PALMAS

POLÍCIA

Psicopata Lázaro Barbosa morre em troca de tiros com a polícia após 20 dias de cerco

Anúncio da morte do bandido em confronto foi feito na manhã desta segunda-feira, 28.

Publicado em

POLÍCIA

A caçada ao assassino Lázaro Barbosa, de 32 anos, terminou na manhã desta segunda-feira (28). O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, anunciou nas redes sociais a prisão, mas  o rapaz criminoso, na verdade, morreu durante troca de tiros com a polícia. (continua abaixo)

Condenado por assassinatos e estupros, o fugitivo da Justiça era procurado por uma série de crimes na Bahia e em Goiás. Ele é acusado pela morte de quatro pessoas da mesma família em Ceilândia (DF) no dia 9 de junho, quando iniciou a fuga. 

Comparada às buscas de criminosos que acabaram ganhando notoriedade mundial, a procura por Lázaro começou no dia 9 de junho, uma quinta-feira, quando ele fugiu depois de assassinar quatro pessoas da mesma família, em Ceilândia (DF).

De lá para cá, foram 14 dias de caçada, com elementos que, cedendo ao lugar comum, parecem ficção. Mais de 250 homens, todos os dias, estão envolvidos, além de recursos como drones, helicópteros, cães farejadores.

A despeito disso, Lázaro refez reféns, provocou incêndios, atirou contra policiais, amedrontou região inteira de Goiás, onde os moradores são, em sua maioria, sitiantes.

Leia Também:  Polícia prende em Gurupi assassino que matou lutador famoso há 19 anos em Goiás

Espalhado em velocidade dos tempos atuais, instantânea, os boatos povoaram a rede social, assim como as piadas de quem conseguiu achar engraçada situação tão séria.

Desde que Lázaro passou a ser foragido, se fosse um filme, seriam vários momentos de dramaticidade em alta.

Em um dos dias, segundo a Polícia Militar de Goiás, o criminoso ficou a tarde toda bebendo em chácara onde fez o caseiro refém. Depois, baleou três homens em outra propriedade e roubou armas de fogo.

Na mesma data, à noite, teria ainda incendiado casa e trocado tiros com a polícia antes de fugir para a mata. A região é de relevo acidentado, cortado por riachos, córregos, que o procurado conhece bem por ser “mateiro”.

Chegou ao cúmulo de exigir de moradores a preparação de refeição sob ameaça. Desse lugar, escapou com cerca de R$ 200, roupas e celulares. Em Ceilândia, amarrou um morador e roubou um carro do modelo Fiat Palio, fugindo em seguida para Cocalzinho de Goías.

Dois dias depois, na tarde do dia 15 de junho, policiais se aproximaram de chácara onde Barbosa fazia três pessoas reféns em Edilândia, segundo os investigadores. Nesse momento, nouve troca de tiros. Um policial foi atingido de raspão, sendo transportado de helicóptero a Anápolis. A família nada sofreu.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

PM reabre inscrições para candidatos realizarem pedido de restituição do concurso anulado

Publicados

em


A Polícia Militar do Tocantins (PMTO), por meio do presidente da Comissão de Concurso Público da PMTO, coronel QOPM Marizon Mendes Marques, no uso das suas atribuições legais, torna público a reabertura do edital de devolução de taxa de inscrição em concurso público (nº 004/2021), referente aos certames abertos pelo Edital nº 001/CFO2018/PMTO e Edital nº 001/CFSD-2018/PMTO, para os cargos de Cadete I e Aluno – Soldado, respectivamente, os quais foram anulados por decisão judicial.

De acordo com o edital tem direito ao ressarcimento das taxas de inscrição, os candidatos inscritos no concurso, mediante pagamento de taxa que constarem na relação de candidatos que fazem jus ao reembolso, exceto os candidatos isentos e os que obtiveram o reembolso anteriormente.

A relação dos candidatos que têm direito à restituição, será divulgada no endereço eletrônico https://ressarcimentoconcurso2018.pm.to.gov.br/login, mesmo local onde o interessado deverá solicitar o reembolso para o(s) certame(s) no(s) qual(is) se inscreveu, preenchendo os dados solicitados no campo próprio do sistema de ressarcimento. É obrigatória a apresentação de dados bancários de conta, cujo candidato seja titular, que esteja apta a receber a restituição. A PMTO não se responsabiliza por dados incorretos ou preenchimento incompleto.

Leia Também:  Preso segundo suspeito de matar e esconder o corpo de um jovem de 16 anos em cisterna

Desde a anulação do concurso, conforme Portaria n° 047/2019 – GCG, de 3 de setembro de 2019, publicada no Diário Oficial do Estado do Tocantins n° 5.437, de 9 de setembro de 2019, a Polícia Militar do Tocantins tomou todas as medidas cabíveis para realizar a devolução da taxa de inscrição dos candidatos. 

O sistema de reembolso estará disponível pelo endereço eletrônico: https://ressarcimentoconcurso2018.pm.to.gov.br/login, a partir de 23/08/2021 até o dia 06/10/2021. Após o encerramento do prazo, será realizada a análise dos pedidos encaminhados. 

O pagamento do ressarcimento será processado pela Polícia Militar do Estado do Tocantins, em lotes de restituição. No caso de dúvidas em relação ao procedimento de restituição, os candidatos poderão clicar, dentro do site, na opção “Dúvidas Frequentes (FAQ)” no campo “vizualizar”. 

Clique no link abaixo e veja na íntegra o edital:

Edição: Gisele Burjack

Revisão Textual:

Leia Também:  Polícia Civil prende suspeito de ser um dos maiores estelionatários do Tocantins

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA