PALMAS

POLÍTICA

Adriano Rabelo registra candidatura

Adriano considera que ser o primeiro a entregar a documentação exigida expõe o comprometimento da coligação em atender a Justiça Eleitoral dentro dos prazos estabelecidos, além de demonstrar o seu perfil de bom gestor

Publicado em

Defendendo uma campanha focada em propostas para mudar e renovar Colinas, Adriano Rabelo (PRB) registrou sua candidatura a prefeito no fim da tarde de sexta-feira, 12. Ele tem Aurelino Pires (PTN) como candidato a vice. A coligação “É Tempo De Mudar Para Melhorar!” (PRB, PTN, Pros, PPL, PPS, PHS, PRP, PTC, PSDC, SD e PSL) é a primeira a registrar as candidaturas em toda a 4ª Zona Eleitoral (ZE) do Tocantins, que abrange Colinas e outros três municípios da região.

Adriano considera que ser o primeiro a entregar a documentação exigida expõe o comprometimento da coligação em atender a Justiça Eleitoral dentro dos prazos estabelecidos, além de demonstrar o seu perfil de bom gestor. “É o exemplo que queremos dar sobre como será nossa campanha, limpa e organizada. É também uma demonstração de como será a nossa administração em Colinas: planejada, comprometida e muito responsável”, disse ele.

À chefe do cartório eleitoral da 4ª ZE do Tocantins, Dirce Meire Carmo Souza, Adriano falou sobre o seu compromisso em fazer uma campanha limpa e propositiva. Para ele, os colinenses almejam mudanças positivas na cidade, o que passa pela renovação política no município.

Leia Também:  Após atos de violência, Amastha pede reforço na segurança e denuncia ameaças de morte

Uma série de documentos e certidões é exigida para o registro da candidatura, o que foi entregue por Adriano, Aurelino e pelos candidatos a vereador das coligações “Unidos pela mudança I” (PPL, PTN, PPS, PHS, PRP e PTC) e “Unidos pela mudança II” (PRB, PSDC, SD, Pros e PSL). As coligações proporcionais somam 44 candidatos.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

POLÍTICA

Inscrições para cursos preparatórios se encerram nesta sexta-feira

Published

on

A Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto) segue até sexta-feira, 19, com inscrições abertas para os cursos preparatórios ao Enem (presencial) e concursos públicos e pré-vestibular (online). As aulas começam na próxima segunda-feira, dia 22.

Para inscrever-se no cursinho ao Enem, o interessado precisa procurar a Escola do Legislativo, no prédio da Assembleia, no período matutino. Já na modalidade EaD (Ensino à Distância), as inscrições poderão ser feitas até o próximo dia 19, pela plataforma www.escolalegto.com.br.

Na plataforma digital de ensino à distância, a Escola do Legislativo está disponibilizando vagas para 11 (onze) cursos totalmente gratuitos, com destaque aos cursos preparatórios para pré-vestibular, 130 vagas, e 80 vagas para concurso público.

Já para o curso presencial preparatório ao Enem em Palmas, são 180 vagas. Neste ano, a Escola do Legislativo vai ofertar também vagas para o curso presencial na cidade de Gurupi. As inscrições se encerram nesta sexta-feira, 19.

Atualmente, estão matriculados 1.100 alunos de 60 municípios do Tocantins. A iniciativa conta com a parceria das câmaras municipais, que são multiplicadoras nas comunidades e sempre buscaram apoio do Parlamento para capacitações e cursos de aperfeiçoamento.

Leia Também:  Deputada Luana Ribeiro faz balanço de sua atividade parlamentar em 2017

Egressos

O estudante de Jornalismo da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Yuri Lipi, foi um dos alunos que fizeram o cursinho, e fez questão de motivar outros jovens em suas redes sociais. “Façam este curso, que é sucesso; passei para Jornalismo através dele, sem contar que os professores são os mesmos dos cursinhos particulares. Tudo grátis!”.

Ex-aluno do curso preparatório da Escola, Junio Souza também aprovou os resultados. “Eu indico: os melhores professores da capital estão dando aula lá. E outra coisa: é aberto ao público, então não perca essa oportunidade!”.

Geovanna também compartilhou em suas redes sociais as vantagens de fazer o curso. “Foi o cursinho gratuito que fiz durante uns meses antes da pandemia; grandes professores da rede particular deram aula lá. Portanto, indico a quem não tem condições de custear um privado”.

Fonte: Assembleia Legislativa do TO

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA