PALMAS

POLÍTICA

Amastha e Cinthia inauguram Comitê Feminino

Na inauguração do Comitê da Região Norte, Cinthia convocou as mulheres para votarem em mulheres para eleição da Câmara Municipal de Palmas.

Publicado em

Chefe de família, responsável pelo próprio sustento e pela total manutenção da casa, e em muitos casos, sendo a única fonte de renda para manter ainda os filhos e/ou o marido.

 

Segundo o último Censo do IBGE, de 2010, são mais de 25 mil mulheres nessa situação em Palmas –se aplicada a taxa de crescimento populacional da cidade (de 22% nos últimos seis anos) a capital do Tocantins tem hoje mais de 30 mil mulheres sendo as únicas provedoras de rendimento das famílias.

 

E foi citando este número que a vice-candidata a prefeita pela coligação ‘Palmas bem Cuidada’, Cinthia Ribeiro (PSDB), convocou as mulheres para votarem em mulheres para eleição da Câmara Municipal de Palmas.

 

“Somos 25 mil [em 2010]. Somos 30 mil [hoje]. São mulheres, chefes de família, que como eu, fazem a diferença nesta cidade. Com histórias de luta, de reconstrução de vida, de gente determinada, valente, forte, aguerrida. E precisamos dessa força também na política”, afirmou Cinthia na noite desta quinta-feira (1), durante a inauguração do Comitê Feminino da coligação, na região norte.

 

Ela lembrou ainda que ao lado de Florianópolis, Palmas é a única capital do país que não possui mulheres na Câmara. São 19 vereadores, todos homens.

 

Levantamento feito pela equipe da candidata a vice mostra que as 27 capitais do Brasil possuem 822 vereadores, sendo apenas 102 mulheres (12% do total).

Leia Também:  Condenação de Marcelo Miranda não muda agenda do Governo para 2018

 

“É muito pouco diante da força que a mulher tem hoje”, avaliou Cinthia, reforçando também que as mulheres são a maioria do eleitorado palmense.

 

Segundo dados do TSE estão cadastrados 172.344 eleitores em Palmas, sendo 90,2 mil mulheres (52%) e 82,1 mil homens (48%).

 

“Não é justo a capital mais jovem do país não ter mulheres ocupando uma cadeira sequer no Legislativo”, disse Cinthia.

 

“Quero fazer um chamamento especial para que nossas companheiras façam um exame de consciência e elejam mulheres para a Câmara. Vamos ser transformadoras da nossa realidade. A mudança dessa situação começa nesta eleição, começa hoje, começa agora, começa na inauguração deste comitê feminino. Vamos, junto comigo, melhorar essa gestão tão maravilhosa que o Amastha já faz”, emendou.

 

FORÇA DA MULHER


O prefeito Carlos Amastha (PSB), candidato à reeleição, enalteceu a importância que as mulheres têm na construção de uma administração melhor, mais competente e mais justa.

 

“Esse compromisso, essa vontade que a mulher tem para fazer coisas, essa capacidade é que nos ajuda a fazer uma gestão cada vez melhor ao longo desses anos”, disse o prefeito.

 

“Uma cidade só pode se tornar uma cidade melhor na medida em que as mulheres sejam comprometidas com todas as coisas da administração pública. Não tive a mínima dúvida, foi uma opção natural, quando escolhi a Cinthia para compor essa chapa. Teremos uma vice que não vai deixar a gente esquecer, por um segundo, as prioridades das mulheres nesta gestão”, falou.

Leia Também:  Vereadora rebate acusação de favorecimento

 

A mulher do prefeito, Glô Amastha, também discursou, revelando que o respeito que marido tem com a mulher na sua gestão, vem de casa.

 

“Essa atitude de respeitar a mulher começa comigo, com a minha filha, com a mãe dele. O que ele faz em casa, faz também na administração. É uma pessoa que nos valoriza. Prova disso é a quantidade de mulheres que comandam secretarias, que ocupam importantes cargos na administração”, finalizou.

ESTATÍSTICAS
Dados do último Censo do IBGE, realizado em 2010, mostram que cerca de 25 mil mulheres são chefes de família em Palmas. Se aplicado 22% de aumento sobre esse dado, que é a estimativa de crescimento populacional do próprio órgão, esse número giraria em torno hoje de 30 mil.

 

Ainda com base nas informações do instituto, as mulheres ganham menos que os homens. Atualmente, o rendimento médio masculino é de R$ 3.110, já o feminino, de R$ 2.200. Os valores de 2010 foram corrigidos pela inflação.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Eleição

Wanderlei Barbosa registra candidatura à reeleição como governador do Tocantins

Published

on

Ao lado de apoiadores e candidatos, o Governador e candidato à reeleição, Wanderlei Barbosa (Republicanos), realizou o registro da sua candidatura ao governo do Estado nesta sexta-feira, 12, às 17 horas, no protocolo do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em Palmas.

A chapa de Wanderlei conta com candidatos a deputado estadual, federal e a candidata ao Senado, Professora Dorinha. Laurez Moreira é o candidato a vice-governador. A chapa majoritária é composta pelos partidos Republicanos, União Brasil, PDT, Solidariedade, Cidadania, Patriota, PTB e PSB.

O governador gravou com o Folha Capital, falou sobre projetos de governo, articulações da campanha, e quando questionado sobre a chance de ganhar para mais um mandato, afirmou que está preparado.

Você confere a reportagem completa abaixo:

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Vereadora rebate acusação de favorecimento
Continue Reading

CIDADES

POLÍTICA

POLÍCIA

MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA