, Disse.

Leia Também:  Homem tenta matar ex-namorada e acaba detido e amarrado por populares

Edição: Andressa Santos

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA