PALMAS

PARANÃ

Polícia Militar apreende armas de fogo e munições na zona rural

Publicado em

POLÍCIA

Nesta quarta-feira, 04, a Polícia Militar localizou armas e munições durante cumprimento de Mandado Judicial da Comarca de Paranã – TO. A abordagem aconteceu em uma fazenda da região.

A Polícia Militar foi solicitada para prestar apoio ao Poder Judiciário, para dar cumprimento ao Mandado de reintegração, na Fazenda Beleza. No local a guarnição de radiopatrulha visualizou um homem que correu rumo ao matagal com um objeto aparentando ser uma arma de fogo. Parte da equipe procedeu abordagem aos envolvidos que permaneceram no local e outra parte foi no encalço do indivíduo que evadiu-se.

Foi localizado na barraca de um dos autores, uma arma de fogo adaptada para calibre 22 de marca Rossi, com 23 munições, além de um revólver calibre 38, de marca Taurus com 10 munições intactas e três deflagradas que estava na mochila do mesmo indivíduo, homem de 60 anos, que logo assumiu a posse das armas.

O segundo autor, masculino de 62 anos, que havia evadido, foi alcançado e em alguns metros do mesmo foi localizado um Rifle calibre 22 de marca CBC, que tinha sido dispensado por ele no matagal.

Leia Também:  Delegacia da Mulher em Palmas é alvo de ladrões

Foi realizado ainda busca no veículo do segundo autor, onde foi encontrado 216 munições calibre 22, além disso foi constatado que seu veículo, uma Ford Ranger, estava com a placa adulterada com fita isolante, o autor afirmou que a arma e as munições lhe pertencia e que ele mesmo havia adulterado a placa do carro.

Foi cumprido o mandado pela oficial de justiça e diante dos fatos todo material apreendido e os envolvidos foram conduzidos à Central de Flagrantes da Polícia Civil na cidade de Arraias, para as devidas providências.

Revisão Textual: Cacau Ferreira

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Ex-prefeito Ronaldo Dimas é alvo de operação da Polícia Federal por suspeita de fraudes

Publicados

em

A Polícia Federal realiza, na manhã desta quinta-feira (19), uma operação em nove cidades da região norte do Tocantins para investigar fraudes em contratos de transporte escolar e desvios milionário de dinheiro público. As irregularidades teriam acontecido entre os anos de 2013 e 2018. Os alvos estão ex-prefeitos, gestores públicos e servidores, entre eles o ex-prefeito e pré-candidato a governador Ronaldo Dimas (PL).

Um dos mandados de busca e apreensão está sendo cumprido na casa de Dimas, que procurado por nossa reportagem disse através de sua assessoria que “Os advogados do ex-prefeito estão acompanhando a operação e colaborando com as autoridades. Vamos nos manifestar assim que acabar essa fase da operação”.

Mandados de busca e apreensão são cumpridos em Araguaína, Araguatins, Babaçulândia, Filadélfia, Goiatins, Nova Olinda, Riachinho, São Bento e Xambioá.

A investigação aponta que os suspeitos teriam recebido propina em um esquema. Ao longo do dia devem ser cumpridos 70 mandados de busca e apreensão e cinco medidas de afastamento da função pública e proibição de acesso a órgãos públicos.

Leia Também:  Após efetuar disparos, homem é preso com duas armas de fogo
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA